Exercícios Físicos para Pressão Alta – Melhores Indicações





Saiba aqui quais são os exercícios físicos indicados para quem tem pressão alta.

A hipertensão é o problema da vida moderna. Pressão arterial, infelizmente, faz mal, mas tem cura.

Portanto, na atualidade, a pressão alta constitui um dos principais fatores de risco no sentido de se desenvolver doenças cardiovasculares. No Brasil, em torno de 30% de nossa população, nós mesmos, que escrevemos ou lemos este artigo, podemos sofrer com esse tipo problema, o qual vai evoluindo de forma gradativa e insensivelmente, ou seja, sem apresentar sintomas claros.




É claro que não são apenas os fatores de risco que ajudam a esse problema crescer, mas outros, tais como: uma predisposição genética; temos o excesso de consumo de sal; a obesidade teimosa; o tabagismo. Tente não ser sedentário, se você é, pois isso causa enrijecimento das artérias. Permanecer acomodado numa cadeira, em frente ao PC trabalhando, vai contribuir para um crônico aumento da pressão arterial, cujas consequências podem ser de lesões em diversos órgãos, incluindo o coração, os rins e até o nosso cérebro.

Quais são as recomendações para as pessoas hipertensas?

Muita, mas muita caminhada; praticar corrida; praticar ciclismo; praticar natação, sem ser para competição. Todos esses tipos de exercícios são excelentes, como atividades de tipo aeróbicas, as quais auxiliam no baixar da pressão arterial. Observação: nada de exageros e sim moderação em tudo.


Qual seria o procedimento ideal, e concreto, para se praticar exercícios com regularidade e de modo correto?

Médicos e esportistas recomendam, pelo menos, três vezes por semana, por um período de menos 30 minutos em cada sessão. Se puder, pratique esses exercícios, ou algum deles, em academia, com supervisão de profissional, ou procure orientações de um profissional para praticar em casa.

Entre todos, os mais recomendado é o chamado: exercício aeróbico. Por quê?

De acordo com estudos estatísticos desenvolvidos por cientistas, exercício aeróbico consiste em fazer oxigenar todo o corpo de modo intenso, e isso se dá no processo de geração de energia em todos os músculos possíveis. Estes tipos de exercícios fazem trabalhar uma quantidade significativa dos grupos musculares em modalidade rítmica. Exemplos: caminhar; correr; nadar; pedalar; dançar, entre outros, são alguns dos principais e melhores modalidades de exercícios aeróbicos.

Assim, o que se percebe é que esse tipo de atividade ajuda a domar a pressão alta. Essas atividades tem como resultado uma espécie de catarse, ou alívio das tensões, portanto, ajudam a controlar a hipertensão ao longo de sua execução. Outro ponto importante, para verificar a eficácia desses exercícios, é fazer medir a pressão algumas vezes durante o treino no sentido de checar se a mesma está nos conformes.

Outras práticas de exercícios, menos comuns, podem ajudar também, desde que sejam devidamente orientadas por profissionais. O que não é recomendado são as práticas muito intensas, sobretudo as que fazem o indivíduo prender sua respiração, devem ser evitadas. Nada de querer bancar o fortão, o bonzão, o negócio é cuidar da saúde, e isso se dá em processos evolutivos, ou seja, aos poucos. É como no lema do Paulo Cintura: ‘Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa’.

Observação importante: todas as pessoas já diagnosticadas como hipertensas deverão se submeter a um checkup antes de dar curso a qualquer um dos trabalhos físicos aqui indicados, ou seja, obter a devida liberação do médico particular. A alimentação também deve ser bem balanceada.

Não custa praticar exercícios meia hora por dia. Mesmo que seja caminhar dentro de casa, para perder umas calorias e não deixar os músculos enferrujarem. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *