Quando você compra um suplemento alimentar para ajudar na perda de peso e potencializar os efeitos da sua dieta, você nem sempre é capaz de dizer exatamente as substancias contidas naquele suplemento. Alguns produtos podem realmente acelerar seu metabolismo ou bloqueiar a absorção de gordura, como prometido, mas outros provocam apenas a perda de água e geram a falsa sensação de emagrecimento.

As substancias que causam perda de água são conhecidas como diuréticas e estão presentes em quase todos os suplementos alimentares que auxiliam na perda de peso. Isso significa que as calças podem se encaixar melhor após tomar as pílulas, no entanto, este efeito é apenas temporário.

O uso de medicamentos para perda de peso que causam a perda de líquidos pode trazer riscos à saúde, que estão diretamente relacionados com a maneira como eles fazem com que você perca água. Problemas como reações alérgicas,danos hepáticos, cálculos biliares e problemas de visícula podem ser observados em pessoas que fizeram o uso indevido de tais suplementos.

Portanto, a menos que seu médico tenha lhe orientado a tomar diuréticos, devido alguma condição de saúde especial, como pressão arterial alta ou inchaço, você não deve fazê-lo. Lembre sempre que não existem pílulas mágicas que farão você perder aqueles quilinhos a mais. Alimentar-se bem e manter uma rotina de exercícios físicos são as chaves para um corpo mais saudável e bonito.

Por Rodolfo Fialho


A dieta do limão é uma dieta que eu gosto muito, pois adoro a fruta e costumo fazer regularmente pois realmente me traz muitos benefícios. Esqueça a velha lenda de que limão afina o sangue e todo o "blá blá blá" a respeito. O limão é um fruto que possui vitamina C em abundância e portanto auxiliará no combate da gripe por exemplo, possui entre seus benefícios o fator diurético que tanto auxilia no emagrecimento, quanto para limpar o copo das toxinas que carrega.

A dieta pode ser feita de duas maneiras: tome e de preferência em jejum um limão no primeiro dia (puro ou na segunda forma que é diluído em água morna) e aumente progressivamente por nove dias. Por exemplo: primeiro dia um limão, segundo dia dois limões, terceiro dia três limões e assim consecutivamente até chega no nono dia onde tomará o suco de nove limões. No décimo faça o contrário, tome o suco de oito limões, no décimo primeiro dia o suco de sete e assim por diante até o décimo oitavo dia onde tomara o suco de um limão e terminará a dieta.

Você verá os efeitos no corpo, a saciedade diminuirá e a pele se mostrará mais viçosa. Lembre-se de continuar com sua dieta normal, alimente-se como sempre e não troque refeições pelo limão.

Por Teresa Almeida (Técnica Alimentar)


Além de extremamente saborosa e exótica, a comida japonesa é realmente prazerosa de ser degustada. O número de pessoas que aderem a essa saudável opção aumenta consideravelmente. Especialistas afirmam que em especial esse tipo de alimentação seja responsável pela longevidade da população japonesa.

Os ingredientes utilizados pela cozinha japonesa são cuidadosamente combinados de forma que fiquem harmoniosos e resultem em um sabor leve e altamente saudável. Uma série de estudos realizados no Japão apontam resultados satisfatórios, todos eles relacionados à qualidade de vida da população local.

Recomenda-se o hábito de consumir fibras, carboidratos e proteínas logo no café da manhã, benefícios certeiros para a população em geral.

Sabemos que uma alimentação saudável pode prevenir diversos tipos de doenças, além de contribuir para o bom funcionamento geral do organismo.

Invista na sua saúde, e uma boa dica é investir em comida japonesa.

Por Milena Evelyn


A pimenta vermelha é um tempero muito conhecido de todos nós. Presente em vários pratos culinários, ela marca presença devido a sua principal característica, o seu gosto picante, que poucos sabem é responsável pelas suas propriedades funcionais. E mesmo sendo muito popular algumas pessoas ainda a evitam.

Além de tempero, a pimenta vermelha possui uma série de propriedades desconhecidas pelas pessoas. Dentre elas podemos citar sua função descongestionante, expectorante, anti-bacteriana, antioxidante e na dissolução de coágulos sanguíneos.

Algumas pesquisas afirmam que além desses benefícios, a ingestão da pimenta vermelha nas refeições proporciona uma ação direta no sistema nervoso simpático, que age na diminuição da absorção de calorias e gorduras, e na redução do apetite.

Pessoas com problemas digestivos ou úlceras, por exemplo, devem evitar pimenta.

Por Milena Evelyn


A natureza é sábia. Nosso organismo precisa de equilíbrio para mantermos uma vida saudável. Diferente do que muitos pensam, o consumo de gordura é importante para o perfeito equilíbrio do corpo.

O azeite extra virgem, por exemplo, é indispensável para pacientes em tratamento e controle de colesterol sanguíneo, estabilizando a curva dos gráficos dos resultados dos exames. Alimentos oleaginosos como castanhas, nozes e amêndoas, além de abacate, também contribuem para o equilíbrio e o restabelecimento das funções intestinais.

Portanto, o que deve ser observado com cuidado são os rótulos dos alimentos, evitando, assim, o consumo das gorduras “ruins”. Se no rótulo do produto estiver descrito gordura saturada, hidrogenada ou trans troque de produto. A vida vale mais do que um sabor que pode, perfeitamente, ser substituído por outro, muitas vezes mais atraente, mas só precisa ser descoberto.

Por Rosane Tesch


Frequentemente, as gorduras são banidas da alimentação considerada saudável. Mas, na verdade, nem todas as gorduras devem ser totalmente evitadas e algumas são até mesmo benéficas para o corpo.

Da mesma forma que a proteína, a gordura não aumenta o nível de glicose no sangue. Por isso, é recomendável trocar biscoitos por nozes; cheeseburger por frutos do mar, e acrescentar o azeite na salada e o abacate no sanduíche (de pão integral, é claro!).

Continue evitando a gordura da manteiga e das frituras para evitar doenças. E acrescente ao cardápio as gorduras “boas” que são excelentes para o coração. Lembre também que para ter sucesso na perda de peso as gorduras saudáveis geram saciedade e evitam o “famoso assalto à geladeira”.

Por Cláudia Brito


Comer bastante proteína pode controlar a glicose e o peso. A proteína tem pouco ou nenhum efeito sobre a glicose e também ajuda a controlar a fome entre as refeições.

E, para quem deseja perder peso, consumir mais proteína também evita a queima do tecido muscular para obter calorias, fazendo o peso diminuir mais facilmente.

A boa notícia pode animar as pessoas que gostam de fazer um churrasco no final de semana, mas é importante optar pelas proteínas mais saudáveis, como: peixes e mariscos; aves sem pele; nozes; sementes; queijo branco; leite desnatado ou semidesnatado; ovos; lentilhas, ervilhas; iogurte e feijão (exceto o fradinho).

Por Cláudia Brito


Pães integrais, farinha de aveia, frutas e hortaliças são alguns dos alimentos que uma pessoa pode consumir com frequência para ter uma vida saudável. Entre os alimentos que devem ser evitados, estão: frituras, refrigerantes e pão branco. 

Uma dieta inadequada aumenta o risco de desenvolver síndrome metabólica, diabetes, doenças cardíacas e câncer.

Está provado que consumir mais grãos integrais diminui em 25% o risco de doenças cardíacas nas mulheres e em 18% nos homens, além de reduzir em 35% o risco de diabetes em ambos os sexos. Segundo estudos, apenas seis semanas de uma dieta de grãos integrais podem melhorar a resistência à insulina. O grão integral, que contém o germe e o farelo, é rico em fibras, antioxidantes, vitaminas e minerais. 

Por Cláudia Brito


De acordo com matéria do site Delas IG um estudo recente parece ter descoberto que existe uma diferença na gordura excessiva que se acumula na barriga e o excesso que se aloja nos quadris e que esta diferença causa impactos diversos na saúde do organismo.

Uma equipe de pesquisadores da Mayo Clinic explicou na edição online da revista Proceedings of The National Academy que a pesquisa foi realizada com 28 voluntários que se alimentaram com todo tipo de comida, sem restrições calóricas, incluindo chocolate, sorvetes e bebidas durante um período de oito semanas. Após este período ficou constatado que em média os voluntários ganharam 2,2 quilos na parte superior do corpo e 1,3 quilos na parte inferior.

Este novo estudo sugere que as diferenças na forma como as células sanguíneas se desenvolvem explicaria porque o aumento de gordura na região abdominal aparentemente acelera o risco de desenvolvimento de algumas doenças enquanto o acúmulo nas coxas e outras partes do corpo parecem diminuir este risco.

Segundo os pesquisadores os mecanismos celulares agem de forma diferente. A gordura do abdômen acontece devido o aumento do tamanho das células individuais, já a gordura da região inferior se dá pelo aumento do número de células de gordura, desta forma os efeitos no organismo acabam sendo diferentes.

Os autores da pesquisa afirmam que os resultados corroboram a teoria de que um aumento na produção de células de gordura na parte inferior ajudaria na proteção da parte superior, o que ajudaria a evitar a doença metabólica que causa doenças coronarianas.

Por Mauro Câmara


Silenciosa, e aí reside seu grande perigo, a hipertensão arterial é um problema sério de saúde. Muitas vezes passando despercebida, pois seus sintomas nem sempre são claros, a hipertensão serve de gatilho para problemas muito graves, sendo ela muitas vezes a grande responsável por derrames cerebrais e enfartos.

E para cuidar da hipertensão, além de um bom acompanhamento médico com verificações constantes e medição própria, quando for o caso, um dos itens mais importantes é a alimentação. Tanto é assim que a Sociedade Brasileira de Hipertensão conjuntamente com a Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde divulgou dez medidas que todo portador de hipertensão e diabetes deve seguir para ter uma alimentação saudável e, portanto um controle melhor do seu problema, conforme matéria do site Coração Saudável Terra.

Segundo as orientações é necessário estabelecer horários fixos para as refeições que devem ser em número de cinco durante o dia e não devem ser “puladas”. Deve-se consumir preferencialmente verduras, legumes e frutas, principalmente as de coloração forte como verde escuro e amarelo. Consumir alimentos ricos em fibras como leguminosas, cereais integrais como arroz, pão, aveia.

Evite doces, refrigerantes, balas, chocolates e etc. É fundamental e primordial consumir pouquíssimo sal e evitar temperos prontos e produtos industrializados. Substitua o sal por ervas, especiarias e limão e afaste o saleiro da sua mesa. Não consumir gorduras em excesso, assim como margarinas e manteigas. Frituras devem ser evitadas assim como alimentos com gorduras hidrogenadas (leia o rótulo). Preferir sempre carnes magras e alimentos preparados com pouco óleo. De preferência a alimentos grelhados e cozidos. Beber leite desnatado e preferir queijos brancos. Não fumar de modo algum e ser moderado na ingestão de bebidas alcoólicas. Beber sempre bastante água e por fim controlar o peso evitando a obesidade.

Seguindo estes passos alimentares é possível ajudar, e muito, no controle da hipertensão arterial.

Por Mauro Câmara


Certa vez uma jornalista de Manaus, que gostaria de fazer um tratamento para redução de gordura localizada no Rio de Janeiro, iniciou uma longa lista de solicitações e obstáculos para cumprir o tratamento indicado. Sua agenda cheia de seus horários irregulares a impediriam de cumprir a maior parte da programação. O que ela não percebia é que, na verdade, os obstáculos eram uma forma de se sabotar o próprio tratamento, muito comum à maioria das pessoas que querem fazer um tratamento apenas para satisfazer as exigências do mercado.

Muito mais simples e prazeroso é decidir-se por cuidar do próprio corpo equilibrando a alimentação diária. Frutas são sempre uma boa pedida, mas a dica do momento é aumentar o consumo de uvas, sobretudo para as mulheres.

A uva possui propriedades antioxidantes, que combatem os radicais livres, e também regulariza o ciclo e o fluxo menstrual, minimizando os efeitos da TPM. O ideal é que se consuma em torno de 100 gramas por dia, equilibrando o organismo entre um ciclo e outro. Como há uma tendência natural das mulheres à anemia, a consulta a uma nutricionista também pode ajudar na composição de uma dieta diária leve e sem privações, que tanto estressam quem quer aproveitar a vida sem brigar com a balança.

Por Rosane Tesch


Pessoas de todas as idades e níveis de condicionamento podem fazer hidroginástica. Atletas lesionados fazem hidroginástica porque ela fortalece a musculatura, protegendo as articulações. Pela mesma razão, muitos idosos procuram essa atividade para aumentar a força muscular.

Os resultados são excelentes, chegam a ser melhores que os obtidos nas academias. O gasto calórico, por exemplo, pode chegar a 400 calorias por hora, mas vale lembrar que apenas a hidroginástica não faz com que a pessoa emagreça, outras medidas devem ser somadas a essa prática, além da dieta alimentar.

Pessoas com problemas de coluna, dores lombares e cervicais serão beneficiadas em curto prazo com a pratica da hidroginástica.

Sua eficácia é tão comprovada que médicos têm recomendado a hidroterapia como um recurso terapêutico no tratamento de problemas neurológicos e ortopédicos.

Procure um médico, faça uma avaliação e comece você também a fazer hidroginástica.

Por Milena Evelyn


Se a maioria das pessoas soubesse a importância dos exercícios de alongamento para nossa saúde, não ficariam um só dia sem praticá-los. Seus benefícios são notados facilmente, a amplitude dos movimentos é muito significativa para nosso organismo.

Esses exercícios são voltados para o aumento da flexibilidade muscular, promovendo o estiramento das fibras musculares aumentando seu comprimento e melhorando a articulação.

Pessoas sedentárias geralmente têm a sua capacidade de flexibilidade diminuída, pois ocorre o encurtamento das fibras musculares, que pode causar transtornos ao individuo. Os profissionais indicam a prática regular de alongamentos, pois eles auxiliam na prevenção de desenvolvimentos de lesões musculares.

Procure um especialista e comece o quanto antes a praticar exercícios físicos adequados ao seu biotipo, o seu organismo irá agradecer! Mas lembre-se que a prática do alongamento de forma incorreta pode gerar danos à sua saúde.

Por Milena Evelyn


Lançada em 27 de agosto de 2009, a Política Nacional de Saúde do Homem tem por objetivo facilitar e ampliar o acesso da população masculina aos serviços de saúde. Essa iniciativa, um dos compromissos da saúde do então ministro José Gomes Temporão, é uma resposta à observação de que os agravos do sexo masculino são um problema de saúde pública.

A PNSH é resultado de uma série de observações realizadas pelo Ministério da Saúde, tais como:

  • Os indicadores e os dados básicos para a saúde demonstram que os coeficientes de mortalidade masculina são consideravelmente maiores em relação aos coeficientes de mortalidade femininos ao longo das idades do ciclo de vida;
  • A necessidade de organizar uma rede de atenção à saúde que garanta uma linha de cuidados integrais voltada para a população masculina,
  • A necessidade de apoiar a qualificação de profissionais de saúde para o atendimento específico da população masculina.

Para mais informações, o site do Ministério da Saúde oferece mais informações.

Por Ianara Fernanda


 A cinesiologia estuda os movimentos do nosso corpo, através da ação dos músculos. Sem a movimentação desses músculos não poderíamos andar, pegar coisas etc, eles são essenciais para nossa vida. Desde as coisas mais simples as tarefas mais complicadas são eles os responsáveis por nossos movimentos.

Dada a sua extrema funcionalidade e importância é que o incentivo a pratica de esportes e exercícios físicos é tão comum. Manter nossos músculos saudáveis e com o condicionamento em dia é parte fundamental de um processo que não costumamos nos dar conta, apenas quando surge uma dor ou incomodo é que notamos sua imprescindível presença em nossa vida.

Pessoas sedentárias ao longo do tempo podem desenvolver alguns tipos pequenos de atrofia muscular ou quando praticam alguma atividade irão sentir um grande desconforto.

Torne sua vida mais ativa, inclua qualquer atividade física leve em sua rotina e colha os benefícios de uma vida saudável.

Por Milena Evelyn





CONTINUE NAVEGANDO: