Emagrecer – Dicas e Cuidados para não voltar a Engordar





Confira aqui os principais erros cometidos pelas pessoas ao emagrecer.

Manter o peso ideal após passar por um processo de emagrecimento pode não ser uma tarefa tão simples, já que o efeito sanfona, de emagrecer e engordar várias vezes, afeta muitas pessoas e prejudica a saúde e auto-estima, além de mandar o esforço de meses pelo ralo. Pensando nisso, preparamos uma lista com os erros mais comuns que as pessoas cometem após perder peso e que favorecem o ganho de gordura. Confira e evite os 9 erros comuns que fazem você engordar após emagrecer!

1. Tomar remédios sem orientação médica

Um dos principais erros que fazem uma pessoa engordar após emagrecer, algumas vezes ultrapassando o peso anterior é o hábito de consumir medicamentos que prometem auxiliar o processo de perda de peso sem o acompanhamento médico. Isso é um erro porque o remédio deve ser utilizado com bastante cuidado e por um período específico de tempo, para minimizar riscos e ele também não trata a raiz do problema.




Desse modo, após alcançar o peso desejado, a tendência é deixar de lado os medicamentos. O resultado disso é engordar novamente.

2. Apostar em dietas super-restritivas

Outro erro bem comum é apostar em dietas restritivas, como a “dieta da sopa” ou criar o hábito de pular refeições com frequência. O problema desse tipo de dieta é o mesmo que o do uso de medicamentos sem cuidados: Não dura muito. Até porque não é saudável se alimentar apenas de um tipo de alimento pelo resto da vida.


Por isso, após emagrecer, geralmente de maneira rápida, a pessoa tende a voltar a todos os hábitos antigos e volta ao peso original. Além do mais, dietas restritivas podem causar problemas sérios de saúde, como deficiência nutricional.

3. Não praticar atividades físicas regularmente

Fazer o corpo se mexer aumenta o gasto calórico e favorece a perda de peso, disso todo mundo sabe. No entanto, um erro bem comum de quem perdeu peso recentemente é de abandonar esse hábito e com isso acaba voltando todo o peso de antes.

Optar por uma atividade que goste, como dança ou algum tipo de luta, e encarar todo o processo como um bem que está fazendo para a sua saúde a médio e longo prazo é uma boa maneira de não se perder no caminho.

4. Relaxar os cuidados após perder os quilos extras

Ao chegar no peso ideal é preciso manter o mesmo foco de antes, na alimentação e exercícios, pois o 3º maior erro é relaxar os cuidados com o corpo após emagrecer. Para entender: A obesidade é um problema crônico e por isso precisa de cuidados durante toda a vida, já que o corpo possui a tendência de acumular gordura e é necessário lutar contra isso de forma constante.

5. Esquecer que é preciso tratar a causa do sobrepeso

A obesidade possui muitas causas, desde fatores emocionais, a maus hábitos de vida, problemas hormonais e até genética. Por isso, é preciso identificar qual é o gatilho em cada caso, para conseguir encontrar uma solução e assim manter o peso constante.

Por exemplo, uma pessoa que tenha algum problema hormonal precisa procurar ajuda de um endocrinologista, ou após emagrecer com alguma dieta restritiva, quase sempre irá voltar ao peso normal. Já uma pessoa que possui a chamada “fome emocional” precisa adquirir hábitos de controle do estresse e ansiedade.

6. Não fazer ou abandonar o acompanhamento médico

Não procurar auxílio médico desde o início do processo de emagrecimento ou abandonar após chegar no peso ideal também é um erro que pode fazer uma pessoa engordar novamente. Isso porque o trabalho de um profissional não acaba após a pessoa emagrecer, visto que ele será responsável por ajudar na criação de novos hábitos, que visam a manutenção do peso corporal.

7. Exagerar nos dias que sair da rotina

O dia do lixo, que é o dia de sair da rotina, é algo até saudável, mas é necessário evitar os exageros. Isso porque passar dos limites pode aumentar o consumo calórico, tornando praticamente nula a perda nos outros dias da semana e piorar o quadro de compulsão alimentar, fazendo com que a pessoa saia da dieta mais vezes ou a abandone completamente.

8. Imaginar que após a bariátrica não é preciso fazer nada para controlar o ganho de peso

A bariátrica, plástica para redução do estômago, é uma solução para quem precisa perder muito peso e não consegue de maneira natural. Mas não é definitiva, por isso nunca se deve achar que depois de passar pela cirurgia não é preciso tomar nenhum cuidado, pois manter os mesmos hábitos alimentares de antes favorecem o ganho de peso.

Por isso, é importante se cuidar e manter o foco, além de sempre tratar o causador da obesidade.

9. Ficar preso no conceito de dieta

Tanto tornar os maus hábitos uma rotina, quanto ficar engessado no conceito de dieta também pode fazer com que os quilos perdidos voltem, visto que a dieta é vista como uma obrigação enfadonha e isso estimula a quebra dos bons hábitos alimentares.

Por esse motivo, deve-se encarar a mudança como uma opção melhor para a saúde e um hábito prazeroso. Com isso em mente, pode-se até incluir alimentos que nunca estariam no cardápio durante a dieta, como doces e frituras, de maneira controlada e em pequenas quantidades, sem que isso traga malefícios para a saúde.

Texto de Tailane Paulino



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *