Erros na Dieta que Fazem Engordar





Confira aqui os principais erros que cometemos na dieta e que acabam fazendo engordar.

Você é o rei ou a rainha da alimentação saudável, mas não está conseguindo emagrecer, pelo contrário, está engordando? Se a sua alimentação é saudável, saiba que é bem mais de meio caminho andado, mas há certos pontos que estão te escapando. Por isso, reunimos dicas de nutricionistas que te ajudarão a consertar esses errinhos e atingir o tão sonhado peso ideal.

Antes de mais nada, saiba que a balança pode ser uma falsa amiga e que, ainda que você esteja “engordando” na balança, pode ser que esteja voltando a caber naquela calça jeans que você não consegue mais nem fechar. Por isso, vamos esquecer a palavra “engordar”, já que o aumento de peso pode ser consequência de vários fatores e o aumento de gordura é apenas um, os outros são retenção de líquido e o aumento da massa muscular. Aliás, lembre-se de que um quilo de gordura ocupa muito mais espaço no corpo do que um quilo de músculo.




Não abuse nas frutas secas e/ou nas castanhas

Frutas secas e castanhas estão na mesa da maioria das pessoas que querem ter uma alimentação saudável, sobretudo porque possuem gorduras boas, fibras, proteínas, vitaminas, etc. Além disso, há diversos benefícios como evitar doenças e melhorar o organismo.

No entanto, saiba que o consumo de frutas secas e castanhas não é livre e que, apesar de serem deliciosas e que é bem fácil passar da conta, no geral, um punhado é o suficiente para matar a fome. Não permita que um alimento tão benéfico para a sua saúde acabe devolvendo para você as calorias que você eliminou ao longo do dia.


Não abuse do azeite

O azeite se tornou celebridade por conta da dieta mediterrânea, famosa por prevenir doenças cardiovasculares. Todavia, o excesso pode transformar o ouro líquido em um vilão. Você sabia que apenas uma colher de sopa de azeite de oliva possui nada menos do que 100 calorias?

Não é preciso deixar de consumir, especialmente oara que os benefícios continuem. Mas, procure calcular quantas colheres você consome por dia e multiplique por 100. Caso você perceba que o número de calorias está muito elevado, já sabe onde pode reduzir.

Cuidado com o que você coloca no refogado

Você é daqueles que deixa a criatividade solta na hora de fazer um refogado? Saiba que acrescentar muitas coisas no prato pode fazer com que um prato saudável se torne uma bomba de calorias. Muito azeite, gordura saturada, molhos e temperos ricos em calorias, por exemplo, são grandes vilões. 100 gramas de maionese, por exemplo, possuem cerca de 700 calorias. Se você é adepto às versões light, fique atento, pois, além terem certos componentes que podem ser prejudiciais à saúde, também engordam.

Não caia na armadilha das bolachas fitness

A prateleira da maioria dos mercados, sejam eles grandes ou pequenos, está cada vez mais lotada de bolachas e biscoitos fitness. Estes produtos prometem ajudar a manter uma vida saudável, sem abrir mão do sabor delicioso, especialmente das bolachinhas doces. No entanto, o problema é que, além de serem produtos industrializados, eles possuem muitas calorias e, naturalmente, é quase impossível comer apenas duas bolachinhas e/ou um pequeno punhado de biscoitinho fitness. Portanto, em vez de comer um pacote inteiro e sair da linha (e o pior: sem saber que está saindo), é melhor não correr o risco.

Cuidado com o iogurte “natural” (com muitas aspas)

Estudos científicos mostraram que a presença dos probióticos na dieta pode ajudar muito na saúde. Por conta disso, o consumo de iogurte aumentou e a oferta nos mercados, também. O problema é que, mesmo que você compre um iogurte natural, é muito provável que haja gramas e gramas de açúcar escondidas por dentro do rótulo de “saudável”. Por isso, desconfie da propaganda.

Não exagere nas porções

Salada de frutas e abacate fazem parte da dieta saudável de vários brasileiros, no entanto, tudo tem limite. Coma o suficiente para uma pessoa só, não para toda a sua família. Por isso, organize bem as suas porções e, de preferência, compre uma balança de cozinha para poder calcular com precisão o número de calorias que você consome.

Controle e planejamento são essenciais para que você possa chegar no peso ideal. Não se esqueça de checar nas roupas, medir nas fitas-métricas e fotografar antes-e-depois para poder comprovar se está dando certo.

Por: Jéssica Lima Cochete



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *