Frutose – Cuidados no Consumo





Conheça os efeitos do excesso de frutose para o nosso organismo.

A frutose é bem comum em diversos alimentos que ingerimos no dia a dia. E é comum que a maioria das pessoas consumam muitos desses alimentos em excesso. Uma prática que parece inofensiva, pode causar danos a saúde. Hoje em dia muitas pessoas possuem uma alimentação toda errada, e nesse grupo também estão incluídas as crianças. Pesquisas recentes mostram que quanto mais tempo consumimos alimentos com frutoses, maiores são os danos a saúde. Por isso o ideal é entender melhor sobre o assunto. Veja as principais questões sobre o consumo de frutose logo abaixo:

Veja o maior perigo de consumir a frutose em excesso

A maioria das pessoas que consomem frutose com frequência, podem desenvolver acúmulo de gordura no fígado. Isso acontece pois a frutose em grande quantidade diminui a capacidade do fígado metabolizar gordura. Ou seja, ele começa a armazenar gordura em excesso e isso vai gerar o problema tão temível que é a gordura no fígado.




Saiba os sintomas da gordura no fígado

Os primeiros sintomas da gordura no fígado é o enjoo. Ele pode aparecer com maior frequência no dia a dia e passar despercebido. Já que é um sintoma comum de várias doenças. Depois aparecem outros sintomas como: dor na parte superior direita do abdômen, fadiga e inchaço da região abdominal (em alguns casos). Com esses sintomas já é possível desconfiar que o fígado esteja com excesso de gordura. E o melhor a fazer é procurar uma orientação médica, só assim o diagnóstico pode ser confirmado.

Qual é a melhor forma de evitar a frutose

A melhor maneira de evitar o consumo em excesso de frutose e evitar o problema de gordura no fígado, é optar por alimentos mais saudáveis e naturais. Pois eles não são nocivos a saúde e podem ser ingeridos sem preocupação. E o maior problema em querer abrir mão do excesso de frutose, é ter forças para resistir a tantas opções de produtos industrializados que são bem saborosos. A melhor forma para conseguir essa façanha é reeducar a alimentação aos poucos.


Conheça alguns alimentos comuns que possuem frutose

– Molhos e coberturas;

– Bebidas processadas;

– Alcachofra;

– Comidas processadas;

– Banana;

– Mel;

– Frutas secas;

– Cereal;

– Sorvetes;

– Doces;

-Refrigerantes;

Veja como resistir aos alimentos que possuem muita frutose

É praticamente impossível viver sem frutose. Mas existe uma forma de diminuir esse consumo, que é fazendo trocas inteligentes. E aos poucos vai se adequando a uma quantidade aceitável. Alguns alimentos são naturais e possuem frutose, que é o caso das frutas e alguns vegetais. Esses não agridem tanto ao organismo, pois não possuem outras substâncias prejudiciais. O ideal é comer pouco e ir trocando as opções. A melancia, melão e maçã são ótimas opções para quem não quer errar na hora de consumir frutas.

Já as bebidas industrializadas como sucos e refrigerantes, devem ser trocados por sucos naturais e chás. Essa é uma das trocas mais complicadas a serem feitas. Pois mais de 70% da população é viciada nessas bebidas e realmente é complicado parar de forma rápida. A dica nesse caso é para ir diminuindo o consumo até ele acabar de vez.

Mudando a alimentação das crianças

A frutose está presente em quase todos os alimentos voltados para o público infantil. E isso é um grande perigo. A maioria dos rótulos escondem a verdade sobre os ingredientes de biscoitos, iogurtes, sucos, cereal entre outros. E a única forma de diminuir o risco a saúde dos pequenos, é trocar os alimentos industrializados pelos mais naturais possíveis. Só assim essa mudança será feita de forma simples e sem causar estresse.

Essas são as informações sobre o consumo de frutose e seus males!

Escrito por Cristiane Amaral



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *