Os alimentos antioxidantes ganham cada vez mais espaço devido a sua ação em nosso organismo e os benefícios que promovem.

Cada vez mais as pessoas compreendem que alimentação é um fator decisivo para a manutenção da saúde e bem estar. Os alimentos não servem apenas para nutrir o corpo, mas também o protege de várias doenças.

É nesse contexto que os antioxidantes ganham cada vez mais espaço devido a sua ação em nosso organismo e os benefícios que promovem. Nesse artigo, você vai conhecer mais sobre os antioxidantes e quais alimentos consumir para usufruir de seus benefícios, confira.

O que são antioxidantes e como eles funcionam

Os antioxidantes são substâncias presentes em uma variedade de alimentos e tem por função proteger o organismo dos radicais livres.

Os radicais livres prejudicam as células ao oxidá-las, comprometendo sua função ou até mesmo eliminando células saudáveis. Esses compostos surgem em nosso organismo de forma natural, pela própria ação metabólica do corpo, ou por um reflexo da nossa vida com mais consumo de açúcares, bebidas, cigarros, cosméticos sintéticos, gorduras, poluição, estresse.

Benefícios dos antioxidantes

· Combate o envelhecimento precoce;

· Protege as células contra os radicais livres;

· Auxilia na prevenção de infartos, aterosclerose e AVC (Acidente vascular cerebral);

· Ajudam a prevenir doenças neurodegenerativas como Parkinson, Esclerose e Alzheimer;

· Auxiliam no tratamento e prevenção de doenças reumáticas;

· Atuam na prevenção de vários tipos de cânceres.

O consumo de antioxidantes

Conhecendo a importância dessa substância em nosso corpo e como ela ajuda as nossas células se manterem saudáveis, é hora de implantar em nossa rotina, alimentos ricos em antioxidantes. Segue a lista:

Aveia

Sendo um cereal integral é rica em vitamina B e Vitamina E, também possui magnésio, fósforo e silício que fortalecem o sistema imunológico.

Azeite de Oliva

Além de ser delicioso, o azeite extravirgem de boa qualidade, não aqueles que são misturados ao óleo de soja, e que de preferência são mantidos em garrafas de vidro escuras, é excelente no combate ao envelhecimento e ajudam também no combate a doenças arteriais.

Linhaça

Com grande teor de fibra, a linhaça é conhecida por limpar o organismo. Também é rica em zinco, vitamina E, manganês, ômega 3 e 6 sendo assim, um anti-inflamatório natural. Ela é ótima no controle do nível de açúcar no sangue e protege contra osteoporose e câncer de mama.

Alho

Usado em nossa culinária como um ótimo tempero, o alho tem excelentes ações antibacterianas, antifúngicas e anti-inflamatórias.

Uva

Por conter muitos polifenóis, o suco de uva integral ou uma taça de vinho é um ótimo antioxidante.

Batata-doce

Querida no mundo fitness, a batata doce possui potássio, manganês e vitamina C. Sendo um alimento versátil, ela pode ser usada em pratos doces ou salgados.

Cacau

Há milhares de anos, os povos antigos já usavam a semente do cacaueiro em sua culinária. Ele é rico em antioxidantes, como flavonoides e polifenois. Mas é bom ressaltar que os benefícios são obtidos pelo cacau natural, não em barras de chocolates. É preciso escolher o cacau em pó alcalino 100%.

Açafrão

Essa especiaria tem ação anti-inflamatória comprovada e é antioxidante. É possível consumir em arroz, caldos ou feijão.

Laranja

A laranja é bastante consumida no Brasil. Com grande quantidade de vitamina C, ácido fólico, vitamina A, magnésio, cobre, potássio, flavonóides e fibras, a laranja impede que os radicais livres estraguem os tecidos do corpo.

Salmão, sardinha e arenque

Ricos em ômega 3 consumi-los ao menos uma vez por semana, garante uma boa quantidade de carotenoides e Vitamina C ao organismo.

Chá verde

Bem conhecido pelas pessoas em dieta para emagrecimento, o chá verde é um potente antioxidante, por possuir catequinas, epicatequina e flavonoides. Combate com eficiência os radicais livres e ainda eliminando toxinas.

Agora que já conhece os principais alimentos ricos em antioxidantes, basta incluí-los na rotina para aumentar a imunidade, evitar o envelhecimento precoce e obter uma melhor qualidade de vida.

Por Fabíola de Moraes

Alimentos antioxidantes


A farinha de uva pode ser apelidada de ?alimento inteligente?. Essa nomeação se dá, pois, com o seu consumo as pessoas conseguem obter muitos nutrientes de uma maneira só.

A opção de muitas pessoas por uma alimentação saudável fez com que os indivíduos que trabalham no setor alimentício desenvolvessem diferentes alimentos que concentrem os mais diversos nutrientes. Dentre esses alimentos têm-se as farinhas saudáveis. Feitas a partir de frutas, oleaginosas e outros tantos alimentos, estas farinhas podem ser consumidas de muitas maneiras e contribuem de maneira significativa para o bom funcionamento do corpo humano. Dentre essas farinhas, uma que ainda é novidade e poucas pessoas conhecem é a de uva. Conheça agora um pouco mais sobre essa especiaria e como ela pode ser benéfica se usada diariamente.

Um alimento muito inteligente e que contribui na melhoria de diversos aspectos na vida dos consumidores

A farinha de uva pode ser apelidada de “alimento inteligente”. Essa nomeação se dá, pois, com o seu consumo as pessoas conseguem obter muitos nutrientes de uma maneira só. Com isso, os indivíduos poupam até o tempo no preparo de diversos alimentos com diferentes benefícios. Em uma vida tão agitada como a de hoje, essa praticidade na alimentação é um dos pontos mais interessantes desses alimentos inteligentes. A farinha de uva é rica, por exemplo, em ferro, cálcio e magnésio.

Antes de citar especificamente sobre os benefícios da farinha de uva é importante salientar sobre o processo de preparo desse ingrediente. Basicamente, essas farinhas que hoje são encontradas no mercado são fabricadas, em sua maioria, por meio do aquecimento e posteriormente da trituração dos alimentos, assim consegue se manter a maioria das vitaminas e outros componentes. Com isso, muitas vezes o próprio consumidor pode fabricar a sua farinha. Têm-se hoje na internet, diferentes sites e tutoriais que ensinam como realizar todas as etapas. Esse ingrediente pode ser utilizado para comer com frutas, iogurte, sucos e até substituir outros tipos de farinhas. Explicado esse ponto, é o momento de apontar os quatro maiores benefícios da farinha de uva:

– 01º. Excelente para a perda e manutenção do peso:

Se você é daquelas pessoas que sempre olham a quantidade de calorias de um alimento, saiba que a farinha de uva é ótima para ajudar na perda ou na manutenção do peso. A farinha de uva possui 214 calorias em 100 gramas em comparação a farinha de trigo, aquela utilizada em bolos e pães, que possui na mesma quantidade 364 calorias. Esse tipo de alimento pode ser adaptado em muitas receitas e substituir a farinha branca. Além disso, a farinha de uva costuma ser mais concentrada, isso significa que você pode usar em menor quantidade. Com essa substituição, você vai ingerir menos calorias, alinhando essa prática com outros hábitos saudáveis, o seu peso na balança tende a diminuir. Além disso, ela é rica em fibras, o que oferece uma saciedade maior.

– 02º. Pele com aspecto mais bonita:

Uma alimentação adequada interfere diretamente na pele de qualquer pessoa. E dentre os benefícios que a farinha de uva possui é que ela possui antioxidantes, já que a uva tem em sua composição, altas doses desse componente. Os antioxidantes ajudam a combater o envelhecimento da pele, auxiliam no firmamento da pele, evitando flacidez e outros benefícios.

– 03º. Ótima fonte de energia:

É do conhecimento da grande maioria das pessoas que o corpo humano obtém energia a partir do consumo de diferentes alimentos, sobretudo, dos carboidratos. Devido a isso, muitos indivíduos procuram alimentos com baixo carboidrato para assim obter energia e não comprometer a dieta, evitando ganhar peso. A farinha de uva é uma ótima fonte de carboidratos. Por exemplo, em 100 gramas ela possui 54 gramas de carboidrato. A farinha branca em 100 gramas conta com 76 gramas de carboidrato.

Além dessa diferenciação, a farinha de uva como mencionado anteriormente, é concentrada. Com isso, dificilmente alguém vai usar 100 gramas de farinha para comer com uma fruta, por exemplo. Essa quantidade é usada no preparo de receitas, como um pão integral. Já a farinha de trigo, o consumo é maior. Pois, usa-se bastante para fazer receitas e ninguém usa esse tipo de alimento para comer com uma fruta. Resumindo, a farinha de uva também vai fornecer energia, com uma quantidade menor de carboidratos.

– 04º. Ajuda na prevenção de doenças:

Esses alimentos que concentram diferentes propriedades são fontes de diversas pesquisas. E alguns desses estudos apontaram que a farinha de uva pode ajudar no combate de diferentes patologias como:

– Surgimento de varizes. Esse alimento auxiliar no sistema circulatório.

– Baixo índice de frutose. Isso significa que não se terá aumento nas taxas de açúcar no corpo.

– Prevenção do câncer, alguns estudos apontam que por conta da quantidade grande de antioxidante, alguns casos de câncer podem ser cometidos. Dentre outras patologias.

Este texto apresentou os principais benefícios dessa iguaria, que ainda não é tão conhecida pelo grande público como, por exemplo, o suco de uva, que também tem grandes benefícios. Tente incluir a farinha de uva em sua alimentação diária e você verá uma melhora em sua saúde.

Por Isabela Castro

Farinha de uva


O limão é um ótimo desintoxicante e produz a sensação de saciedade, ajudando na limpeza do organismo e no emagrecimento.

O limão é uma fruta cítrica com importantes capacidades de preservar a saúde do organismo humano. O seu suco age na corrente sanguínea de modo a desintoxicar o funcionamento de todo o sistema circulatório e, por conseguinte, aliviando todo excesso de substâncias, mantendo a sensação de saciedade no corpo.

Entre outros benefícios, além do poder de higienizar a saúde, esta fruta também limpa todo o paladar, neutralizando todo o desejo ou apetite por determinados tipos de alimentos como os doces, por exemplo, que fazem engordar e prejudicam a boa saúde.

No entanto, existem certos critérios que precisam ser observados na ingestão de limão. São, basicamente, duas indicações muito simples de preparo:

A – É necessário espremer um limão fatiado ao meio em um copo de água e ingerir regularmente meia hora antes do preparo do café da manhã, do almoço e também do jantar;

B – Cortar um limão em várias rodelas, inseri-las e um garrafa de água para que a mesma seja bebida ao longo do dia.

Existem diversas espécies de limão e todas podem e devem ser consumidas. Além de todos os benefícios já citados, esta fruta cítrica possui importantes propriedades que atuam como princípios ativos no fortalecimento do sistema imunológico; atuando na proteção do corpo de doenças tais como as gripes e os resfriados, garantindo, também, em certa medida a prorrogação do envelhecimento, precoce ou não, e manter o sangue alcalinizado, o que faz dele um excelente agente antioxidante.

Há uma poderosa dieta do limão que pode auxiliar no emagrecimento de 2 a 8 quilos por mês, sobretudo se for praticada em conjunto com uma outra dieta destinada a melhorar a consistência da saúde e articulada a uma intensa prática regular dos necessários exercícios físicos.

Vale a pena fazer uso de uma calculadora no sentido de programar um rigoroso regime e calcular o quanto de peso será necessário eliminar.

Outro método muito saudável e válido é a chamada dieta do limão durante prática de jejum.

Trata-se de um modo correto de se utilizar o limão, ou seja, espremer a fruta cortada ao meio em um copo de água e beber com frequência, não havendo necessidade de se adicionar o açúcar. Outra dica importante está em amanhecer em jejum e beber um suco de limão em torno de 30 minutos antes da ingestão do café da manhã, utilizando, neste caso, água morna. Esta solução é eficaz para a higienização do intestino, fazendo eliminar todo o excesso de gorduras e de muco que acabam se acumulando nesse mesmo órgão.

Esta fruta também pode ser ingerida, em forma de bebida, antes da realização das principais refeições, porém, neste caso, uma solução feita em água gelada. Toda ingestão de água gelada estimula o organismo a consumir muito mais energia, no sentido de aquecer o líquido, e, deste modo, fazendo queimar mais calorias. Para suplementar essa bebida saudável é válido inserir uma pequena porção de raspas de gengibre, já que essa raiz possui um grande potencial em termos de fazer aquela necessária faxina regular no organismo.

Existem, também, algumas alternativas de chás que auxiliam no emagrecimento, entre eles o próprio chá de gengibre.

Para sumarizar os seus benefícios, vale esta relação:

Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico; auxilia na eliminação das toxinas do corpo; auxilia na preservação do corpo em relação a problemas como o câncer e o envelhecimento precoce, entre outros benefícios que melhoram o metabolismo.

Todas as espécies de limão possuem esses grandes benefícios, tornando-se, também, excelentes alternativas no sentido de se temperar as saladas, as carnes e os peixes servidos. O consumo dessa fruta é fundamental para a manutenção da saúde.

Por Paulo Henrique dos Santos

Limão


Saiba como funciona a dieta nórdica e seus benefícios para a saúde.

Ultimamente, uma certa dieta praticada na região do Mar Mediterrâneo vem sendo cada vez mais falada e se tornando mais famosa. Essa dieta tem o nome de Nórdica. Segundo os estudos realizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), esta prática pode auxiliar na prevenção de doenças não contagiosas, como o câncer, a obesidade, o diabetes e as doenças cardiovasculares.

Essa dieta vem apresentando bons resultados para o seu povo e é baseada no consumo de alimentos que são da cultura de países do norte da Europa, como a Suécia, a Dinamarca, a Islândia, a Noruega e a Finlândia. Dentre os alimentos consumidos, estão os seguintes:

· Os legumes, em geral, e os vegetais de folhas verdes escuras (por exemplo, espinafre, rúcula, alho poró, couve, repolho, couve de Bruxelas etc);

· As frutas, em geral, mas especialmente as vermelhas (como o mirtilo, a maçã, a ameixa, entre outras);

· As raízes;

· Os grãos, em especial, as ervilhas verdes e o feijão-castanho;

· Os cereais integrais como, por exemplo, a aveia, a cevada, o centeio, entre outros;

· O uso de óleo de canola, ao invés do azeite de oliva;

· As ervas, como a mostarda, a salsinha, as pimentas, os fermentos, os chás. Além de molhos de soja e cremes sem produtos laticínios;

· As carnes de animais de sangue frio, como peixes. Especialmente os peixes que têm mais lipídeos em sua composição, como, por exemplo, a cavala, a sarda, o salmão, entre outros;

· O leite e seus derivados, mas os que possuem baixo teor de gordura.

A dieta se trata de, simplesmente, uma alimentação mais saudável e atenta aos nutrientes consumidos. É uma tradição dos países do norte da Europa e também pode ser um costume para qualquer pessoa que consiga se adaptar a esse tipo de alimentos, livre de processados, conservantes fortes e gorduras ruins.

Segundo o guia geral de alimentação, publicado pelo ministério dinamarquês de Alimentação, Agricultura e Pesca, as principais bases para a alimentação nórdica são:

· O consumo diário de frutas e vegetais;

· O consumo de cereais integrais e produtos orgânicos;

· O consumo maior de alimentos do mar, ao invés de carnes de animais terrestres. E quando é consumida a carne bovina, suína ou de aves, é assegurada a qualidade dela e é feita em uma quantidade menor.

· O consumo de comidas caseiras e a esquiva de aditivos alimentares;

· Além de tudo, eles possuem a política do consumo sem desperdício.

Benefícios da dieta nórdica para a saúde

Segundo os estudos da Organização Mundial da Saúde, o consumo destes alimentos naturais pode auxiliar, de forma discreta, em muitos pontos da saúde humana. Neste estudo, as pessoas que basearam sua alimentação na dieta nórdica conseguiram perder quase 5 quilos em pouco tempo.

No entanto, a dieta proporciona maiores benefícios que o emagrecimento. Dentre eles, está a prevenção da hipertensão, pois estes alimentos têm a capacidade de diminuição dos níveis de triglicerídeos, o que ocasiona na redução da pressão arterial.

Além disso, os praticantes desta dieta vieram a apresentar também reduções nas taxas de colesterol e dos níveis de açúcar em seu sangue. Também se presume que ela colabora no efeito anti-inflamatório do organismo, embora esta propriedade ainda não conseguiu ser comprovada nos estudos.

Acima de tudo, é necessário fazer uma consideração. Se é do seu interesse iniciar a tentativa de aderir a esta dieta, saiba que é muito importante realizar uma consulta com um profissional da área da Nutrição, para que ele possa avaliar sua saúde, para ponderar se os resultados serão realmente satisfatórios e se a dieta é compatível com o seu organismo e metabolismo.

Por Felicia Lopes

Dieta nórdica


O uso de limão na dieta está repleto de potencial saudável, pois sendo um tipo de fruta cítrica, ao ser ingerida, produz certa higienização interior. Mas fique atenta aos cuidados.

Cuidar da saúde é fundamental, sobretudo do peso, um dos principais fatores que conduzem a problemas no organismo hoje, no Brasil. Existem diversas opções de dietas mais ou menos eficazes. Em geral, os meios de se fazer um bom regime contam com o consumo de alimentos vegetais, preferencialmente os verdes.

Entre as dietas mais eficazes está a que faz uso de limão, o qual está repleto de potencial saudável, sendo um tipo de fruta cítrica que, ao ser ingerido, produz certa higienização interior. Mas, é necessário explicar por A + B em que consiste, exatamente, este tipo de regime.

A tal Dieta do Limão, o que é e como ela pode funcionar:

Para garantir um emagrecimento eficaz o consumo de limão está entre as melhores e mais simples práticas de dieta. Fácil e barata. Seu uso deve ser, no entanto, diário. Entretanto, é necessário tomar muito cuidado com métodos radicais no uso dessa fruta cítrica que, se levados ao extremo, podem tornar-se prejudicais a saúde. É sempre muito importante estar ciente de que a prática de um regime bem-sucedido, para a perda de peso de modo saudável, está na alimentação disciplinada, equilibrada e suplementada pela prática diária dos exercícios físicos.

As regras deste tipo de dieta cítrica são as seguintes:

1 – No início do dia, ao se levantar, a primeira dica é beber um copo de água morna com meio limão espremido. Sem açúcar, obviamente. É interessante ingerir essa dose mais ou menos meia hora antes de degustar o café da manhã;

2 – Outra dica interessante é a de ingerir um copo de água gelada, com meio limão espremido, já que o organismo necessita consumir mais calorias para aquecer o líquido. Esta dica deve ser repetida meia hora antes do almoço e meia hora antes da janta;

3 – Para acrescentar maior poder à solução, os interessados poderão adicionar pequenas quantidades de gengibre raspado. Considerado um típico alimento termogênico, o gengibre tem forte potencial de eliminação de gorduras no organismo. Essas doses devem ser ingeridas, no máximo, duas vezes ao dia e está terminantemente proibido qualquer tipo de adoçante que possa ser adicionado.

Os benefícios do limão utilizado na dieta:

Não se trata de produzir milagres e sim resultados razoavelmente eficazes. O limão é uma fruta com alto potencial depurativo devido às propriedades antibacterianas que possui, constituindo-se um verdadeiro antibiótico de ordem natural; um antiviral; possui ação antitumoral; ação antioxidante, e outros potenciais ativos.

Entre os benefícios que podem ser listados, segue a pequena relação abaixo:

Ele age descongestionando e desintoxicando o organismo; age no combate às gripes e sobre os resfriados; é de grande estímulo para as funções nervosas e as cerebrais; age no controle da pressão arterial; age na redução da ansiedade; substitui a fome; ajuda a reduzir a acidez no organismo; auxilia no metabolismo e na digestão; substitui certos desejos e vontades de consumir alimentos muito doces; combate a favor da eliminação dos chamados radicais livres do organismo; age no fortalecimento do sistema imunológico do corpo e previne a ação de diversas doenças.

Os cuidados necessários na ingestão do limão são os seguintes:

Por se tratar de um tipo de fruta com alto teor cítrico e gosto azedo, ela precisar ser consumida com cuidado, nunca totalmente pura, já que a ação ácida pode prejudicar o esmalte dos dentes e agredir o estômago. Sempre ingerir limão diluído em água. Nunca é recomendado o abuso no consumo do limão, devido ao risco de gastrite e úlcera. Em caso de dúvidas, sempre consulte um nutricionista.

Por Paulo Henrique dos Santos

Dieta do limão


Aprenda a fazer um café da manhã saudável e, assim, manter a forma.

Muitas pessoas estão preocupadas com a boa forma, e uma das primeiras coisas a serem feitas é a mudança na alimentação. Só assim o corpo reage bem e facilita a perda de peso. A maioria das pessoas consegue montar cardápios saudáveis para sua alimentação, porém, o café da manhã é sempre um grande problema para a maioria das pessoas. Saiba que é totalmente possível comer bem e de forma certa na primeira refeição do dia, aliás, essa refeição é uma das mais importantes, pois ela é a primeira e merece um cuidado todo especial.

Logo abaixo estão receitas de cardápios de café saudável para quem quer manter o corpo e a saúde em dia.

Iogurte com granolas

O iogurte com granolas é muito prático e saboroso. Com ele é possível se sentir saciado logo de manhã, além de ser uma opção muito nutritiva. Esse tipo de café da manhã é indicado para quem tem uma rotina muito corrida na parte da manhã e não tem tanto apetite. Escolha o iogurte desnatado ou com baixa quantidade de gordura, já a granola deve ser sem adição de açúcar.

Omelete com aveia, cebola e queijo branco

A omelete é a grande sensação da vez, muitos famosos já incluíram ela na sua dieta, e dizem que o resultado é garantido. Além de ser uma receita bem versátil, ela pode se tornar bem saborosa, basta apenas ter criatividade e ingredientes diferentes na sua geladeira. A omelete de aveia com cebola e queijo branco é simples e deliciosa, o grande segredo dessa omelete está na aveia que é rica em proteínas e dá a sensação de saciedade, evitando que se coma fora de hora. O queijo é o grande segredo para quem quer aquele sabor especial no café da manhã, se desejar troque o queijo branco por ricota, e sua receita ficará mais saborosa. A cebola é como se fosse o tempero, ela pode ser opcional. Para acompanhar a omelete o ideal é tomar uma xícara de café ou suco de sua preferência.

Receita de vitamina de morango com leite desnatado e aveia adoçada com mel

Essa receita é ideal para quem deseja entrar na vida saudável. Além de ser uma delícia, essa vitamina é bem prática de fazer e ajuda a manter seu café da manhã mais leve e saudável. Procure seguir a receita corretamente para que ela se mantenha com poucas calorias e dê energia. Essa vitamina serve para o café da manhã e também substitui o jantar, e com isso elimina muitos quilos.

Ingredientes

5 morangos

1 copo de 250 ml de leite desnatado

2 colheres de aveia

1 colher rasa de sopa de mel puro

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador por 3 minutos e se desejar coloque algumas pedrinhas de gelo.

Sanduíche natural de pão integral de grãos com peito de peru e alface

Essa receita de café da manhã é indicada para quem costuma fazer atividade física e tenha uma rotina bem puxada. Esse sanduíche, além de muito saboroso, vai manter o estômago saciado até a próxima refeição. Veja os ingredientes abaixo:

– 2 Fatias de pão integral com sementes

– 1 Colher rasa de sopa de requeijão light

– 2 Fatias de peite de peru

– 2 Folhas de alface

Modo de preparo

Monte o sanduíche de acordo com o seu gosto e como bebida escolha suco de laranja ou fruta de sua preferência, para adoçar use adoçante.

Ter um café da manhã saudável não é tão difícil, é apenas uma questão de hábito. Dê preferência a alimentos leves e que tenham poucas calorias, assim as chances de errar na escolha do seu café saudável são quase nulas.

Por Cristiane Amaral

Omelete


Conheça quais são as gorduras boas e seus benefícios para a sua saúde e sua dieta.

As gorduras são importantes para o bom funcionamento do organismo humano, pois elas são responsáveis por proteger os órgãos contra choques mecânicos, fornecer energia, ajudar na manutenção da temperatura do corpo, produzir hormônios, transportar as proteínas e manter a estrutura das células. As chamadas gorduras boas são aquelas insaturadas, que agregam benefícios adicionais para a nossa saúde.

Encontradas em alimentos, como azeite de oliva, óleos vegetais, abacate e açaí, nozes, castanhas, azeitonas e peixes de águas profundas, as gorduras boas previnem as doenças cardiovasculares, diminuem os triglicerídeos sanguíneos, além de melhorar a circulação sanguínea e o sistema imunológico.

Confira abaixo como as gorduras boas podem fazer bem para a sua saúde e dieta!

1. São nutrientes essenciais para o ser humano

As gorduras são de suma importância para preservar a saúde humana, pois elas fazem parte dos macronutrientes fundamentais para garantir o bom funcionamento metabólico. A quantidade a ser ingerida varia de acordo com as necessidades de cada indivíduo. Geralmente, estima-se que uma alimentação composto 25% por gorduras boas já é o suficiente para uma vida saudável.

2. Protegem o coração

Ao ingerir as gorduras boas, você estará protegendo o seu coração. Essas gorduras são ótimas para reduzir os riscos de colesterol ruim e aumentar o nível de HDL, que também é chamado de colesterol bom. Além de prevenir contra os problemas metabólicos, as gorduras do bem também evitam doenças cardíacas, e controlam os batimentos do coração, impedindo que ocorram arritmias.

3. Ajuda na construção muscular

Para quem malha e está em busca da hipertrofia muscular, uma boa alternativa é consumir as gorduras do bem. O ideal é consumir entre 15% a 30% de gorduras boas para acelerar a construção dos seus músculos, elas oferecem um aumento e fortalecimento muscular.

Se você não consumir gorduras boas na sua dieta, consequentemente haverá um aumento do nível de cortisol e a redução do nível de testosterona, o que faz que haja maiores dificuldades para atingir a hipertrofia dos músculos.

4. Não fica depositada no abdômen

Uma boa razão para investir no consumo das gorduras boas na sua dieta é o fato de elas não se depositarem no abdômen. Sendo assim, esse tipo de gordura é bastante indicado para as pessoas que desejam emagrecer na área abdominal ou definir a barriga. No entanto, é importante dizer que o consumo tem que ser feito com moderação.

5. Contribuem para a formação hormonal

As gorduras do bem são usadas como base para promover a formação de diversos hormônios, incluindo os sexuais. Por isso, elas também ajudam na manutenção do bom funcionamento do organismo, do bem-estar e da saúde. A ausência dessas gorduras gera um déficit nutricional no corpo, pois começa a ter dificuldades para absorver vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), que se dissolvem somente quando entram em contato com a gordura.

Ao ficar sem consumir as gorduras boas, os músculos também enfrentam uma deficiência no abastecimento de energia, fazendo com que a saciedade plena não ocorra, além de enfraquecer o sistema imunológico e comprometer a elasticidade da pele.

6. Melhora a circulação sanguínea

A ingestão das gorduras boas ajuda a melhorar a circulação sanguínea, pois estimula a regulação da coagulação do sangue, contribuindo para com o controle da insulina e dos triglicerídeos sanguíneos. Há gorduras que atuam na redução da pressão arterial e previnem diversas doenças relacionadas a esse problema.

7. Estão presentes em alimentos nutritivos

Além de todos os motivos citados anteriormente, você também de incluir as gorduras boas na sua dieta porque elas estão presentes em alimentos nutritivos, que são saudáveis e anabólicos. Alguns desses alimentos são os ovos, salmão e óleo de coco, que podem ser combinados com proteínas e carboidratos.

Por Simone Leal

Gorduras boas


Pesquisa revelou que o consumo regular de azeite de oliva extravirgem pode ajudar na prevenção do mal de Alzheimer.

Com uma preocupação constante sobre alimentação saudável e doença, surgiram estudos que indicam que alguns alimentos ajudam na prevenção do mal de Alzheimer, uma terrível doença neurodegenerativa. Para quem não sabe, o mal de Alzheimer é uma moléstia progressiva que leva a atrofia das funções cerebrais, causando demência em idosos.

Um estudo recente que foi publicado na revista Annals of Clinical and Translational Neurology mostrou que o consumo regular de azeite de oliva extravirgem pode ajudar na prevenção da moléstia. A pesquisa foi realizada usando ratos, demonstrando que o consumo do azeite melhora as habilidades cognitivas cerebrais. Ainda não se sabe a real causa da moléstia, mas suspeita se que seja a deformação da proteína tau dos neurônios causando as falhas progressivas na atividade cognitiva cerebral e na memória.

Na experiência realizada por uma Universidade norte americana, após a morte dos ratos, os pesquisadores analisaram os tecidos cerebrais e perceberam grandes diferenças com os tecidos dos ratos que não haviam consumido o azeite na experiência. Os ratos alimentados com azeite extravirgem tinham as suas sinapses intactas, enquanto os outros não.

Assim, concluíram que o azeite de oliva é um alimento funcional, rico em vitaminas, sais minerais e ômega 3, pois, os seus componentes ajudam na diminuição da peroxidação lipídica, que mantém o bom funcionamento e preservação das funções cerebrais.

O oleocantol e o hidroxitirosol, presentes no azeite ajudam a diminuir o pepsídeo beta-amiloide que é a substância das placas de amiloides encontradas no cérebro dos pacientes acometidos pelo Alzheimer. Por isso, é indicado o consumo de até duas colheres de sopa de azeite ao dia.

O azeite deve ser natural e extravirgem e deve ser consumido frio para não perder as suas propriedades nutricionais benéficas. O modo e consumo mais comum é para se temperar a salada e peixe. Devido a esse motivo, a chamada dieta mediterrânea, faz uso do azeite e de outros alimentos capazes de ajudar na prevenção de mal de Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas.

Óbvio que o consumo do azeite extravirgem deve ser combinado com exercícios físicos e alimentação balanceada, além de hábitos saudáveis, evitando-se o uso de drogas, cigarro e consumo excessivo de álcool, além de ter boas horas de sono à noite.

Por Anneliese Faria

Azeite extravirgem


Confira algumas dicas de exercícios físicos que ajudam a sair do sedentarismo.

Devido à correria do dia a dia, muitas pessoas não estão praticando exercícios físicos e é do conhecimento de todos os problemas que a falta de atividades físicas podem acarretar na saúde das pessoas. Problemas como a obesidade, respiratórios, cardiovasculares, diabetes, estresse, dentre outros, podem ter consequências sérias caso a situação do sedentarismo não seja revertida. É imprescindível deixar o este hábito de lado e adotar novos hábitos em sua vida.

O corpo humano foi feito para ser movimentado, dessa forma, ao não praticar exercícios físicos ele começa a dar alguns sinais de que alguma coisa não está funcionando bem e precisa ser mudada, o problema é a falta de disposição dos indivíduos.

Muitas pessoas possuem resistência de ir para academias, por exemplo, por inúmeros motivos como: não gostarem do local, ter vergonha, não terem condições de pagar e mais outros tantos. Mas, hoje em dia você pode fazer um exercício em qualquer lugar e sem gastar nada ou para as pessoas que possuem condições de pagar podem achar um exercício que ajudem a abandonar o sedentarismo. Hoje existem muitas modalidade de atividades, que ajudam a trabalhar o corpo, gastar calorias, emagrecer e, sobretudo, ganhar mais saúde.

De imediato dois exercícios que podem ser feitos por qualquer pessoa e ajudam a sair dessa zona de conforto é a caminhada e a corrida. Para estas essas práticas, você só precisa de roupas confortáveis, um bom protetor solar e um par de tênis. Pois, em todos os municípios existem ruas, praças, avenidas, que são mais tranquilas e dá para praticar essas duas modalidades. Mas, tenha em mente que tudo tem que ser feito com calma e cautela, dessa forma, inicie com uma caminhada leve por um tempo curto, depois vá aumentando o tempo e o percurso. Após isso, inclua a corrida em pequenos trechos de pouca duração e vá aumentando gradativamente. Assim se evita lesões e o desafio de se superar a cada dia é um grande estímulo.

Caso você queira uma atividade de mais impacto, o treinamento funcional pode ser uma excelente alternativa. Este treino dinâmico, mistura uma série de atividades como agachamentos, abdominais, pular corda, corridas, levantamento de pesos, atividades com bolas, dentre outros. A cada aula é um exercício novo, assim você perde peso, define o corpo e principalmente não se enjoa das aulas. Em média se gasta mais de 700 calorias em uma hora. É importante procurar um professor para lhe acompanhar durante o reino, pois, assim você evita se machucar. Devido a essas características, em quase todas as academias se tem o treino funcional, devido a sua grande eficácia.

E, por fim, uma atividade muito prazerosa é a dança. Existem infinitos ritmos e aulas, escolha um que você goste e pratique. Um estilo que anda muito em alta é a Zumba. O ritmo de origem colombiana é alegre e pra cima. É quase impossível não ouvir a batida Zumba e não querer dançar. O ritmo trabalha todos os músculos do corpo e se tem uma perda de calorias bem alta com a modalidade. Danças de salão e Ballet também são ótimas opções. A verdade é que a música é mais um atrativo, você vai vê como de cara vai se apaixonar por um ritmo, então ache um que lhe agrada.

Procure hoje mesmo uma atividade que lhe interessa e marque uma aula experimental para vê o que acha. Se cuide e se ame mais, você vai ver como tudo na sua vida vai fluir melhor e o mais rápido possível você vai notar como sair do sedentarismo, só lhe trouxe benefícios. E é claro mantenha uma dieta balanceada com a ingestão de frutas, verduras, água e fibras. A mudança será visível para todos. Então comece hoje, a busca de sua melhor versão.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Caminhada


Confira dicas de dietas eficazes para perder a gordura localizada na região da barriga.

Não existe nada que incomode mais uma mulher do que uma barriguinha saliente. Não importa se ela é pequena ou grande, o incômodo existe a partir do momento em que o zíper da calça ou da saia não quer fechar, ou quando fecha e fica aquela gordurinha sobrando e o pior, qualquer blusa mais justinha aparece àquela barriga de falsa grávida que tira a paz da mulherada.

Dessa forma, pensando em eliminar esse problema surgem e acabam se espalhando por aí inúmeras dietas que prometem secar a barriga, eliminando toda aquela gordura exagerada. Contudo, nem todas correspondem ao prometido.

Nesse sentido, se você está à procura de uma dieta eficaz para a perda da gordura localizada na região da barriga, este artigo irá apresentar algumas dicas de dietas que realmente geram efeitos positivos.

Na realidade, as dietas para perder a barriga não são muito elaboradas e nem muitos exóticas como muitas que se vê por aí. Basicamente elas se estruturam a partir da necessidade de um gasto maior de calorias, em relação às calorias ingeridas. Além disso, qualquer dieta exige disciplina, que envolve autodomínio de quem se propõe a fazê-la.

Dieta Flat Belly Diet: promete enxugar as gorduras abdominais no período de quatro semanas. Basicamente essa dieta é realizada a partir do consumo de alimentos como sementes, castanhas, vegetais, frutas, azeite e carne magra, que devem ser consumidos de forma aleatória e em pequenas porções, por períodos de três em três horas. Tudo isso aliado a exercícios localizados.

Dieta do suco de uva: Segundo a idealizadora desta dieta, ingerir um copo de suco de uva no almoço e outro no jantar pelo período de um mês, pode resultar na perda de até 5 quilos, a depender do organismo da pessoa. Na realidade, estudos indicam que o sumo presente na uva possui propriedades que impedem o acúmulo de gorduras no organismo. E para complementar os exercícios localizados são bastante eficazes.

Dieta da Sopa de abóbora, gengibre e couve: essa dieta consiste na substituição das principais refeições do dia pela sopa cujos elementos principais são a couve, gengibre e abóbora que devem ser preparados com óleo, alho e outros temperos. Os resultados tendem a ser melhores quando aliados a atividades físicas.

De qualquer forma, independente da dieta, quem deseja perder a gordura abdominal deve adotar uma alimentação saudável, alimentando-se de forma correta e praticando exercícios.

Cada um pode criar sua dieta, contudo para que dê certo, a disciplina é essencial e os resultados certeiros.

Por Sirlene Montes

Dieta para perder barriga


Confira algumas dicas para emagrecer rapidamente e de forma saudável.

O que você já fez para emagrecer? Já investiu em todos os tipos de dietas malucas, e não teve resultado? Sabia que é possível emagrecer rápido e de forma saudável? Como? É só conferir as nossas dicas, para mudar os seus hábitos.

O café da manhã é a principal refeição do dia. O que você come? Para ajudar a emagrecer, o ovo é uma excelente opção. Ao acordar, que tal fazer um delicioso ovo mexido? Além de ser prático, é uma fonte rica de proteína de alta qualidade, sendo ideal para o metabolismo. Segundo alguns estudos, o consumo deste alimento pela manhã pode te ajudar a consumir menos calorias pelas próximas 36 horas.

Durante o mês, você passa, pelo menos, duas horas na academia e não tem resultado? Que tal investir em exercícios de alta intensidade? De acordo com um estudo que foi divulgado no Journal Of Obesity 12 semanas de exercícios de alta intensidade tem reduções significativas na região abdominal, tronco e gordura visceral. Que tal experimentar?

Além disso, não deixe de incluir proteína em todas as suas refeições, pois existem evidências que mostram que o consumo deste componente tende a aumentar a queima de gordura, reduzir o apetite e como consequência a perda de peso.

Um dos principais fatores, é que o nosso organismo usa mais calorias para digerir as proteínas, se comparadas com as gorduras e carboidratos. Logo, inclua na sua dieta alimentos de origem animal como, por exemplo, carnes e peixes.

Outra dica para emagrecer rápido e saudável, é consumir sucos vegetais diariamente, como os detox. Além disso, acrescente em seu cardápio alimentos que tenham um alto teor de água como legumes e frutas, por exemplo. Uma ótima opção é a couve, que é rica em vitaminas, que combatem doença cardíaca, doenças autoimunes, degeneração muscular, entre outros fatores.

Cuidado com as dietas da moda, que, dificilmente, podem ser mantidas a longo prazo e tendem a provocar o efeito sanfona. Desta forma, antes de cortar alimentos da sua dieta, procure um nutricionista, para que ele possa montar um cardápio específico para o seu organismo. Além disso, procure dormir bem e manter uma boa qualidade de sono.

Por Babi

Emagrecer rápido


Dicas e orientações para quem quer emagrecer sem comprometer a saúde.

Beleza é um assunto muito desgastado atualmente. Felizmente, os padrões de beleza têm sido derrubados, dando lugar à preocupação com satisfação pessoal e principalmente saúde.

A ditadura da magreza perde a cada dia seus devotos, sendo assim, a primeira dica para você emagrecer é: pense em você mesmo. Analise sua condição mental e os reais motivos. Em primeiro lugar, vem a sua saúde e em segundo a sua autoestima.

Se você sente que ficaria melhor com uns quilinhos a menos ou mais magra, acompanha aqui as dicas para emagrecer de maneira saudável, sem dietas malucas e com resultado garantido, veja essas 8 dicas:

1 – Dê adeus ao açúcar

Açúcar não tem nutrientes e cada 1 grama conta com 4 calorias, traduzindo: só serve para engordar e ainda faz o corpo produzir muita insulina. Isso promove o estocamento de gordura e estimula a vontade de comer.

2 – Pratique caminhadas

Ande mais e mais depressa. Antes perder poucas calorias do que ficar parado sem perder nenhuma.

3 – Coma fibras

Fibras dão saciedade, atrasam o esvaziamento do estômago, mantém o índice de glicemia, eliminam toxinas, entre outros benefícios. Por tudo isso, a ingestão de fibras garante perda de peso e diminuição da circunferência da cintura. O ideal é de 25 a 35 gramas por dia.

4 – Tome café

A cafeína aumenta a temperatura do corpo, fazendo com que o metabolismo acelere. O ideal são 3 xícaras por dia, puríssimo, sem açúcar.

5 – Beba água antes das refeições

Beber água é sempre recomendável, mas ingeri-la antes da refeição garante estímulos ao centro de saciedade do corpo.

6 – Beba leite

O leite é rico em cálcio, que por sua vez, estimula a queima de gordura. Além do leite, gergelim, couve e brócolis são ricos em cálcio.

7 – Coma 6 vezes por dia

Quando o organismo acostumar-se a não ficar muito tempo sem receber alimento, vai naturalmente para de estocar tanta caloria, levando ao emagrecimento.

8 – Dormir bem

Passar noites acordado estimula a produção de um hormônio que aumenta o estoque de gordura e a fome, enquanto dormir pouco diminui o ritmo do metabolismo. Por isso, uma boa noite de sono é essencial para quem quer perder peso.

Por Carolina B.

Emagrecer


Confira aqui quais são os principais benefícios da Batata Doce em nossa saúde.

Um dos alimentos mais nutritivos, a batata doce, é um carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, ou seja, a sua absorção ocorre de forma lenta, liberando glicose na corrente sanguínea e estimulando pouca formação de insulina, hormônio responsável pelo aumento da fome e do acúmulo de gordura. Além disso, ela também é uma fonte de fibras, ferro, vitamina C, potássio, vitamina E, A e C. Não é à toa, que a batata doce pode contribuir para a sua saúde e deve fazer parte da sua dieta diária. Quer ver?

A batata doce atua regulando a pressão arterial, ajuda na prevenção da anemia, auxilia no emagrecimento, fortalece o sistema imune, é rica em cálcio, reduz o colesterol, ajuda a controlar a diabetes, auxilia na formação de colágeno e também tem propriedade anti-inflamatória devido à presença de vitaminas, tais como C, B6, beta-caroteno e manganês, que atuam no processo de cura de inflamação interna e externa.

Ela também é eficaz para combater as úlceras do estômago, porque as fibras ajudam na prevenção da prisão de ventre e acidez, como consequência reduz a possibilidade úlcera. Isso é resultado da presença de vitaminas do complexo B, vitamina C, potássio, beta-caroteno e cálcio. Outro detalhe é que a batata-doce fornece mais de 90% das necessidades de vitamina A do corpo, assim, de acordo com os especialistas, os fumantes devem ingerir alimentos que tenham esta vitamina.

Sabia que a batata doce também ajuda na prevenção de doenças inflamatórias crônicas como a artrite, por exemplo? Isso ocorre porque ela é rica em beta-criptoxantina. Além disso, segundo um estudo realizado, as pessoas que comeram alimentos com esta substância tinham 50% menos chances de desenvolver artrite inflamatória. A vitamina C presente na batata doce também ajuda a manter o colágeno.

Entre outros benefícios, a batata doce ajuda na manutenção do aparelho digestivo por ser rica em fibra dietética. Há estudos que indicam que elas também podem ajudar na limpeza de metais pesados do trato digestivo como, por exemplo, arsênio e o mercúrio. Desta forma, contribui para manter o sistema digestivo saudável.

Depois destas dicas, não deixe de incluir batata doce no cardápio. Alimentação saudável faz a diferença para a sua saúde e bem estar. 

Por Babi


A restrição do sono pode intensificar o consumo de comida na busca pelo prazer e pela satisfação.

Você tem dormido mal e ainda é viciado em bala, biscoito ou salgado? Adora atacar a geladeira durante à noite, procurando um salgadinho? De acordo com um estudo, a falta de sono pode aumentar a fissura por sal, açúcar ou gordura.

Um estudo feito pela Universidade de Chicago mostrou que a falta de sono provoca no organismo a liberação de endocanabinoides, que é o princípio ativo da maconha. Os participantes da pesquisa foram submetidos à privação de sono, que provocou o aumento por alimentos que são nocivos à saúde como, por exemplo, o excesso de sal, açúcar ou gordura.

Com os endocanabinoides atuando no organismo, a fome foi estimulada, porque a substância age impedindo a saciedade. A privação do sono funciona de maneira similar à causa chamada “larica”, que é a fome repentina que os usuários de maconha costumam ter.

Participaram do estudo da Universidade 14 voluntários e o sangue foi monitorado para os níveis de 2-AG, que é uma molécula endocanabinoide, que atua na regulação da fome no organismo. Os candidatos foram divididos em dois grupos, sendo que um tinha 8 horas e meia de sono e o outro apenas 4 horas e meia. O experimento teve a duração de 4 dias e eles comiam porções iguais de café da manhã, almoço e jantar.

No grupo que teve 04 horas e meia de sono o nível da molécula foi de 33% maior. Este resultado indicou um consumo maior de alimentos que são considerados nocivos à saúde. Além disso, no último dia da pesquisa, os cientistas ofereceram aos participantes petiscos variados. As pessoas que estavam no grupo de privação do sono comeram uma quantidade muito maior de itens que são menos saudáveis como, por exemplo, biscoito, batata chips e balas. Um dos líderes da condução da pesquisa revelou que a restrição do sono pode intensificar o consumo de comida na busca pelo prazer e pela satisfação.  

Por isso, procure estabelecer hábitos saudáveis na sua rotina como uma alimentação equilibrada (frutas, verduras e legumes), atividade física e uma boa noite de sono. É necessário ter equilíbrio e tentar manter uma boa qualidade de vida, apesar da agitação que faz parte da vida moderna. 

Por Babi

Falta de sono

Foto: Divulgação


Pesquisa revelou que caminhar perto da natureza faz bem para o cérebro.

Você tem o hábito de caminhar na praça ou parque? Gosta de estar em contato com a natureza? De acordo com um estudo organizado pela Universidade de Stanford nos Estados Unidos caminhar na natureza faz bem para o cérebro.

A pesquisa teve a participação de 38 pessoas e todas moravam em cidades movimentadas. Foi analisado o fluxo de sangue no córtex pré-frontal do cérebro usando a tomografia, sendo que quanto maior a quantidade de sangue, mais agitado é o órgão. Os voluntários do estudo também foram submetidos a um questionário com o intuito de avaliar o nível de contentamento.

Os participantes foram divididos em dois grupos. Um deles caminhou em uma parte arborizada e calma do Campus da faculdade e a outra pela parte agitada da cidade de Palo Alto, na Califórnia. Os voluntários andaram sozinhos e não podiam ouvir música.

Depois desta etapa, os participantes fizeram tomografia e responderam a outras perguntas do questionário. Segundo os resultados, os voluntários que caminharam na parte agitada da cidade tinham muito sangue circulando no córtex pré-frontal, enquanto os resultados do outro grupo mostraram mais positividade no questionário, além de uma quantidade menor de sangue. Desta forma, a pesquisa mostrou como é importante as pessoas dedicarem um tempo para curtir e aproveitar a natureza, e se desligar, um pouco, da agitação dos grandes centros urbanos.

Sabia que a caminhada traz muitos benefícios para o organismo?

Andar melhora a circulação e ajuda a manter o controle da pressão arterial. Um estudo feito pela Universidade de São Paulo revelou que caminhar 40 minutos por dia pode diminuir a pressão arterial durante 24 horas após o exercício.

A caminhada também torna o pulmão mais eficiente nas trocas gasosas, além de prevenir inflamações como, por exemplo, bronquite. Andar atua no combate a osteoporose e o impacto dos pés com o chão traz muitos benefícios para os ossos.

O esporte afasta a depressão porque libera o hormônio da endorfina, que é responsável por trazer sentimentos de alegria e relaxamento. Depois de um tempo, a quantidade aumenta e como consequência a pessoa fica mais feliz, alegre e disposta, além de aumentar a sensação de bem-estar.

Por Babi


Pesquisa realizada nos Estados Unidos revela que o aumento no consumo de água no dia a dia pode ajudar na perda de peso.

Um novo estudo firmado pela famosa Universidade de Illinois, nos Estados Unidos da América, mostra que o aumento do consumo de água por dia pode resultar em perda ou retenção de peso.

Os pesquisadores descobriram que as pessoas que tomam mais água no seu dia a dia (de uma a três xícaras) tendem a reter menos calorias, ou seja, possuem menos gorduras no corpo.

O estudo foi feito com mais de dezoito mil pessoas de várias partes do mundo e mostrou que inevitavelmente a alteração foi entre 68-205 calorias a menos por dia para as pessoas que consomem mais água. Os níveis de gordura saturada, sal, açúcar e álcool consumidos adicionalmente, também caíram. O que automaticamente traz mais qualidade de vida e saúde para as pessoas.

Ruopeng An, professor e um estudioso no assunto de saúde comunitária da Universidade dos Estados Unidos, escreveu em seu texto que "o impacto do consumo de água pura dentro da alteração na dieta foi semelhante em vários grupos étnicos, de diferentes níveis acadêmicos, ganho financeiro, família e peso do corpo". Além disso, não havia nenhuma distinção dentro dos resultados entre aqueles que beberam água filtrada da pia ou água potável engarrafada. A água em qualquer parte do mundo não fez diferença no estudo divulgado pela Universidade.

Em resultados da pesquisa foram coletados entre 2005 e 2012. Ou seja, este estudo possui bastante precisão e confiabilidade pelo tempo em que foi feito. É impressionante como um aumento até mesmo de apenas 1% do consumo de água já é suficiente para mostrar uma alteração no corpo humano e da concentração de menos gordura e outros integrantes que consumimos diariamente, mas que fazem mal à saúde, como sal e açúcar.

Peritos envolvidos no estudo, juntamente com o professor Ruopeng An, acreditam que a pesquisa pode facilitar a vitória sobre os indivíduos para trocar bebidas que fazem mal a saúde, como refrigerantes, sucos em pó ou de lata, pela tradicional água como o adicional e principal líquido para a qualidade de vida de quem consome mais e mais.

Por Carolina Costa


Nova pesquisa afirma que redução do açúcar em nove dias pode melhorar a saúde.

Um dos alimentos comumente consumido e que gera danos irreparáveis no corpo humano é o açúcar. De acordo com informações de pesquisadores, após um novo estudo, cortar o consumo de áçucar durante nove dias pode proporcionar uma vida mais saudavél para as pessoas. Os resultados do estudo vieram por meio de um monitoramento de crianças obesas. Essas que após ser tirado o açúcar de suas alimentações, tiveram uma redução da pressão arterial e ainda dos índices de colesterol. Com isso, os cientistas reponsáveis pela pesquisa notaram que o produto se tornou prejudicial, não apenas por causa de suas calorias, mas também por causar alterações únicas no organismo de quem o consome.

A pesquisa foi feita no hospital infantil da Universidade da Califórnia, em São Francisco, nos Estados Unidos. Ao todo, foram monitoradas 43 crianças e jovens com idades entre 9 e 18 anos. Essas pessoas foram buscar ajuda no hospital para tratar o peso e, também, por motivos de problemas de saúde gerado por causa da obesidade. Durante o estudo, esses jovens e crianças foram submetidos a ficarem na clínica, no período de 9 dias, recebendo alimentos preparados pelo local e sendo pesados diariamente. A adição de açúcar nas dietas dos monitorados foi reduzida de 28% para 10% e a frutose, considerado um açúcar problemático, sofreu uma redução de 12% para 4% de calorias. Na fase de monitoramento, os cientistas substituíram todos os alimentos açucarados por alimentos ricos em amido, exemplo: cachorros quentes, batatas fritas e pizzas.

No fim do monitoramento, segundo os pequisadores, a saúde dos envolvidos melhorou bastante. Os pacientes mostraram uma pressão arterial mais adequada, o "mau" colesterol e os triglicérides reduziram e ainda os níveis de insulina foram diminuídos em um terço. E mais, os resultados dos testes de funcionamento do fígado tiveram ótimos resultados.

A pesquisa foi conduzida pelo endocrinologista pediátrico americano Robert Lustig. O médico também é autor do livro "Fat Chance: a verdade escondida sobre o açúcar".

Stephanie Rodrigues do Nascimento


Caminhar alguns momentos todos os dias traz enormes benefícios à saúde física e mental.

Todos sabemos que exercícios físicos são essenciais para o bem-estar do organismo não é mesmo? Mas por vezes, fatores como a falta de tempo ou dinheiro podem ser um empecilho para algumas pessoas. A boa notícia é que com apenas alguns momentos de caminhada diária, o seu corpo pode ter benefícios incríveis. Confira abaixo alguns:

Combate doenças: depressão, diabetes, osteoporose e outras podem ser combatidas e controladas com a prática de apenas alguns minutos de caminhada diária. Além destas também há a prevenção de doenças como infarto ou derrames, pois a caminhada ajuda o coração a bombear o sangue corretamente.

Gasto de calorias: está adquirindo aquela barriguinha indesejável? A caminhada pode ajudar a controlá-la. Os especialistas afirmam que é uma das atividades com maior gasto calórico, pois a tendência é que haja uma variação constante da intensidade do caminhar, fazendo com que o organismo reaja de forma positiva, queimando calorias.

Aumenta a disposição: anda desanimado? Sem vontade de executar suas tarefas diárias? Experimente caminhar por meia hora antes de seu expediente. Os resultados são incríveis.

Melhora a circulação sanguínea: como o coração bombeia sangue com uma frequência maior, há uma melhora da circulação sanguínea. Além disso, os músculos em movimento ajudam na circulação do sangue pelos vasos.

Melhora a saúde do cérebro: como há melhor circulação do sangue pelo corpo, e melhor oxigenação, o cérebro também é beneficiado.

Melhora a capacidade respiratória: falta de ar e cansaço ficarão para trás se a prática da caminhada fizer parte de seu dia a dia. Isso porque andar melhora a capacidade pulmonar. O resultado é ainda melhor se a caminhada for feita ao ar livre, num parque, por exemplo.

Combate a depressão: durante a caminhada, doses de endorfina são liberadas no seu organismo. E esse hormônio é um dos responsáveis pela sensação de bem-estar e também ajuda no combate à depressão.

Combate a osteoporose: uma caminhada sob o sol da manhã faz com que as produções de vitaminas responsáveis pela saúde dos ossos sejam produzidas. E nada melhor para cuidar dos ossos do que usá-los corretamente.

O maior dos benefícios da prática da caminhada é que não é necessária experiência ou supervisão de um profissional para a prática. Qualquer pessoa pode caminhar moderadamente todos os dias, sem prejuízos para a saúde. O tempo e a intensidade da caminhada vão depender da disposição e do estado de saúde de cada um.

Além de ser excelente para a saúde, caminhar ao ar livre, pode ser ótimo para a mente, pois deixa o corpo em um estado de relaxamento ideal.

Está esperando o que? Coloque já as pernas para mexer e desfrute dos benefícios da caminhada!

Por Patrícia Generoso

Caminhada diária


A Dieta Detox é uma das mais famosas do momento e realmente é uma ótima forma de perder peso, mantendo a saúde em dia, porém, se a dieta não for realiza da forma correta, o resultado pode ser inverso, fazendo até com que a pessoa ganhe peso.

Esta dieta desintoxicante ajuda na limpeza do organismo e isso, consequentemente, resulta em perda de peso. Mas uma dieta muito rigorosa pode ser extremamente prejudicial!

Ficar vários dias à base de líquidos, definitivamente, não é nada saudável! Se você segue a Dieta Detox corretamente, já no terceiro dia o metabolismo de seu corpo está recuperado e você já começa a eliminar peso.

Na verdade, não é a Dieta Detox que desintoxica o organismo. O que de fato, elimina as impurezas de nosso corpo é o fígado e também os rins. Quando você adota uma alimentação saudável, livre de gordura, sódio e açúcar, você está dando condições que seu próprio corpo possa fazer seu processo de desintoxicação, já que não há uma sobrecarga destas toxinas.

Optar por uma dieta balanceada é a melhor forma de realmente livrar os organismos das toxinas, garantir uma boa saúde e conseguir melhorar o resultado na balança. Produtos industrializados, congelados, biscoitos, refrigerantes, enlatados, são alguns dos alimentos que devem ser deixados de lado na Dieta Detox.

Os alimentos que devem ser priorizados são: frutas, legumes, verduras, cereais integrais, carne branca, cereais integrais, entre outros. Também é bom ter no cardápio: peixes assados e sementes como a linhaça e a chia, pois são ricos em ômega 3.

Sucos à base de verduras e frutas, além dos chás, também são ótimos para ajudar no processo de desintoxicação. O chá verde, por exemplo, é ótimo para combater os radicais livres. E jamais acredite na "Dieta Líquida" como sendo uma boa recomendação, pois ela poderá trazer sérios problemas para sua saúde.

O baixíssimo consumo de calorias também é um erro grave! Nosso organismo não aceita esta falta de energia por muito tempo e por isto passará a usar o estoque corporal para gerar energia, ou seja, não são queimadas somente as gorduras, mas também os músculos e isto é um prejuízo enorme para nosso organismo.

Por Russel


Existe no mundo diversas formas de se buscar o autoconhecimento e a maioria delas parte de alguma religião ou ideologia, as quais possuem condutas e doutrinas próprias para serem seguidas em prol de algo ou o bem maior da humanidade.

Todos os caminhos são válidos, desde que cada um deles estejam voltados para o bem, para a evolução e para a devoção de si mesmo no caminho da espiritualidade. Veja agora, algumas dicas simples para quem prefere buscar o autoconhecimento a partir de si mesmo:

1. Meditação:

Não há receitas, segredos e nem regras para buscar o autoconhecimento. Esse caminho se resume a um encontro consigo mesmo, o qual podemos considerar como algo subjetivo. Mas, você pode começar a trilhá-lo de maneira simples, refletindo sobre tudo internamente com a meditação. Para isso, reserve apenas alguns minutos do dia para fechar os seus olhos e se concentrar para dentro de você. Reflita alguns instantes sobre o seu dia, as suas atitudes para com os outros e de como você está sendo ou não útil para ajudar o próximo. Feito isso, relaxe, respire fundo e deixe tudo dentro de você fluir. Deixe que todas as perguntas mergulhem dentro do seu íntimo para buscar as respostas que há em você mesmo, em seu ser, e concentre-se na sua respiração.

2. Livros de autoajuda:

Alguns livros de autoajuda podem realmente te auxiliar, se o assunto for a busca do autoconhecimento. Há diversos assuntos disponíveis no mercado, desde autorrealização à autoestima. Os autores se empenham nesses assuntos e cada dia aparece um novo. Portanto, se você é do tipo de pessoa que gosta de acumular conhecimento e pensar diferente a respeito de várias teorias, esta dica pode ser muito útil. Só não vale virar um alienado por teorias de conspiração e outros assuntos relacionados que podem te cegar a ponto de você achar que realmente está buscando o autoconhecimento, quando na verdade está o afastando.

Por Daniela Almeida da Silva


A meditação é considerada uma das práticas orientais mais antigas da humanidade. Hoje em dia, muitas seitas e religiões têm adaptado ela em suas atividades cotidianas, e cada uma delas expressam um significado diferente referente à meditação. Uma das práticas mais populares e talvez a mais desejada por todos é a Yoga, que além dos benefícios da meditação, reúne técnicas de respiração que auxiliam não só a mente, mas o corpo, a postura e a saúde em geral. Veja o que você não pode esquecer, caso seja um iniciante na meditação:

1. Não force sua mente para pensar em nada. Apenas feche seus olhos, relaxe, concentre-se e deixe fluir, ouvindo o som da sua respiração ou de algum som de mantra bem baixinho. Pode até ser o tic-tac de um relógio. O importante aqui é o encontro com você mesmo, com o seu Eu interior.

2. A postura ideal da meditação é sentado (pode ser no chão em cima de uma almofada ou numa cadeira com as pernas sem dobrar e os pés no chão), coluna sempre ereta, as mãos uma sobre a outra com a palma virada para cima e os olhos fechados, de preferência. Você também pode arrumar um jeito mais confortável para se concentrar inicialmente, como, por exemplo, olhar fixamente para algum objeto à sua frente, uma mandala, etc.

3. Não deixe se levar por ideias e pensamentos que podem surgir durante a meditação. Pode acontecer também de você começar a sentir algumas inquietações, como coceiras, formigamentos nas pernas, dor nas costas, cansaço, etc. Isso é normal. Mas, o importante é você não desistir, pois estas distrações vão desaparecendo, conforme você for deixando de dar atenção a elas. Observe que quanto mais você tentar reprimir tais distrações, elas tendem a reaparecer, e com mais frequência. A única coisa que você poderá fazer depois de um tempo, é ajeitar mais ou menos a sua postura para se sentir mais confortável.

Por Daniela Almeida da Silva


Você sabia que existem meios para exercitar o seu cérebro e expandir sua capacidade mental? Confira agora algumas dicas de como você pode fazer:

1. Faça atividades novas todos os dias:

Quando você experimenta coisas novas, seu cérebro se exercita melhor e você o estimula a fazer novas conexões. Essas conexões criam caminhos que podem aumentar sua inteligência e o raciocínio.

2. Faça exercícios regularmente:

De acordo com estudos científicos, o cérebro se regenera a cada vez que praticamos exercícios físicos. Isso porque cada vez acontece uma ligação diferente, mantendo ele mais jovem e sempre em bom funcionamento.

3. Exercite sua memória:

Exercitar sua memória também é uma ótima opção para quem quer ter uma boa capacidade mental. Para isso, é necessário muito treino e disciplina constante. Por exemplo, se você quer treinar sua memória, procure decorar mais os números de telefone dos seus contatos do que os nomes deles, pois assim seu cérebro assimilará mais rápido.

4. Tenha curiosidade:

Prefira sempre ter opinião diferente das coisas. Tenha sede de aprender cada vez mais com coisas novas todos os dias. Desenvolva o hábito de questionar as coisas e pesquise sobre os fatos ao invés de ficar só debatendo. Não limite seu conhecimento a apenas aquilo que é imposto à você como opinião. Saia da rotina e explore novas maneiras de pensar.

5. Seja otimista:

Pensar positivo ajuda a combater o estresse e a ansiedade. Além de ser bom para a saúde, também é bom para o bom funcionamento da mente.

6. Alimente-se bem:

Você sabia que o cérebro consome cerca de 20% de todos os tipos de nutrientes que ingerimos, além de oxigênio e outros tipos alimentos que entram em nosso corpo? Pois é, estudos indicam que a alimentação saudável pode ter um impacto grande em nosso cérebro, e por isso, ela pode ser considerada um dos fatores mais importantes para a saúde dele.

Por Daniela Almeida da Silva


Mente vazia e ociosa para alguns que acreditam no velho ditado, é moradia do diabo, para outros é vontade de comer guloseimas. Entre doces, balas, chocolates e todo o tipo de sobremesas, quem tem o hábito de comer guloseimas está sempre em compulsividade.

Toda hora é motivo de comer alguma coisa. Na maioria das vezes essa compulsividade por guloseimas está diretamente ligada à falta de afeto ou ainda à necessidade de estabelecer relações. No trabalho, essa ligação se estende para a ansiedade e angústia, falta de atenção ou ainda tendências depressivas. Por isso, sempre quando você tiver vontade compulsiva de comer guloseimas fora de hora, reflita antes sobre os seguintes aspectos:

1. Faça uma análise da sua situação:

Se todo o momento for hora de comer guloseimas ou outras comidas por compulsividade, considere um problema e reflita se você não precisa de ajuda. Essa atitude tem que estar ligada a algum fator externo. Pode ser por causa de um trabalho estressante, o término de um relacionamento, baixo autoestima ou até carência afetiva. Se algum desses fatores estiver te preocupando em sua vida, não desconte no seu estômago e procure ajuda com um profissional para te ajudar antes que essa compulsividade por guloseimas acabe com a sua saúde.

2. Programe-se:

Em alguns casos, se não forem muito sérios, não precisa parar de comer, basta apenas se programar para comer na hora certa. Depois de um almoço, no lanche da tarde ou ainda aos finais de semana, em pequenas quantidades, é uma boa alternativa. Evite comer doces no café da manhã, de noite ou de madrugada, pois pode ser prejudicial para a sua saúde.

Caso esteja de dieta, informe-se com seu médico a respeito dos doces que pode ou não comer. Não é a ausência que não te fará mal, e sim a moderação que te fará bem.

Pense que o exagero só te trará prejuízo, principalmente se for por motivos psicológicos.

Por Daniela Almeida da Silva


Assim como um corpo, uma mente equilibrada e estruturada também é sinônimo de saúde. Hoje em dia existem vários recursos para manter uma mente perfeitamente saudável, desde cursos, meditações, práticas orientais e técnicas cognitivas descobertas pela neurociência, que no caso beneficiam parte da população com algum tipo de deficiência, independente de sua complexidade.

Muitas empresas já estão considerando a hipótese de contratar funcionários que tenham uma mente saudável, e isso inclui aqueles com uma boa percepção, boa linguagem, bom relacionamento interpessoal e capacidade de concentração. Isso sim seriam atributos de uma pessoa que mantém uma mente saudável e equilibrada.

De um modo geral, siga as dicas a seguir:

1. Mantenha uma boa alimentação:

A ciência já comprovou que alguns alimentos têm o poder de melhorar a capacidade de concentração, evitar estresse e até melhorar a memória. Alguns deles são abacate, salmão, romã, chá fresco, brócolis, etc. O que depende mesmo é da quantidade diária.

2. Faça atividades estimulantes:

Algumas atividades podem estimular nossa capacidade de criatividade, argumentação e concentração. As principais e mais conhecidas são: jogo da memória, caça-palavras, palavras cruzadas, jogo do cubo, entre outras. O que importa mesmo não é a quantidade de atividades por dia, e sim a qualidade de cada uma delas. Com o tempo, o cérebro começa a assimilar as atividades com as ligações internas correspondentes com cada ação do corpo, e assim vêm os resultados.

3. Leitura:

A leitura também é uma excelente alternativa para aumentar nossa capacidade cerebral. O bom seria ler um pouco de cada assunto. Outra dica válida também é ler dois livros de uma vez, assim você estimula os dois hemisférios do cérebro.

Enfim, escolha hábitos de vida saudável que possa contribuir de alguma forma com sua produtividade em geral. Para isso, não precisa mudar sua rotina inteira, basta apenas acrescentar o que você acha mais importante para ter resultados em uma determinada tarefa, por exemplo, ainda mais se o seu trabalho for inteiramente intelectual.

Por Daniela Almeida da Silva


Dormir bem é sempre um bom remédio para todos os males. Seja quando estamos tristes com dor de cabeça, mal-humorados, etc. É só ter uma boa noite de sono que os problemas parecem desaparecer naquele momento. Porém, por melhor que sejam nossas noites de sono, infelizmente nem todos têm essa mesma sorte de aproveitar os benefícios que ele oferece.

Se você está entre uma dessas pessoas, então atente-se às dicas a seguir e comece a ter uma boa noite de sono logo:

– Coma alimentos saudáveis e leves à noite:

Ao invés de jantar durante a noite, prefira ingerir alimentos saudáveis e de fácil digestão, como frutas, cereais, sopas, leite quente, etc. Quanto mais leve for a digestão, mais tranquilo e proveitoso será o seu sono.

– Evite certas atividades no período noturno:

Muitas pessoas têm o hábito de assistir televisão, ler, dormir ouvindo música e ficar na internet com o computador ou outros aparelhos eletrônicos ligados até de madrugada. Isso de fato é crucial para a saúde do seu sono e te coloca à beira de um ataque de insônia, que pode perdurar por muito tempo, resultando em problemas irreversíveis mais tarde.

– Procure a posição adequada:

Há pessoas que já estão acostumadas a dormir de uma certa forma, e outras que variam muito durante a noite. Especialistas afirmam que dormir de lado pode ser melhor para a saúde da coluna vertebral. Porém, mesmo assim, se você não achar que é uma posição confortável, então deve procurar aquela em que você se adapte mais.

– Procure um médico:

Caso seu problema de insônia persistir, procure imediatamente um médico especialista na área para te orientar a viver da melhor forma, e assim melhorar o desempenho do seu sono. Dependendo do caso, se você seguir as dicas direitinho, poderá amenizar grande parte do seu problema. Mesmo assim, é indispensável que você tenha autocontrole e determinação em suas tarefas.

Por Daniela Almeida da Silva


Qual o preço a se pagar pela beleza? Vale mesmo a pena ter um corpo bonito e sarado de um dia para outro usando métodos duvidosos e que colocam sua própria vida em perigo?

Esse é um questionamento que vem sendo feito pela sociedade nestes últimos dias, principalmente após a divulgação que a modelo, apresentadora e eterna ex-vice miss bumbum, Andressa Urach, teve de ser internada em estado grave na UTI de um hospital da capital gaúcha, devido a uma infecção generalizada na coxa esquerda, causada pela aplicação do hidrogel em suas coxas.

Mas você sabe o que é este hidrogel e vqual a sua finalidade? O hidrogel é uma substância composta de poliamida sintética e solução fisiológica. Ele é usado para preencher e corrigir pequenas deformidades na pele dos pacientes e sua aplicação é mais comum na área do bumbum, coxas e em rugas. Sua função é aumentar o volume da área onde foi realizada sua aplicação.

No caso de Andressa Urach de 27 anos, em cada coxa foram aplicadas 400 ml de hidrogel para que a modelo ganhasse a desejada aparência de pernas malhadas.

A recomendação feita pelo Conselho Federal de Medicina – CFM, é que a substância seja usada apenas em casos realmente necessários e em pequenas quantidades em cada aplicação. Para o CFM a quantidade usada pela modelo é 200 vezes maior que a recomendada.

A ex-vice miss bumbum fez a aplicação de hidrogel nas coxas há 5 anos e decidiu retirar a substância para que suas pernas voltassem a ter uma aparência mais natural, como antes da realização do procedimento. Foi feita uma drenagem para a retirada do hidrogel, mas restos do produto causaram uma infecção generalizada em Andressa que teve de ser internada em estado grave na UTI de um hospital de Porto Alegre.

A aplicação de hidrogel é proibida em locais como clínicas de estética e salões de beleza. Só é permitido este procedimento em centros cirúrgicos ou ainda em locais ondem possa haver um atendimento médico de emergência em caso de alguma complicação durante o processo.

Os pacientes devem ficar atentos ainda quanto ao profissional que realizará a aplicação da substância. Este deve ser habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica ou pela Sociedade Brasileira de Dermatologia para este tipo de procedimento e de preferência que seja um cirurgião plástico ou dermatologista que tenha conhecimento e experiência na aplicação do produto.

Outro detalhe muito importante para quem deseja fazer este tipo de procedimento é tomar cuidado com os preços praticados. Clínicas e profissionais que não estão aptos a realizarem este tipo de procedimento estético, geralmente cobram um valor muito abaixo dos valores cobrados por profissionais habilitados a manusearem este produto. E por procurarem estes profissionais não capacitados por causa do preço, os pacientes acabam tendo complicações muito sérias, como aconteceu também com a dona de casa de Goiânia-GO, que faleceu horas após ter feito uma aplicação de hidrogel no bumbum.

Por André F. C.


Ultimamente estamos vivendo uma revira volta dos alimentos, pois estamos descobrindo o prazer de ter uma vida mais saudável e leve. E antes um dos inimigos para o processo de dietas era o chocolate, pois então agora estudos estão comprovando que o chocolate consumido em quantidade adequada sem muito excesso pode ser bom para a saúde.

As mulheres, em sua grande maioria, vivem uma história de amor pelo chocolate, mas cá para nós quem não gosta de um bom chocolate, seja ele meio amargo, com frutas, variando sempre com a criatividade do fabricante que faz misturas inusitadas com iorgute que o deixa irresistível? Outro fator relevante é que o cacau tem uma susbstância que dá uma sensação de bem estar, saciedade e disposição. Porém, não pode ser consumido de maneira desordeira, precisa ser controlada.

Componentes do cacau: serotonina (hormônio), responsável pela sensação de prazer, e feniletinamina, um antidepressivo natural, por isso que quando comemos um bombom, por exemplo, sentimos tanto prazer e satisfação. Agora como você pode associar esta guloseima à sua dieta, é muito simples seguir três dicas para não sair do peso e saciar a vontade de comer chocolate. Vamos a elas então:

1) Para quem não tem problemas com a balança pode comer em torno de 20 a 30 gramas de chocolate por dia, ou seja, uma barra pequena. Agora se você tem problemas com a balança então deve se conter um pouco mais, comer em torno de 15 gramas de chocolate por dia, e pode também incluir na sua dieta 500 calorias de guloseimas que equivale a uma barra de chocolate de 100 gramas, isso distribuído durante a semana.

2) Escolha o melhor horário para degustar o chocolate, que pode ser como sobremesa, sendo um pequeno pedaço da barra de chocolate, ou como lanche da tarde, acompanhado de uma mistura muito gostosa que pode ser com iorgurte ou frutas, como preferir, pois não pode comer o chocolate sozinho em uma hora de lanche que pode dar vontade de comer mais e mais (com isso a dieta vai para o espaço).  Agora fazendo esta mistura, balanciando entre o iorgurte e as frutas vai dar um sabor a mais e não vai dar vontade de comer mais chocolate. Outra dica: esqueça o chocolate depois das 18h, que pode pôr tudo a perder para sua dieta.

3) Em todas as pesquisas sempre apontam que o chocolate amargo é muito bom, pois concentra a grande parte de fenólicos antioxidades que reforçam a imunidade e protegem o coração e ainda ajudam no humor. A porção recomendada é 30 gramas diárias. 

Portanto, chocolate é muito bom, além de gostoso, porém deve ser consumido com consciência.

Confira as delícias dos espetinhos de fruta envoltos em chocolate da Casa do Zé!

Por Antônia Mendes

Espetinho de frutas com chocolate

Foto: Divulgação


Mesmo você estando cansado de ouvir a frase “você é o que você come”, nunca parou para pensar como pode aproveitar essa deixa para melhorar seu rendimento no trabalho? Muitas vezes a correria do dia a dia não nos permite se alimentar corretamente. No entanto, o momento de uma refeição tem que ser sempre priorizada e respeitada.

Ao longo do dia a nossa alimentação deve ser bem fracionada, com uma refeição a cada três horas, no máximo, pois isso evita a queda de glicose e a falta de energia no nosso organismo. Se não for possível essa regra corretamente, então jamais deixe de fazer muito bem as três maiores refeições do dia: tomar um café da manhã reforçado e mais nutritivo, um almoço com uma alimentação balanceada e leve com muitos nutrientes e um café da tarde ou um lanche reforçado, simplesmente para repor as energias após o expediente do trabalho.

Alimentos ricos em gorduras e açúcares devem ser totalmente evitados, pois são difícil de serem digeridos, e podem causar desconfortos no intestinos e comprometer nossa energia. Mesmo assim, prefira o açúcar natural, como a frutose, e tenha sempre uma fruta perto de você. As frutas contêm açúcares naturais que nosso organismo necessita para a porção diária de açúcar no sangue, por exemplo. Outra dica funcional também é ingerir bastante líquidos durante o dia, pode ser água ou um suco natural, no mínimo dois litros por dia, pois ajuda na hidratação do corpo e na reposição de energias. 

Se a sua intenção é melhorar o desempenho e a concentração no trabalho, prefira alimentos como vegetais, sementes, nozes e grãos, pois eles possuem diversas propriedades que contribuem para renovação das células nervosas do corpo.

Quem está querendo ter mais disposição durante o dia, o bom é substituir a xícara de café por uma xícara de chá verde, pode ser na manhã ou durante o dia, pois ele contém menos cafeína do que o próprio café, e acelera o metabolismo, estimulando o cérebro e as funções do organismo a agirem mais rápido. Cereais integrais como o trigo, o arroz, a aveia e a quinua em flocos, bem como a amêndoas e também frutas como maçã e banana, dão muita energia para o corpo e ajudam a manter o pique durante o dia.

Por Daniela Almeida da Silva


Nos dias de hoje não é incomum encontrarmos parte da população que toma remédios para ansiedade e estresse. Esses fatores precisam ser tratados e caso você não cuide de sua saúde, poderá chegar a um nível de esgotamento mental, o que é um problema sério.

Entretanto, muitas pessoas dizem que isso é frescura, mas não é. Ele precisa de tratamento assim como qualquer outro problema. Em muitos casos o cansaço mental vem seguido de dores no corpo, dores de cabeça e até mesmo problemas gastrointestinais como gastrites e úlceras. Se não for tratado, pode ser agravado.

Um dos fatores que tem dado causa a esse esgotamento é o fato de as pessoas não se preocuparem muito com um período diário de descanso. Andam de lá para cá o dia inteiro, trabalham, fazem compras, vão a academia, entre inúmeras outras tarefas, com isso o corpo vai cansando. O cérebro também precisa de um tempo para relaxar. Ignorar essa necessidade pode acarretar uma série de problemas como vimos anteriormente.

Hodiernamente, uma grande parte da população trabalha em frente ao computador, o que faz com que o cérebro tenha um pensamento rápido, criatividade e empreendedorismo. Com isso, fica muito fácil o indivíduo alcançar o cansaço mental. Um dos responsáveis por preparar o organismo para os enfrentamentos dos desafios do dia a dia e das situações de perigo é o cortisol, um neurotransmissor e a noradrenalina, um responsável pela sensação de motivação e de atenção.

Estudos comprovam que a queda dessas substâncias durante esses longos períodos de trabalho pode gerar a estafa e por consequência, trazer a falta de atenção, dificuldade de memória, perda de concentração, pensamento mais lento, desânimo, alterações no sono e o principal, cansaço – excessivo e crônico. Portanto, se você está com alguns dos sintomas falados anteriormente, é hora de ficar em alerta e não os ignorar para não virar uma bola de neve. 

Por Luciana Viturino


A saúde é algo de grande importância para todos os seres humanos, por isso, se manter saudável é sinônimo de felicidade. Se manter saudável requer alguns sacrifícios como, por exemplo, na sua alimentação, isso mesmo, para evitar ficar acima do peso e ter uma série de problemas que podem levar até mesmo ao falecimento, é necessário manter uma boa alimentação.

Você pode se manter saudável de uma forma bem simples, existem vários tipos de alimentos que podem o ajudar a perder peso, manter as energias para o seu cotidiano, entre outros benefícios sem exigir um grande esforço por parte da pessoa. A chia é um ótimo exemplo de alimento saudável e que pode mudar os seus costumes alimentares para melhor.

Caso você ainda não conheça a chia, saiba que ela é uma semente que tem como origem o México. A mesma foi bastante consumida por civilizações antigas para que as pessoas obtivessem força e resistência física. Hoje, sabemos que a chia oferece vários benefícios que você poderá conferir na continuação deste artigo. Antes disso é bom saber que a chia possui alto teor de ômega 3, contém fibras, cálcio, magnésio, potássio e proteína.

Ação anti-inflamatória: com a grande quantidade de ômega 3, a chia é capaz de combater a inflamação do organismo. Estudos comprovam que a chia em forma de grão ou óleo é capaz de aumentar os níveis plasmáticos de ácidos graxos ômega 3.

Ação antioxidante: a chia dispõe de compostos bioativos que oferecem uma forte ação antioxidante, dessa forma, ela ajuda a combater os radicais livres que causam o envelhecimento precoce e doenças.

Diabetes: esse alimento pode ajudar no controle à diabetes. A chia possui alto teor de fibras, que por sua vez ajuda a melhorar a sensibilidade ao hormônio insulina, assim tornando mais lenta a absorção de açúcares pelo intestino, que consequentemente pode manter o açúcar no sangue controlado.

Emagrecimento: a chia pode lhe ajudar a emagrecer com saúde e ainda sim manter o peso ideal, isso devido à fonte de fibras do alimento, que formam uma espécie de composto gelatinoso no estomago que consequentemente irá tornar a digestão mais lenta e dar uma sensação de saciedade a mais.

Ajuda contra doenças cardiovasculares: uma pesquisa constatou que a chia se consumida de forma correta e inserida na alimentação pode melhorar a sensibilidade à insulina e ajudar na redução da gordura visceral.

Outros benefícios: o grão ainda pode combater a constipação mantendo a saúde intestinal, mantém o controle da pressão arterial, oferece benefícios a saúde cerebral, melhora a resistência física e ajudar na recuperação muscular.

A chia pode ser inserida na alimentação diária por meio de grãos, óleo ou até mesmo através de sua farinha, que também é muito procurada.

Por Bruno Henrique


O café sempre foi uma das bebidas mais consumidas tanto no Velho quanto no Novo Mundo. Muito mais que um simples estimulante, a cafeína tem se tornado parte da vida das pessoas e está presente não só dentro das nossas casas, mas também nas mesas de escritórios de muita gente.

As vantagens da bebida na saúde das pessoas ainda são muito discutidas na medicina. Existem vários estudos que mostram benefícios ao coração e ao cérebro, mas pouquíssimas pesquisas correlacionam a expectativa de vida de quem aprecia a bebida.

Segundo uma pesquisa americana publicada no periódico especializado The New England Journal of Medicine e realizada com mais de 400 mil pessoas durante 14 anos, a taxa de mortalidade daqueles que bebem café e daqueles que não bebem foi comparada, e os resultados foram impressionantes.

A pesquisa concluiu que os homens que tomam entre 4 e 5 xícaras de café têm 12% a menos de chances de morrer. Já a chance de sobrevivência das mulheres subiu 16% tomando a mesma quantia em comparação com aquelas que não bebem café.

Segundo Neal Freedman, a mente por trás da pesquisa, essas estimativas não são uma garantia dos efeitos do café para a sobrevivência, mas já é possível especular sobre seus benefícios na saúde humana, uma vez que a pesquisa demonstrou uma relação inversa entre os efeitos do consumo de café e a morte. O estudo considerou ainda todos os motivos de mortes como infecções, derrames e diabetes.

Por via das dúvidas, acho melhor continuar com as doses diárias de cafeína. Afinal, o que não mata, pode te deixar mais esperto e disposto pela manhã não é verdade?

Por Ebenézer de P. Carvalho


Uma grande maioria da população mundial sofre com um certo problema de saúde: a Obesidade; que pode levar o individuo à morte, se não for tratado e ainda é a responsável por grandes gastos na área da saúde.

Mas se você quer perder peso e ficar fora destas estatísticas, siga as dicas:

Primeiramente, aprenda a comer, tire um tempo para se alimentar e coma mastigando bem os alimenstos, para que assim, o cérebro receba a informação de saciedade; leve pelo menos vinte minutos para comer as grandes refeições.

Não retire nenhum tipo de alimento do seu cardápio, como os carboidratos, pois o corpo necessita de todos os grupos alimentares para ficar nutrido. O correto é optar pela reeducação alimentar.

Tome um bom café da manhã, pois quanto mais tempo o corpo fica sem alimentos, mais ele reservará gordura para esperar a próxima refeição e como você já passou a noite toda digerir qualquer alimento, procure comer bem.

Outra dica importante é comer várias vezes ao dia, coma pelo menos a cada três horas e não se alimente em frente à televisão, falando ao telefone ou em frente ao computador.

Seja bastante seletivo no que vai comer e não divida a refeição, comendo a salada depois o resto da comida por exemplo, pois assim você corre o risco de comer mais do que deve, e ainda não perceber a sensação de saciedade.

Se, ao contrário, colocar a salada junto com os outros alimentos, você pode ter a ideia de que o prato está cheio, e dessa forma, comerá bem menos.

Outra dica que vale ouro, é a prática diária de exercícios.

Começar com uma leve caminhada todos os dias, é um ótimo ponto de partida.
 

Por Russel


Você já usou óleo de canola na sua dieta de hoje? 

Se a resposta for sim, parabéns. Você pode estar dando um passo gigante rumo a uma vida mais saudável e livre de câncer, pelo menos é o que diz a revista especializada Cancer Prevention Research, que realizou um estudo mostrando que duas formas da Vitamina E podem ter propriedades anti-cancerígenas.

Segundo a pesquisa, os chamados gama-tocoferóis e delta-tocoferóis, ambos encontrados em óleos vegetais como o óleo de soja, óleo de canola e em alimentos como o milho e seus derivados são muito bons no combate e prevenção do câncer. 

Mas atenção, não são todas as formas da Vitamina E que são benéficas! Segundo o Dr. Chung S. Yang, diretor do Centro de Pesquisas para a Prevenção do Câncer em Rutgers, Nova Jersey, uma das formas da Vitamina E conhecida como alfa-tocoferol não possui o mesmo benefício, podendo ter o efeito exatamente contrário e causar câncer de próstata.

O Dr. Yang alerta ainda que não há motivos para a preocupação, visto que essas moléculas potencialmente cancerígenas são mais encontradas em suplementos de Vitamina E e não possuem qualquer relação com as outras duas formas já citadas.

Por Ebenezer Carvalho


O azeite é um dos alimentos mais antigos e mais importantes no cardápio do homem e ele é rico em ácidos monoinsaturados, vitamina E e os famosos antioxidantes, prevenindo o corpo de ter vários tipos de doenças como problemas cardiovasculares, envelhecimento precoce, além de lubrificar o intestino e ainda poderá combater o câncer.

O azeite pode ajudar a manter o peso ideal, visto que ele evita a formação de gordura, principalmente na região da barriga, sendo que é necessário ingerir uma porção mínima do alimento, mas sem exagero, pois ele é muito calórico. Preferencialmente, usa-se para esse fim o azeite comum, pois os compostos são ricos em gorduras saturadas devido à presença de outros óleos em sua composição. O azeite não refinado ou virgem também é melhor do que os outros tipos, tendo mais componentes antioxidantes do que os de outras qualidades.

O azeite deve ser consumido sem ser aquecido, pois numa temperatura acima de 175ºC ele perde suas propriedades e torna-se uma substância tóxica ao organismo, mas é melhor consumi-lo do que o óleo de soja comum porque tem grande quantidade de gordura monoinssaturada. Até mesmo o óleo de dendê não é tão benéfico ao organismo quanto o azeite que deve ter pouca idade, sendo o contrário do vinho e também deve ser guardado longe do calor e em recipiente fosco para não ter contato com a luz e calor.

Além de ser um ótimo alimento, com sabor inigualável ele estimula o cérebro, devido aos seus componentes antioxidantes, e regula o colesterol também devido a estes componentes, sendo até mesmo um ótimo anti-inflamatório.

Você tem bons motivos para ter o azeite sempre presente no seu dia a dia.

Por Russel


Fazer exercício físico é essencial para quem deseja ter uma vida longa e saudável. Corridas diárias, caminhadas, malhação, peladas de futebol e outros tipos de atividades físicas são sempre bem-vindas, mas nenhuma delas é tão eficiente quanto a natação.

A Natação é considerada um exercício físico completo. Desde a antiguidade, na era grega, o ato de nadar era considerado fundamental para qualquer bom guerreiro, em dias atuais, natação é considerada o esporte mais completo. Nadar não prejudica a função motora do corpo, nem nenhum ligamento, e ainda traz diversos benefícios.

Alguns dos benefícios proporcionados pela natação são: melhora na capacidade de respiração e oxigenação do corpo, aumento da resistência muscular, ajuda na queda do colesterol ruim presente no organismo, auxilia no controle da pressão arterial, melhora a qualidade do sono e alivia o estresse.

Praticar o nado é importante para todas as faixas etárias, ela auxilia no desenvolvimento corporal da criança e é o melhor tipo de exercícios para os idosos.

Por Rodolpho Medeiros


Um péssimo hábito alimentar do ser humano é a ingestão exagerada de gorduras hidrogenadas. Presente em diversos alimentos industrializados, esta gordura artificial é um grande mal para a saúde. A gordura hidrogenada não é encontrada na natureza. Ela é uma alteração industrial de outro tipo de gordura, tornando-se depois do processo de transformação, na famosa gordura trans.

Gorduras Trans podem prejudicar o organismo de diversas maneiras. O problema mais conhecido é a formação de colesterol ruim em nosso corpo. Este colesterol fica retido nas artérias, impedindo o fluxo de sangue para o organismo, causando falência dos órgãos por falta de oxigenação. Outro problema gerado pela gordura Trans, é que ela impede as células de nosso corpo de interagirem com o hormônio insulina, fenômeno que pode causar severas enxaquecas, depressão e ansiedade.

Estes são alguns alimentos que contém gordura trans: Biscoitos (principalmente os recheados); batata-frita; salgadinhos;  tortas e bolos prontos e semi-prontos; bolos confeitados; sorvetes; alguns tipos de margarinas, etc.

Para uma melhor saúde, é importante eliminar da refeição as gorduras hidrogenadas, que não trazem nenhum benefício ao nosso organismo.

Por Rodolpho Medeiros


Foi-se o tempo em que comer banana era coisa de “pobre”. Foi-se o tempo também em que, se algum produto custasse barato, seu valor seria qualificado como “preço de banana”. Tanto o mercado quanto os consumidores já sentem a diferença no preço da fruta, que anda mais caro. Além disso, cada vez mais a ciência tem nos conscientizado sobre os benefícios que ela proporciona para a saúde.

O fato é que, hoje em dia, comer a fruta mais conhecida do Brasil é sinônimo de ter reduzido em torno de 21% as chances de sofrer de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), popularmente chamado de “derrame cerebral”. Essa redução é eficaz se ingerirmos diariamente 1.6 miligramas de potássio, de acordo com o jornal Britâncio Daily Mail, a partir de uma pesquisa realizada por cientistas da Inglaterra e da Itália.

Os pesquisadores salientam ainda que a hipertensão também é um fator de risco para o AVC e que o potássio pode ajudar a diminuir a pressão arterial. Porém, quando em baixas quantidades, pode provocar algumas complicações.

Para o Journal of American College of Cardiology, a ingestão de fontes de potássio e a diminuição do sal diminuirão em mais de um milhão as mortes por ano no mundo, devido ao AVC.

Boa notícia para os brasileiros. Afinal, somos um dos países que mais consome a fruta!

Por Alberto Vicente


Quem já não ouviu a expressão: “toma um chá que passa!”. Realmente alguns chás fazem efeitos milagrosos para o nosso organismo.

O chá (como apresenta em sua base água e erva) hidrata, acaba com o inchaço e alguns tipos tiram até a fome.

Segue uma relação de chás que podem ajudar em algumas dietas: carqueja, erva-doce, jurubeba, cavalinha, bugre, abacateiro, boldo, cáscara-sagrada, hortelã, menta, chá branco e o verde.

O chá branco é muito bom para eliminar gordura, pois desintoxica, desincha e acelera o metabolismo.

Segundo uma pesquisa feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a grande maioria da população usa chás para tratar de doenças, porém o uso em excesso pode acabar prejudicando a saúde. Dessa forma nunca substitua a ingestão de água, nem alguma refeição, por chás.

As gestantes devem sempre procurar um médico antes de tomar qualquer tipo de chá, como por exemplo, o boldo não é adequado para as grávidas.

Por Viviane Lima


O excesso de sal na alimentação pode provocar aumento da pressão alta e causar danos aos rins. Sempre que possível, tente consumí-lo em menor proporção, e evite ao máximo, alimentos industrializados, uma vez que, a maioria destes contém bastante sódio.

Procure migrar para os alimentos naturais, e faça mais uso de condimentos como pimenta, salsinha, alho, cebola etc. Saiba que o alho é indicado para controlar a pressão e colesterol altos;  a cebola protege-nos de certas espécies de micro-organismos; e ambos são auxiliares no combate a doenças graves como o câncer.

A pimenta, por sua vez, ajuda na prevenção do envelhecimento celular e dá uma “turbinada” no metabolismo. Sendo indicada para dietas de emagrecimento. Não se esqueça da salsinha, que além de enfeitar as refeições, ataca doenças cardíacas e renais. Enfim, a lista de condimentos do “bem” é longa, então não deixe de explorá-los e se informar sobre os seus benefícios.

Por Gilvani de Oliveira


Estamos no outono e a temperatura começa a abaixar. E não há nada melhor que uma sopa para nos aquecer, além de nutrir sem engordar. À noite, o nosso organismo diminui o ritmo das suas funções, queimando menos calorias. Portanto, ele não precisa de tanta energia. Apenas um prato de sopa o mantém alimentado, pronto para relaxar. E quando a sopa "cai" quente no estômago, transmite ao cérebro uma sensação de saciedade.

No entanto, a sopa não deve ser muito incrementada, evite comê-la com torrada, pão, queijo ralado e outros ingredientes calóricos. Use especiarias para dar gosto à sopa pois algumas delas ajudam a perder peso como o orégano, a canela e a pimenta. Misture sempre uma proteína magra como o frango, carboidrato como o arroz ou o macarrão integral e fibras, como o agrião.

Além de proporcionar todos os nutrientes necessários, a sopa contém bastante água, deixando seu corpo hidratado mesmo no frio (quando consumimos menos líquido). Se você não tem tempo para preparar sopas diferentes, faça uma porção grande e deixe congelada. Quando tiver tempo novamente, faça de outro sabor e assim por diante. No final, você terá um sabor para cada dia da semana. O método é infalível e gostoso!

Por Flávia Yoshitani


Já está comprovado que para se viver  bem é preciso ter saúde. Alguns cuidados são fundamentais, como: comer alimentos indicados como proteínas, vitaminas, e carboidratos nas porções certas, beber muito líquido, e praticar muitas atividades.

Mas mesmo tomando muitos cuidados há pessoas que sofrem de alguma doença, com a diabete que deve ser controlada e regulada com alguns cuidados.

É muito importante ter uma dieta sem pular nenhuma refeição, não exagerando na alimentação. Deve-se comer muita fibra, grãos, verduras e legumes diariamente, e evitar o consumo  de gorduras, álcool e açucares.

O tratamento depende do estágio da doença, podendo ser tratado a base do regime utilizando produtos light e diet. E em casos mais avançados é tratado com a insulina injetada no organismo.

Está comprovado que mesmo quem tem uma doença sem cura como a diabete pode ter uma vida feliz, apenas é preciso querer!

Por Anna Rosa Solak


Um adulto deve beber 2 litros de água por dia, em média. Acha muito ou no corre-corre do dia a dia não sobra tempo para isso? Pense melhor então, e procure intercalar alguns bons goles de água durante o dia, para que seu organismo mantenha-se sempre equilibrado e consiga combater melhor as doenças. Além de evitar problemas nos rins, uma boa hidratação mantém a pele saudável e com bom aspecto.

As frutas e sucos também são uma ótima alternativa para complementar a ingestão necessária desse líquido tão precioso. A água auxilia também na diminuição do apetite, o que acarreta comer menos, e assim,  perder mais massa de gordura.

Dentre as diversas vantagens ao organismo de uma ingestão adequada de água, estão:  diminuição de sódio e, consequentemente, da celulite e um controle melhor da pressão alta, eliminação das toxinas e um melhor trânsito intestinal.

Então, aprecie bons e generosos goles de água sem moderação, e viva melhor!

Por Gilvani de Oliveira

Fonte: Minha Vida


Diferente daquilo que diz a crendice popular, um estudo israelense diz que café faz bem à saúde. Segundo pesquisadores do Sheba Medical Center, três xícaras de café por dia protegem o sistema circulatório e previne o infarto.

Médicos do Instituto do Coração de Sheba liderados pelo professor Michael Shechter realizaram o estudo com 40 adultos saudáveis e outros 40 cardíacos. Todos ingeriram uma pílula de cafeína equivalente as três xícaras de café e, exames feitos após o teste mostraram que houve melhora no funcionamento do endotélio, redução da proteína C-reativa, fator que dá a possibilidade de acontecer ataques cardíacos e acidente vascular cerebral (AVC) e aumento da adiponectina, proteína que previne tais problemas.

A cafeína fez bem aos dois tipos de pacientes. Mesmo sem ter ao certo quais são as consequências do consumo da cafeína em longo prazo, o efeito por um pequeno período é positivo. Estudos para uso em longos períodos já estão nos planos dos pesquisadores.

Por Danielle Vieira


A chegada da Páscoa é aguardada imensamente por crianças e adultos em virtude da troca de ovos e bombons de chocolate. Algumas pessoas, diferentemente, preferem utilizar a data para meditar um pouco mais sobre a figura de Jesus Cristo.

O comércio varejista deve apresentar volume de vendas mais elevado neste ano em relação aos dados apurados em 2011. Algumas redes esperam crescimento de 10% e sem saber, podem contribuir diretamente com a saúde das mulheres. Isto porque o cacau, base do chocolate, possui açúcar, que incita o organismo a produzir serotonina, neurotransmissor responsável por conferir bem-estar, prazer, suavizar tensão e melhorar o humor, ideal para os períodos mais temidos pela ala feminina: Tensão Pré-Menstrual, ou TPM.

O tipo de chocolate mais indicado é o preto ou amargo por estes trazerem, em bons índices, o cobre, substância conhecida por combater doenças cardiovasculares. Apesar dos benefícios transcritos anteriormente e alguns outros, o consumo do quitute deve ser tênue por ele apresentar grande quantidade de gordura. A recomendação é de 50 gramas por dia.

Portanto, aproveite essas dicas e as espalhe. Mulher, homem, criança e adulto devem aproveitar os bens trazidos pelo cacau de maneira consciente, não apenas na Páscoa, mas também nos demais dias do ano.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Não é comum achar pessoas que colocam como bebida preferida o suco de beterraba. Porém, são muitos os benefícios que o líquido pode ofertar para o nosso organismo. Alguns deles são a redução do risco de desenvolver doenças cardíacas e AVC, e também promove um aumento em nossa imunidade.

Agora mais uma notícia boa para quem consome o suco: segundo um estudo realizado nos Estados Unidos pela Universidade de Wake Forest, a ingestão da bebida pode acarretar em um aumento do fluxo sanguíneo para o nosso cérebro. Esse fato pode ajudar aos pesquisadores quando se trata de retardar o processo da demência.

Isso se deve ao elevado grau de concentração de nitratos encontrados na beterraba. Os pesquisadores afirmaram que no ato da ingestão do nitrato, no momento em que está na boca, acaba por virar em nitrito, estes podem auxiliar na abertura dos vasos sanguíneos, ocasionando o crescimento do fluxo de oxigênio e sangue para alguns lugares do organismo que podem estar em falta.

A pesquisa, para averiguação de tal fato, foi feita com 14 idosos, todos na faixa etária dos 70 anos. Alguns foram expostos a dietas ricas em nitrato por alguns dias, o que incluía o suco de beterraba. Apos a ingestão eles passavam por uma ressonância magnética, que ao final dos testes comprovava que os voluntários apontavam uma elevação no seu fluxo sanguíneo.

Beber o suco de beterraba pode não ser sua preferencia diária, mas pode ajudar muito na sua saúde.

Por Oscar Ariel


Uma boa dica para os adolescentes que pretendem ter menor risco de contrair derrames e doenças cardíacas na fase adulta, é reduzir 3 gramas da ingestão de sal nas refeições por dia. Quem aponta este fato é um estudo americano realizado pela Universidade da Califórnia, mais precisamente pela pesquisadora Kirsten Bibbins-Domingo. A redução em tais problemas de saúde chega a ficar entre 30% até 40%.

Existem também outros benefícios que os adolescentes podem apresentar com a diminuição do sal. Quando estão perto da faixa etária dos 50 anos, estas pessoas reduzem de 8% até 15% as chances de apresentarem ataques cardíacos, de 7% até 12% menos chances de desenvolverem doenças coronarianas, além de uma diminuição de 5% até 8% nos casos de derrames. Segundo informações, meninos e meninas nos Estados Unidos chegam a consumir cerca 3,8 gramas de sal ao dia, sendo que o ideal é 1,5 gramas.

A dica é, além de cuidar do sal que você coloca nos alimentos durante as refeições, observar a quantidade já existente nestes. Pois, segundo especialistas, as maiores quantidades de sal que ingerimos são de alimentos que já apresentam alto teor de sódio. Por isso, verifique sempre a quantidade de sódio na tabela nutricional dos alimentos antes de consumi-lo.

Por Oscar Ariel


Você sabia que o consumo diário de uma determinada quantidade de cerveja pode fazer bem para saúde? Essa constatação foi feita por um estudo realizado na Universidade de Barcelona.

Segundo os especialistas, a cerveja contém em sua substância o ácido fólico, ferro, vitaminas e cálcio, que permitem a proteção do nosso sistema cardiovascular.

A pesquisa recomenda o consumo diário de 2 pequenos copos para as mulheres e de até 3 copos para os homens. Mas atenção!  O consumo  deve estar associado à prática regular de exercícios físicos e a uma dieta saudável. Do contrário, ela passa a ser prejudicial à saúde, além de causar a famosa barriguinha de cerveja e a cinturinha tamanho GG.

Os nutricionistas revelam que a circunferência abdominal maior que 88 centímetros nas mulheres e maior que 102 nos homens, aumenta bastante a possibilidade de doenças do coração.


Para viver bem é preciso comer bem e principalmente praticar exercícios.

Cada um deve praticar a quantidade que seu corpo aguentar, logicamente é preciso ter um preparo físico muito bom, com acompanhamento médico. Mas uma coisa é garantida, para toda pessoa há um tipo de atividade física, ou seja, cada um tem a opção de se identificar com algum esporte ou atividade.

O que importa é estar sempre em dia com suas atividades. Médicos recomendam, por exemplo, uma caminhada por dia, ou uma corrida leve.

Atividade física deve ser uma rotina para todas as pessoas, desde crianças até idosos.

Além dos exercícios não podemos esquecer da alimentação, que deve ser bem regulada com muito líquido, proteínas, vitaminas, carboidratos, fibras, etc.

Cuidando da nossa alimentação e do nosso físico, teremos uma vida longa e saudável garantida, sem preocupações. Só é preciso viver e aproveitar cada segundo do nosso dia da maneira mais saudável possível.

Por Anna Rosa Solak


Você sabia que beber álcool pode fazer bem para a sua saúde? Mas calma. Tudo com muita moderação. Esta constatação foi feita por uma pesquisa realizada pela Universidade de Calgary. O apontamento da conta que as pessoas que tomam uma dose de alguma bebida por dia, podem ter uma redução entre 14% até 25% no risco de desenvolverem problemas do coração.

Como abordado no início do texto, tem de haver uma moderação, para homens o nível diário de álcool deve ficar até 30g e para mulheres o nível é de 15g ao dia. De acordo com os pesquisadores, esse fato ocasiona uma elevação do bom colesterol em nosso organismo.

Como podemos ver o consumo moderado ajuda em alguns aspectos, mas o excesso, como em tudo na vida, pode ocasionar sérios problemas, como a hipertensão arterial. Ao longo dos tempos podemos encontrar uma gama de pesquisas sobre o consumo do álcool relacionado com as doenças cardíacas. São mais de 80 os estudos que relacionam o fato.

Conforme informado no site da BBC News, não existe um tipo de bebida em questão que reduza os riscos de doenças, o benefício é encontrado no álcool em si. 

Por Oscar Ariel


Caso você tenha problemas como pressão arterial e colesterol alto, tome cuidado. Mas não estamos falando somente de problemas do coração que por ventura podem acontecer. E sim, que a partir da faixa etária dos 50 anos, a memória pode ficar debilitada, caso esses problemas estejam em nosso organismo.

Quem aponta tal afirmação é a pesquisadora Sara Kaffashian. Ela, por meio do Instituto Nacional Francês de Saúde e Investigação Médica da cidade de Paris, efetuou a pesquisa que conferiu a análise de mais de 3 mil homens e 1.341 mulheres.

A média de idade destes foi de 55 anos e eles foram acometidos em três testes cognitivos em 10 anos de pesquisa. Todos os voluntários também receberam a pontuação Framingham, que verifica o risco da pessoa sofrer problemas cardíacos, como AVC e ataques. Com isso ficou verificado que aquelas pessoas que apresentavam problemas referentes à saúde cardiovascular tiveram um pior desempenho quando ao realizar testes de habilidade e memória.

As informações são do site My Health News Daily.

Por Oscar Ariel 


Que a água é uma bebida barata, sem calorias, essencial para beleza do corpo e para um regular funcionamento do nosso organismo, todo mundo sabe. O que a maioria das pessoas não sabe é a quantidade de água que deve ser ingerida diariamente. Afinal, mesmo ela sendo tão eficiente, o seu excesso pode vir a ser prejudicial à saúde.

A água possui inúmeros benefícios para o nosso corpo, como o auxílio na filtração dos rins, a eliminação das toxinas da alimentação, além de contribuir também para hidratação da pele, intestino e cabelo.

Os especialistas revelam que, as pessoas que consomem constantemente alimentos com boas fontes de água, como verduras, legumes e frutas, não precisam ingerir tanto a bebida. Já aquelas que comem muito sal, vão precisar bastante do líquido durante o dia.

O que acontece é que o excesso de água em nosso organismo pode causar uma espécie de confusão mental e com isso uma hiponatremia, que vem a ser uma diminuição da quantidade de sódio no sangue. Para que o excesso do líquido não cause uma sobrecarga renal ou um edema cerebral, o ideal seria a pessoa consumir, em média, 7 litros de água por dia.

Por Thais Cortez


Se você já fez diversos tipos de dietas e nenhuma funcionou porque você enjoou dos alimentos sempre iguais, tente a dieta do suco que, além de divertida por causa da mistura das cores, é muito saudável e nutritiva, principalmente no calor, quando perdemos muito líquido. Beba um copo do suco antes das refeições.

Você vai precisar de maçã, beterraba, cenoura e algas secas. A maçã e a cenoura ajudam na digestão, enquanto a beterraba faz o sangue circular e as algas inibem a fome. Para fazer esse delicioso suco, use um punhado de algas secas, uma beterraba, meia maçã e quatro cenouras. 

Todos os ingredientes devem ser centrifugados, com exceção das algas, que devem ser misturadas ao restante no liquidificador. Depois, é só beber e se refrescar! No entanto, mantenha uma alimentação balanceada, com verduras, legumes, proteínas e grãos, além de muito exercício físico.

Por Flávia Yoshitani


O mundo da moda apresenta inúmeros aspectos passíveis de consideração. O principal deles talvez não esteja relacionado às roupas em si, mas às exigências corporais de cada modelo, mulher ou homem. O sexo feminino, especialmente, se vale de inúmeras técnicas para obter a tão sonhada magreza caso ainda não tenha sido alcançada.

As revistas relacionadas diretamente ao assunto, com fórmulas mágicas de dietas milagrosas, aguçam o âmago. Embora sejam relatados pela imprensa, audiovisual ou escrita, os inibidores de apetite, uma das técnicas utilizadas, podem gerar problemas mais sérios do que se imagina.

Dificilmente de ser diagnosticada com antecedência, a Hipertensão Arterial Pulmonar, ou HAP, estaciona e causa males no corpo das pessoas. Segundo Cyanna Ravetti, cardiologista pediátrica, alguns agentes de ação de medicamentos para esse fim podem diminuir veias e artérias do coração, ocasionando remodelamento dos vasos pulmonares.

O regime em si não leva ao desenvolvimento da HAP como os inibidores do apetite o fazem. Estudos de mais de uma década ressaltam que a utilização por mais de um trimestre desses medicamentos podem levar à doença.

O ideal para as pessoas que querem recorrer à dieta sem riscos é a consulta com um especialista. Por não existir cura para essa doença, um medicamento denominado Reviatio, é utilizado para melhorar e aumentar a qualidade de vida da pessoa com HAP.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Maxpress


Uma reportagem publicada pelo USA Today alerta para o fato de que carne vermelha em excesso, de fato,  faz muito mal à saúde. Segundo a reportagem, o governo britânico recomenda que a população reduza o consumo de “bifes, hambúrgueres, salsichas e outras carnes vermelhas”. 

Os riscos de ocorrência de cânceres graves como os de intestino, mama, bexiga, estômago e pâncreas são grandes para quem faz uso mais do que frequente dessas iguarias. Segundo Ed Yong, chefe de informação em saúde do Centro de Pesquisa do Câncer da Grã-Bretanha, “isso não significa que as pessoas têm de se tornar vegetarianas", mas é preciso não fazer da ingestão de carne vermelha um hábito diário.

A dica dos especialistas é que não comamos por dia mais do que 5010 gramas de carne vermelha e que devemos dar preferência às carnes não processadas e às carnes não assadas em altas temperaturas, como o churrasco.

Por Alberto Vicente

Fontes: USA TodayPlaneta Sustentável


Inúmeros são os fatores que podem desencadear o estresse. Mas o principal deles, que afeta milhares de brasileiros, é a sobrecarga no ambiente de trabalho. Cansaço psicológico e físico ou dificuldade para dormir, descontentamentos com algumas questões do dia-a-dia, desempenho insatisfatório no trabalho, agitação, dores no peito, palpitações, gripe e até gastrite, são sinais claros de um quadro de estresse.

Para resolver o problema, os especialistas recomendam sair da rotina fazendo outras atividades, praticar exercícios físicos, ter uma alimentação rica em proteínas e carboidratos e consumir pouca gordura.

Doces e frituras também devem ser evitados. Porém, é sempre bom procurar um médico especialista, como o psiquiatra ou psicólogo, pois ele poderá fazer um acompanhamento mais detalhado e indicar o procedimento adequado, de acordo com o caso específico.

Por Thais Cortez


O verão este ano está sendo marcado pelo calor fortíssimo e, uma das coisas que acabam sendo prejudicadas nessas horas é a alimentação, principalmente para quem trabalha e precisa enfrentar um sol muito forte para ir e voltar da hora do almoço.

Para estas pessoas, e para todos que se preocupam com uma boa alimentação, uma ótima alternativa é adotar a gelatina como sobremesa que, além de refrescante, proporciona grandes benefícios à saúde.

Rica em colágeno, a gelatina é responsável pela manutenção dos ossos, regeneração das articulações e hidratação da pele e intestino. Ela também fortalece as unhas, os cabelos e desacelera o processo de flacidez natural, sendo responsável pelo rejuvenescimento da pele.

A gelatina é leve e, por sua hidratação, repara e prepara o organismo para mais uma jornada de trabalho e ajuda a enfrentar o calor do dia-a-dia.

Se preferir explorar esta delícia em casa, confira aqui algumas receitas deliciosas.

Por Mariana S. Gomes


Saúde é um assunto muito discutido nos dias de hoje, mas sem uma significado único. Cada um tem uma definição para viver bem, mas sabemos a verdadeira receita para uma vida saudável, pois ela esta dentro de cada um.

Basta apenas fazer o que te faz feliz seguindo algumas recomendações como  não esquecer dos carboidratos, proteínas, vitaminas, fibras, enfim os alimentos básicos presentes no nosso dia a dia.

Mas para quem quer ter uma alimentação mais correta, ou por ter algum problema de saúde, deve procurar ajuda de um nutricionista, assim as chances de conseguir uma saúde equilibrada serão garantidas.

Mas não é só de alimentos que vivemos, praticar esportes, ler, divertir-se, ter amigos, estar ao lado de quem ama, é assim que somos felizes e vivemos bem.

Não há idade para ser saudável ou para se preocupar com sua saúde, só é preciso querer!

Por Anna Rosa Solak


Não é incomum que muitos brasileiros tenham o hábito de colocar em suas refeições os famosos ovos fritos. Porém, se você tem um alto teor de colesterol, e achava que consumir estas gostosuras era totalmente desaconselhável, aqui vai uma boa notícia. Segundo um estudo americano, os ovos de hoje em dia estão mais saudáveis do que os de uma década atrás.

A pesquisa foi realizada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. A análise foi feita em termos comparativos. Foram coletados dados que provaram que um ovo de galinha doméstica de 2011, se comparados com os ovos das aves do ano de 2002, tem 64% a mais de vitamina D e 14% a menos de colesterol. Isso pode ter ocorrido devido à melhoria na alimentação que as aves vêm recebendo nesses últimos tempos pelos seus produtores.

Apesar disso, não se afobe e pense que pode comer qualquer quantidade de ovos por dia. Os dados ainda apontam que atualmente um ovo de tamanho grande tem cerca de 185 mg de colesterol, sendo que a o corpo humano pode ter por dia é de 300mg. Um ovo ainda é a metade desse total. Portanto, ainda tome muito cuidado com sua alimentação.

Por Oscar Ariel


A revista Health Magazine, é composta por editores especialistas na área de nutrição e em uma das suas edições fez a seguinte constatação: a ingestão de carboidratos, pode ser a melhor maneira para perder peso e permanecer magro.

A descoberta foi revelada no livro Carb Lovers Diet, que mostra como determinados alimentos ricos em carboidratos, especialmente aqueles compostos pelo surpreendente ingrediente natural chamado amido resistente, que agem como poderosos aceleradores de metabolismo e inibidores de apetite.

 Ao invés de aumentar a gordura e causar inchaço, como há décadas os gurus das proteínas alegaram, os carboidratos podem torná-lo magro. 

Eles encolhem as células de gordura, especialmente da barriga; aumentam a queima de gordura, aumentam da massa muscular; provocam mais sensação de saciedade do que outros alimentos e ainda promovem o controle de açúcares no colesterol e triglicérides no sangue.

Só não vale, depois de ler, pedir uma pizza de quatro queijos com bacon!

Por Gy Camargo


Se você é o tipo de aluno que, em casa, estuda sentado na cama ou no chão, é hora de rever suas posições! Tal hábito pode comprometer seriamente sua coluna.  O alerta é do neurocirurgião Eduardo Puppi Moro. Segundo ele, a má postura, em longo prazo, pode levar à degeneração da espinha dorsal.

Ele sugere, como adaptação às estas posições tão comuns aos estudantes em seus lares, sentar-se na cama com um bom apoio e posição da coluna reta, mantendo os livros uma boa altura dos olhos. Mesmo no chão, é aconselhável que se tenha um suporte para os materiais de estudos.

O oftalmologista Marco Canto orienta, ainda, sobre a posição dos olhos enquanto se estuda.  Eles devem estar sutilmente inclinados para baixo, ou seja, seu material deve estar um pouquinho abaixo da cabeça.

Por Amanda Pieranti


O hit baiano de MC Pelé, “Beija, beija, tá calor, tá calor”, em tempos de pré-carnaval e durante a folia, está na boca do povo! O que os foliões não se dão conta é que o beijo simplesmente contém,  nada mais, nada menos que 2 bilhões de bactérias!  

A mononucleose infecciosa, transmitida pelo vírus Epstein-Barr, não se tornou conhecida como doença do beijo à toa! Basta apenas um beijinho de língua que seja, para a pessoa se contaminar pelo vírus se a saliva do outro contiver o tal do Epstein-Barr.

Os sintomas da doença são: mal-estar físico, febre, dores de garganta e cabeça, ínguas, gânglios e inflamação do fígado.

Mas não é só a mononucleose que se pega através do beijo. Pega-se também hepatite, sífilis,  tuberculose e outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Segundo o médico Cícero Lascala, é primordial ter cuidado bucal diariamente,  com escovação e uso do fio dental, para evitar a transmissão não só dos males já mencionados como a transmissão da cárie, também causada pela troca de saliva.

E em tempos de carnaval, outro alerta: faça sexo oral com preservativos, pois as DSTs (gonorréia, sífilis e Aids) aumentam após o período momesco.

Por Amanda Pieranti


Depois que o jogador Ronaldo, o fenômeno, anunciou sua aposentadoria, alegando como uma das causas o hipotireoidismo, muitos querem saber o que é a doença.

Sendo assim, esse post resumido poderá dar uma pequena noção do assunto.

Hipotireoidismo é uma doença que tem como uma das conseqüências o metabolismo lento e, dessa forma, a retenção hídrica (acúmulo de líquido no organismo, o popular inchaço).

Hábitos alimentares não saudáveis e excesso na ingestão de alimentos podem vir a piorar o quadro.

Deve-se procurar tratamento médico.

Se após o tratamento médico contra o hipotireoidismo, o paciente não voltar ao peso anterior, o excesso poderá ser considerado mau hábito alimentar.

Constatados os maus hábitos alimentares e sedentarismo, um regime e atividades físicas deverão ser adotados.

Por Gy Camargo.


As bebidas energéticas são comuns entre estudantes universitários, crianças e são parte da lista de compras e consumo, em muitos lares americanos

Um novo relatório, publicado pela revista Pediatrics, sugere que as bebidas energéticas podem ser perigosas para a saúde das crianças

Segundo o relatório, os riscos de saúde podem ser especialmente preocupantes para as crianças com condições tais como TDAH, diabetes ou doenças cardíacas.

Dr. Steven Lipshultz, presidente do departamento de pediatria da Universidade de Miami, se preocupa com o fato de que as bebidas energéticas, que são classificados como suplementos alimentares, não estão regulamentadas pela Food and Drug Administration (FDA).

Isso significa que elas não têm que seguir os limites estritos que o FDA impõem e são compostas por ingredientes potencialmente perigosos, tais como a cafeína (um dos principais componentes das bebidas energéticas).

Lipshultz tornou-se pessoalmente interessado no assunto, quando as crianças começaram a chegar ao hospital depois de ficarem doentes após consumirem bebidas energéticas. 

"Como eu comecei a pesquisar, fiquei muito surpreso com o que eu encontrei", diz ele.

Por Gy Camargo


Para os baixinhos crescerem saudáveis é indispensável uma boa alimentação. Mas o que fazer se seu filho come pouco, só gosta de bobagens ou escolhe demais? Segundo a nutricionista Bruna Camargo, da Materna Escola Infantil, a alimentação adequada é a que reúne todos os ingredientes necessários para o desenvolvimento da criança. Confira as dicas da profissional de saúde:

Ofereça porções de comida próprias, levando em conta o tamanho o estômago da criança;

Varie os alimentos. Comer a mesma coisa todo dia não dá!

Incremente o prato com alimentos de cores variadas.

Evite que seu filho belisque entre as refeições.

Mantenha legumes e verduras em todas as refeições.

Caso a criança não aceite a refeição, não a obrigue comer para que ela não fique traumatizada.

Por Amanda Pieranti


A indústria da moda e da mídia impõe que todos devem ser magros e esbeltos. No entanto, a indústria alimentícia vende comidas cada vez mais calóricas e artificiais. Por isso, é difícil manter-se sem gorduras atualmente. Isso faz com que as pessoas, principalmente as mulheres e jovens, passem a seguir dietas absurdas e até perigosas e o pior, sem efeitos.

Há a dieta do “Só”, na qual se pode ingerir apenas um tipo de alimento por dia. Há as dietas usadas por estrelas hollywoodianas, como a do cookie – comendo de 4 a 7 cookies por dia -, a do vinagre – bebem vinagre antes do almoço e do jantar – e a do ar –  injetam oxigênio nos alimentos.

Por outro lado, adolescentes apelam para dietas perigosas para a saúde, como o chá de pilha, que é altamente tóxico, ou comem algodão, podendo levar a morte.

Procure sempre um nutricionista para elaborar dietas saudáveis e orientá-lo sobre a forma mais correta de se alimentar, conforme o seu tipo físico. A sua saúde agradece!

Por Flávia Yoshitani


O alto índice de gordura em alimentos e especificamente em carnes em geral  tem sido algo assustador. Vemos constantemente pessoas com problemas cardíacos devido ao consumo de gorduras ao longo da vida; são milhares de pessoas que morrem por dia no Brasil por causa de problemas no coração e nas artérias.

A boa alimentação é aquela que não é feita de exageros, principalmente com alimentos tão gordurosos como frituras, massas e alimentos de procedência desconhecida. Então procure reduzir o consumo de carnes gordurosas como picanha, cupim, contra filé, costela;  prefira as magras como alcatra, patinho, lagarto, coxão mole, entre outras.

O problema é que muitas pessoas que não dão a devida atenção a esses cuidados podem ser no futuro uma vítima de seus exageros. A má alimentação gera problemas sérios como câncer no estômago e as maiores vítimas são pessoas entre 30 e 50 anos de idade. Então para ter uma vida saudável basta ter em sua mesa alimentos saudáveis.

Em muitas ocasiões esses alimentos podem ser caros e difíceis de encontrar; mas há muitos outros, que por não serem de uma marca especial, oferecem um preço melhor e com qualidade da mesma forma.

Por Gutenberg Feitosa


As espinhas atormentam a vida de quem se preocupa com a vaidade. Além de desfavorecer a pele, podem causar depressão em jovens. Principalmente na fase da puberdade, onde elas mais se manifestam.

Produtos químicos podem piorar a situação. Utilizar medicina alternativa pode ajudar de uma forma natural e bem barata. Beber água ajuda a diminuir as acnes. Facilita a limpeza intestinal. Com uma alimentação natural compostas por alimentos ricos em fibras, também auxiliam no combate as espinhas.

Pesquisas demonstram que hortaliças, frutas e plantas podem ajudar no tratamento:

Berinjela: Amassar as folhas e fazer cataplasma no local.
Abacate: Massagear o local com abacate amassado durante 1 hora.
Louro: Misturar as folhas amassadas ao mel e realizar massagem durante 1 hora.

Por Fernando Silva


Os pés nos levam para todos os cantos, todos os dias e são a base de sustentação de todo nosso corpo. E pasmem, chegam a suportar cinco ou seis vezes o peso total da nossa estrutura.

Apesar de toda a sua importância, poucos são os que se preocupam com eles. Problemas como micoses, frieiras, calos e unhas encravadas são bastantes comuns, mas alguns toques podem prevenir problemas maiores lá na frente.

É preciso trocar constantemente de calçados e deixar sempre os pés respirarem, pois a falta de ventilação pode contribuir para a proliferação de fungos. Assim como os sapatos, os pés também se desgastam com o passar do tempo.

"As solas dos pés perdem gradualmente sua natural proteção almofadada, pela degeneração do tecido gorduroso  e, consequentemente, perdem sua habilidade de amortecer impactos", revela o presidente da ONG Instituto Ortorpedia & Saúde, o ortopedista Fabio Ravaglia.

O especialista revela também que deve-se priorizar primeiramente o conforto dos pés na hora de escolher um calçado.

Por Thais de Melo


Você sabia que o processo de hidratação dos fios dos seus cabelos deve ser feito de dentro para fora?  Isso quer dizer que a brilhante expressão : “você é o que você come” está certíssima!

Segundo especialistas, o cabelo é composto por proteínas, que são aglomerados de aminoácidos. E quando essas proteínas faltam em uma dieta, os fios tendem a ficar mais secos, fracos e desidratados.  Então uma boa dica é aproveitar a leveza do verão e começar a cuidar e nutrir as madeixas. As vitaminas do complexo B , presentes nas carnes e no leite, são imprescindíveis, assim como os frutos do mar com casca (mariscos, ostras e caranguejos), por conterem zinco e cobre.

Mas além de uma dieta rica em vitaminas, ferro, zinco e cobre , os dermatologias também frisam que é muito importante consumir vegetais escuros, no mínimo duas vezes por semana, por  também contribuem muito para beleza dos fios. Então está mais do que na hora de aliar cremes de tratamento a uma alimentação de qualidade.

Por Thais de Melo


Carnaval dura em media quatro dias e em uma época das mais quentes do ano. Se você quer curtir essa enorme festa com o corpinho enxuto e saudável, é preciso se cuidar direitinho. Por isso, aqui vão algumas dicas:

– Se você deseja perder algumas medidas, opte por academias com programas de exercícios intervalados (onde você faz esforços intensos e depois há o descanso). Em torno de um mês, você já sente a diferença em termos de redução de medidas.

– Alimente-se bem e não exagere naquela cervejinha. Fazendo isso, você e seu corpo irão se acostumar e, durante o carnaval, você se sentirá mais bem disposta e saudável.

– Faça caminhadas regularmente, pois ajudarão a desenvolver melhor seu condicionamento físico. Você obterá melhores resultados se aliar as caminhadas com algumas horinhas na academia.

Cuide-se e aproveite a festa mais esperada do ano, o Carnaval.

Por Isis Manara @iswhoa


Os cuidados com o corpo devem ser mantidos durante todas as estações do ano. Quando chega o verão, muitas pessoas se esquecem disso e lembram apenas da hidratação, mas os exercícios, por exemplo, nunca devem ser deixados de lado.

Para manter o corpo sempre em dia algumas pequenas mudanças nos hábitos diários são fundamentais.

  • Evite frituras, alimentos gordurosos e doces, controle a gula.
  • Substitua as carnes e massas por legumes, verduras, peixes e grelhados.
  • Pratique uma atividade física pelo menos três vezes por semana, evite o sedentarismo.
  • Não pule nenhuma refeição, coma menos e mais vezes em horários alternados, prefira sucos naturais ao invés de refrigerantes e nunca faça jejuns, eles podem comprometer a sua saúde.

Para um acompanhamento adequado procure um médico ou um nutricionista e siga corretamente as instruções, mantenha seu corpo em dia sempre.

Por Milena Evelyn


Uma das frutas mais gostosas é a melancia. Ela é muito indicada para o bem da nossa saúde; frequente naqueles almoços de final de semana ou naquele churrasco maravilhoso pois ajuda na digestão. Mas não é só para isso, ela contribui contra o envelhecimento precoce.

A caloria é baixa, não chega a 35 por pedaço, possui vitaminas A, B e C que ajudam na prevenção de doenças como o câncer de próstata, e auxilia na pigmentação da pele e no sistema imunológico. Não é remédio, mas realmente vale a pena ter sempre uma na mesa.

A fruta é uma das mais completas, aproximadamente 92% de água e privilegiada com 8% de açúcar, e nela tudo pode ser aproveitado. É uma das mais finas e tradicionais em todo o mundo, sua primeira aparição foi no Egito e hoje os maiores consumidores são os norte americanos.

Estamos vivendo dias com quase 35°C e se você tiver a oportunidade de escolher entre um refrigerante e um suco industrializado, não pense duas vezes; peça um copo de suco natural de melancia, que trará mais saúde para você.

Por Gutenberg Feitosa


Com a temporada das chuvas de verão somada com o calor, aumenta a proliferação de mosquitos, inclusive do Aedes aegypti, o transmissor da dengue. Por isso, informar-se sobre a doença é fundamental. Veja algumas informações a seguir:

A dengue é uma doença infecciosa comum em países de clima tropical. Seu agente transmissor é o mosquito Aedes aegypti, que costuma se reproduzir em locais que concentram água parada.

A doença é dividida em quatros tipos, em que os mais conhecidos são: a dengue clássica, e a dengue hemorrágica, que é a etapa mais avançada, que pode levar a óbito.

Seus principais sintomas são dores de cabeça, nas articulações e nos ossos. O paciente também tem febre alta, vômito e aparecem manchas vermelhas pelo corpo.

Se surgirem esses sintomas procure um posto de saúde mais próximo.

Por Selma Isis

Fonte: Isabela Baraúna- infectologista.


O verão é a estação marcada pelas altas temperaturas, que fazem com que a maioria das pessoas passem a se alimentar menos. Somado com o período de férias, em que é normal sair da rotina, como por exemplo no caso de quem vai descansar no litoral e que passa vários dias na praia comendo sanduíches e petiscos.

Contudo o calor e a má alimentação podem ser prejudiciais para a saúde, especialmente para crianças e idosos. Veja como deve ser feita a alimentação durante o verão.

Segundo a nutricionista Sheila Silva Castro, durante o verão é recomendado tentar deixar a alimentação da maneira mais saudável possível com a substituição de alguns alimentos, dando preferência aos frios, crus ou gelados. De acordo com ela, esta é a época ideal para abusar das saladas, frutas e sucos mais elaborados, como o de abacaxi com hortelã.

Durante o verão, a especialista recomenda evitar o consumo de alimentos pesados, como por exemplo, feijoadas, suflês, chocolates e frituras. Ela também sugere que as refeições devem ser feitas cinco vezes ao dia, em pequenas porções, para estimular o metabolismo e aumentar o gasto energético.

Por Selma Isis


Quase todo mundo pensa que basta trocar a escova de dente a cada dois ou três meses como dizem os fabricantes, mas a verdade não é bem essa. Você deve higienizar a sua fiel companheira todo dia ou ao menos uma vez na semana. Agora, se você não puder fazer isso, é bom começar a pensar em trocar de escova a cada mês.
Mas como fazer a higienização? Basta colocar as cerdas da escova de molho em um copo com antisséptico bucal, sim aquele famoso do comercial da TV, por dez minutos. Se você não quiser gastar, existe a possibilidade de fazer a mesma coisa com água fervente.
Agora, para manter a higiene também é bom secar a escova após o uso, mas não na toalha, basta sacudir após a escovação e se puder guardar em um armário é melhor, assim, ela não ficará sujeita aos micro-organismos tão comuns no banheiro.
 
Por Guilherme U.

Há um método muito simples para tirar manchas do rosto. Basta usar uma máscara facil de pepino. Há diversas receitas e produtos no mercado para a mascara de pepino.

  1. Bater o pepino com agua mineral no liquidificador e passar no rosto.
  2. Pegar 2 claras e bater até ficar em neve, depois misturar 1 pepino e 1 xicara de chá de leite de rosas.

O pepino dilata os poros oleosos da pele e se sua pele for gordurosa, mergulhe as rodelas de pepino no limão. Coloque na pele por 20 minutos e fique deitado.

Ele ainda hidrata a pele e deixa macia além de melhorar a cor. No verão é muito comum essas manchas. Faça mascaras de pepino e coloque duas rodelas em volta dos olhos para melhorar a olheira. Antes de tomar qualquer medida,  verifique com seu médico as melhores possibilidades.

Por Victor Palandi


O verão é uma estação muito quente e você deve saber se alimentar direito.

  1. Beba bastante água ou liquido em geral, pois você sua muito e desse modo você se mantém hidratado.
  2. Opte por alimentos leves. Desse modo você não ficará com o "estômago pesado" e não se sentirá mais cansado e mole do que naturalmente fica com o calor.
  3. Coma bastante fruta. Além de terem água, elas apresentam minerais e vitaminas necessárias para manter o equilíbrio do corpo.

Não se esqueça de abusar do picolé e dê preferência aos de fruta.

Cuidado com o limão e a laranja! Se você usar e se expor ao sol, sua pele pode ficar manchada!

Por Victor Palandi


Uma das promessas mais comuns em começo de ano é começar aquela dieta que foi adiada para várias segundas-feiras ao longo de 2010. No entanto, mais importante do que realizar uma rigorosa dieta é saber o que comer e como comer. A revista Vida Simples, da Editora Abril, deu algumas ideias na edição de dezembro para seus leitores terem mais qualidade a cada refeição.

Menos carne, mais saúde

A ingestão de menor quantidade de carne é uma das opções selecionadas. A ideia não é fazer com que todos virem vegetarianos, mas sim que controlem a quantidade de carne com o passar das semanas, já que o consumo de proteína animal em excesso pode ser prejudicial à saúde. Os consumidores de carne poderão ingeri-la duas vezes por semana, quantidade suficiente para matar a vontade e também para manter um organismo saudável.

100% aproveitável

Outro item abordado é o aproveitamento total do alimento. Além de evitar o desperdício, frutas como o tomate podem ser utilizadas para diferentes fins, desde suas sementes até a pele e a polpa. A ordem é não desperdiçar e utilizar o alimento em benefício corporal próprio.

Compras ao lado

E finalmente uma nova alternativa para começar 2011 com o corpo saudável é comprar alimentos em locais próximos à sua casa. Parece conselho antigo, mas esse ato faz com que as delícias compradas se desloquem menos e, portanto, emitam menos gases devido aos transportes. Sendo assim, o alimento chega fresquinho e pronto para nutrir você e sua família. A realização de simples atitudes pode fazer com que sua qualidade de vida – e alimentos – se modifique ao longo do novo ano e melhore sua disposição e saúde.

Por Adriana Arruda


Nada melhor depois um dia intenso de trabalho que uma boa noite de sono. Porém, nem sempre isso é possível. Muitas pessoas sofrem até conseguirem relaxar completamente, e pior, acordam no dia seguinte exaustas. Aqui vão algumas dicas de como ajudar a ter um melhor descanso:

  • Tomar um copo de leite antes de se deitar não é mito. Realmente ajuda, pois o liquido contém aminoácido triptofano, o qual ajuda no relaxamento dos seus músculos.
  • Deixe o seu quarto com um bom ambiente e climatização, os quais sejam agradáveis para o sono.
  • Praticar exercícios moderados antes de dormir, também condiciona ao um melhor descanso.
  • Deixe os seus problemas do dia seguinte para depois que acordar, ficar pensando neles somente atrapalha a noite.
  • Não é uma boa ideia beber café ou álcool, ou ainda fumar, antes do sono, evite tais hábitos até seis horas antes de cair na cama.
  • Por fim, tome um bom banho em água morna, assim deixando o corpo mais leve para o sono.

Por Oscar Ariel


A maioria da população é vaidosa. Homens e mulheres procuram clinicas e médicos na área da estética para cuidar do corpo. Muitos tratamentos deixam de ser considerados estéticos quando afetam de forma mais intensa o paciente, como é o caso das cirurgias corretivas realizadas em pessoas que sofreram acidentes e pequenos traumas.

A microdermoabrasão é um procedimento muito eficaz em tratamentos, cuja finalidade é diminuir as cicatrizes e suavizar manchas na pele. Esse procedimento consiste em aplicações de jatos de cristais na superfície da pele, a intensidade usada varia de acordo com o tipo de pele do paciente.

As sessões são rápidas, duram cerca de 30 minutos ou menos e em média o tratamento completo requer de 4 a 6 sessões para um resultado satisfatório. Além de reduzir e suavizar manchas e cicatrizes, a microdermoabrasão estimula a produção de colágeno, melhorando a textura e vivacidade da pele.

Por Milena Evelyn


O número de dietas milagrosas que prometem as pessoas a perda de peso, a diminuição do inchaço corporal, a redução do apetite e medidas menos generosas, surgem aos montes em revistas e na televisão. Nos últimos tempos a busca pelo corpo ideal aumenta de forma descomunal.

Umas das promissoras é a famosa dieta ortomolecular. Ela visa o equilíbrio do organismo do paciente, seria a busca pelas moléculas adequadas para cada tipo de corpo através da absorção de certas substâncias.

Inicia-se através da reeducação alimentar, com a ingestão de pequenas porções de alimento, mas varias vezes ao longo do dia. Além disso, são feitos exames de sangue para detectar quais as carências de vitaminas e aminoácidos. Após os resultados dos exames, são prescritas fórmulas manipuladas que o paciente irá ingerir durante o tratamento.

Atualmente os estudos científicos não atestam a garantia da dieta, a sua eficácia ainda está sendo estudada, além disso, não é reconhecida como especialidade médica. Portanto, antes de seguir essa ou qualquer outra dieta, procure um médico registrado para consulta previa.

Por Milena Evelyn


Os cuidados com a nossa saúde devem ser levados a serio. Os médicos e nutricionistas recomendam uma alimentação saudável como uma medida simples e altamente eficaz na hora de cuidarmos do nosso corpo.

Uma ótima opção são os alimentos orgânicos, como não são utilizados fertilizantes, nem agrotóxicos no processo do cultivo, eles se tornam uma excelente fonte de nutrientes mais saudáveis. Além disso, seu cultivo colabora com o meio ambiente, já que não contamina rios e lençóis freáticos com os produtos químicos comumente utilizados em lavouras comuns.

O custo desses alimentos costuma ser um pouco mais elevado que os comuns, porém, seus benefícios à saúde são relativamente maiores e mais significativos. Todo alimento considerado orgânico deve ser certificado pelo Ministério da Agricultura, para isso na hora da compra verifique se o alimento possui o selo de certificação e garanta a qualidade do produto que irá para sua mesa.

Adote esses alimentos você também!

Por Milena Evelyn


Originário da região do mediterrâneo a alcaparra é uma fonte rica em Cálcio, Ferro e Fósforo, desde a antiguidade  já era parte da gastronomia da classe alta.

Também tem propriedades consideradas medicinais como o  ácido cáprico, que apresenta uma ação benéfica no auxílio das ações de digestão, no entanto, por ser conservada em composto com alto teor de sal deve ser consumida com moderação por pessoas que  tenham hipertensão.

Com sabor picante e perfume intenso, são excelentes temperos  para carnes, peixes, guarnições e files, combinam com pratos frios e quentes. É a matéria prima base fundamental  para o molho tártaro e molhos brancos.

Uma das características peculiares da alcaparra  é que guardam o aroma e preservam o sabor após o cozimento, podem ser combinadas com azeitonas e cebolas, no entanto não  combinam com pimentas.

Por Silvane Romero


É desagradável quando estamos conversando com alguém e sentimos um odor ruim vindo da boca da outra pessoa, não é mesmo? A situação inversa também é complicada. O vilão dessas situações é o mau hálito, também conhecido como halitose.

Para não passar constrangimentos com ele, a dica mais básica é escovar os dentes sempre que fizer alguma refeição e também antes de dormir. Usar o fio dental pelo menos uma vez ao dia e também escovar a língua ajudam na retirada dos restos de alimentos, que podem causar o mau cheiro.

Beber muita água é outra dica. A boca seca ou com pouca saliva costuma não ter um cheiro muito agradável. Mas se o problema incomoda muito e você não conseguir se livrar dele com as dicas mais simples, a causa do mau hálito pode estar no esôfago ou no estômago. Neste caso, o melhor é procurar um clínico geral ou gastroenterologista.

Por André Gonçalves

Fonte: Saúde Plena


De origem pré-histórica em cor azul púrpura, os mirtilos apresentam alta concentração de antioxidantes que atuam  na neutralização dos chamados radicais livres auxiliando na manutenção da saúde  do sistema imunológico, além de contribuir na prevenção das doenças degenerativas.

Recentes  estudos  confirmam que o mirtilo auxilia na redução  do colesterol e auxilia na prevenção  de infecções do trato urinário, além de auxiliar na melhoria da visão devido ao alto índice de anticianina.

O mirtilo atua na proteção do coração e estudos laboratoriais indicam que o consumo regular da fruta melhora as funções da memória, assim como atua na melhoria  da coordenação motora.

Com baixo teor calórico  o mirtilo é  uma fruta rica em Vitamina C e do Complexo B, possui ainda alto teor de Ferro, Fósforo, Fibras, Magnéssio, Fósforo e Proteínas.

A fruta pode ser consumida in natura, no preparo de salada, em sucos, geleias, bem como em sorvetes, sobremesas e  molhos complementares nas mais diversas combinações gastronômicas.

Por Silvane Romero


O chocolate em todas as suas deliciosas variedades por si só é fascinante e porque não dizer viciante. E não raramente está no centro do dilema do prazer de seu consumo e a manutenção de uma dieta menos calórica. Mas para todos que gostam de chocolate surgiu mais um bom motivo, ou quem sabe um bom pretexto para consumi-lo.

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Linkoping, na Suécia, vem se juntar a outras que afirmam que o consumo de chocolate amargo faz bem ao organismo, de acordo com matéria do site Saúde Terra.

O estudo descobriu que o chocolate escuro e amargo, aquele que contém alto teor de cacau inibe uma enzima chamada ECA (Enzima Conversora da Angiotensiva) que regula a pressão arterial. Dezesseis voluntários não fumantes e de boa saúde ficaram dois dias sem ingerir chocolate ou qualquer alimento incluindo frutas, que possuíssem compostos similares. Os exames de sangue, antes e após o consumo de 75 g de chocolate amargo demonstraram que a enzima foi reduzida em 18% após três horas do consumo do chocolate. Resultado comparável, segundo os pesquisadores, aos dos remédios usados para tratamento da pressão arterial elevada que também inibem a enzima.

Sem dúvida nenhuma não deixa de ser uma doce notícia que o chocolate amargo pode ajudar a controlar a pressão arterial. No entanto é bom prestar atenção, pois ele continua sendo, além de muito gostoso, bastante calórico.

Por Mauro Câmara


Muitas pessoas evitam beber água de coco pois lhes foi incutido a idéia de que a água e muito gordurosa. Na verdade a fruta (polpa), sim, possui gorduras insaturadas, mas o suco da fruta não.

A água de coco é perfeita para temperaturas mais elevadas pois hidrata e revigora. Por ser rico em potássio e fósforo repõe a água perdida pelo corpo no verão. Além disso faz bem a pele, deixando-a mais lisa, tonificada e macia. Até mesmo regular o intestino e afastar cãibras podem ser considerados atributos da àgua de coco. 

Por isso deixe de lado a falsa idéia de que engorda e beba sem restrição.

Dica: misture com outras frutas como maracujá, morango ou acerola, e também com gengibre.

Por Teresa Almeida


Verão chegando. Quilinhos à vista. Começo da corrida maluca para entrar esbelto (a) na estação mais quente do ano. 

Tudo bem, mas não esqueça que dietas malucas que cortam tudo, não estão com nada e nem te farão emagrecer. O efeito é muito rápido. Você emagrece por uns dias e depois recupera tudo. Seu corpo quando privado dos nutrientes fundamentais acaba por paralisá-lo. A grosso modo é como se faltasse combustível.

Não importa qual seja sua dieta ou intenção de quilos a perder, não elimine de seu cardápio os aminoácidos essenciais. Alimentos como soja, feijão, ovos, carnes, queijos e gelatina são fundamentais na produção de enzimas e vitais ao organismo.

Por Teresa Almeida


Ração Humana é um nome uma quanto que engraçado, meio que feio ou meio que estranho, vamos admitir.

Ainda assim é um dos alimentos mais saudáveis dos últimos tempos. Virou sensação a pouco tempo, mas não parece e nem será uma moda passageira. O farelo proveniente da mistura de aveia, trigo, levedo, quinoa, linhaça, gergelim, colágeno, leite de soja, amêndoas e castanhas é rico em fibras, em vitaminas e em sais minerais.

Não emagrece, de fato. Isso é lenda, mas complementa uma dieta baseada no objetivo de uma alimentação saudável. Se o seu intuito é único e exclusivamente emagrecer é melhor repensar. Não possui um gosto ruim, mas ingerido por um paladar desacostumado pode ser meio intragável. 

Dica: misture com iogurtes, sucos, vitaminas ou salada de frutas.

Por Teresa Almeida


Uma boa notícia para os que vivem em briga com a balança por não conseguirem seguir a risca as dietas rígidas que se impõe ou que lhes são impostas. Na verdade, não só é compreensível esta atitude como também acontece com os profissionais do ramo.

Sabe aquela máxima que diz: "Casa de Ferreiro o espeto é de pau"? É mais ou menos isso mesmo. É o que afirma Michael Pollan em entrevista a Veja desta última semana, dia 24 de novembro.

Pollan que é uma das maiores vozes da alimentação saudável reconhece que é complicado levar um regime ao pé da letra e que nem sempre há uma maneira de manter-se firme na dieta. Afirma, para o alívio de nós mortais, que ele também, inclusive, no início da carreira passava a hamburger todo dia. 

É necessário SIM manter uma dieta e hábitos saudáveis (e em hipótese alguma coma hamburger diariamente), mas não seja tão rígido. Uma dieta não tem como função ser uma tristeza na vida da pessoa. Alimentar-se deveria ser um momento de conjunção com o universo. Ser um prazer, uma dádiva e com certeza ser bem aproveitada. Por isso, um ou outro deslize não mata ninguém.

E pode acreditar, o que te faz engordar não é comer uma batatinha frita um dia ao mês ou quem sabe uma deliciosa fatia de pizza na semana.

Por Teresa Almeida


Você tem o costume de usar travesseiros e cobertores por muito tempo, sem lavá-los? A esponja da cozinha e o filtro do aspirador de pó são trocados só após um longo período? Se você está familiarizado com estas situações, saiba que está correndo o risco de arrumar sérios problemas de saúde.

De acordo com o departamento de microbiologia da Faculdade de Medicina do ABC, alguns hábitos domésticos contribuem para o acúmulo de sujeira na residência, causando a proliferação de microorganismos muito prejudiciais à saúde.

Para evitar isso, você pode ter alguns simples cuidados. Lavar regularmente cortinas e tapetes, assim como travesseiros e cobertores, trocar o filtro do aspirador de pó no período determinado pelo fabricante, trocar a esponja da cozinha com freqüência, e guardar os alimentos na geladeira são algumas medidas que você pode tomar.

Elas podem evitar o acúmulo de poeira e ácaros no ambiente, a intoxicação alimentar e a alergia respiratória, dentre outros males.

Por André Gonçalves

Fonte: Saúde Plena


Batata frita, biscoitos, salgadinhos de milho e macarrão instantâneo são alimentos que todos gostamos e consumimos sempre. Mas o problema é que eles contêm um alto teor de sódio, gordura saturada e trans, e um consumo elevado pode causar hipertensão e problemas cardíacos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisou mais de 20 produtos industrializados e constatou que o macarrão instantâneo contém um nível muito elevado de sódio (cerca de 167% acima do nível recomendado para o consumo diário). Há, inclusive, algumas marcas que têm duas vezes mais sódio que as outras.

Com relação à gordura saturada, o principal vilão foi a batata frita. Também neste caso, houve grande variação da quantidade de gordura entre as marcas.

De acordo com a Anvisa, os consumidores devem ficar de olho nas embalagens e procurar pelos produtos que contém a menor quantidade destas substâncias que podem fazer muito mal à saúde.

Veja aqui a lista dos produtos analisados pela Anvisa.


O amendoim que por muito tempo não era visto como exemplo de alimento saudável é defendido por cientistas em um estudo realizado na University of Florida, mudando em definitivo o olhar para essa versátil leguminosa.

O amendoim é rico em proteína e em vitaminas do complexo B, que auxiliam como regularizadoras dos sistemas do organismo. Contém alto teor de Ácido Fólico que tem como uma das principais funções a atuação como reguladora nas funções sanguíneas, e Fósforo que auxilia nas funções de memória, além de possuir grande concentração de Zinco Potássio.

O amendoim ainda apresenta concentração de Omega-3 que auxilia nos processos de redução dos níveis de triglicérides no sangue e da pressão arterial, e Magnésio que é bastante importante para o fortalecimento muscular, cicatrização e excelente para o sistema nervoso.

Apesar de todos os benefícios do amendoim não há comprovação científica de seu caráter afrodisíaco, no entanto a fama dessa característica prevalece.

Por Silvane Romero


Conjunto de vitaminas hidrossolúveis indispensáveis ao bom funcionamento do organismo e, sobretudo, dos nervos, as vitaminas do complexo B, podem ser encontradas de forma mais completa no fígado e no lêvedo de cerveja. Seis delas, de oito no total, são responsáveis por grande parte das funções necessárias ao desenvolvimento e manutenção da saúde humana.

A vitamina B1, tiamina, auxilia no crescimento, na digestão e no equilíbrio do tecido nervoso periférico e músculos, a B2, melhora unhas, pele e cabelos, a B3 promove a síntese de gordura e aumenta a energia, a B5, ácido pantotênico, é fundamental na formação de hormônios e regula o sistema nervoso, a B6 reduz cãibras e previne a problemas de depressão e a B12, cobalamina, é importante para o desenvolvimento das células vermelhas e prevenção da anemia, aumentando a energia e mantendo, juntamente com as outras, o sistema nervoso saudável.

O ácido fólico e a biotina completam o quadro. Mas, não é nescessário decorar todas as funções do complexo vitamínico, o simples hábito de preparar o prato compondo-o com proteínas, carboidratos e vegetais já garantem seu consumo adequado e uma vida cheia de energia.

Por Rosane Tesch


Uma pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Illinois, Chicago, nos Estados Unidos, de acordo com matéria do site Saúde Terra e que foi publicada no Jornal Cancer Prevention anda Research indicou que a Framboesa Preta pode ajudar a prevenir o câncer de intestino, comprovando outros estudos que já haviam indicado que a fruta possui qualidades anticancer e antioxidante.

A pesquisa foi realizada com duas linhagens de ratos. Uma com propensão a desenvolver a doença na casa dos 60% e a outra linhagem vulnerável a colite, inflamação do intestino que pode contribuir para o aparecimento do câncer de intestino. Os pesquisadores utilizaram uma versão da fruta liofilizada, processo pelo qual a fruta é desidratada quase que completamente através de congelamento, vácuo de aumento gradativo da temperatura onde a água é retirada por sublimação.

Na primeira linhagem a incidência de tumores foi diminuída em 45%. Já na segunda linhagem os casos foram reduzidos em 50%. Os animais foram alimentados com uma dieta rica em gordura ou com a mesma dieta adicionada com 10% da Framboesa preta liofilizada, por doze semanas, com a ação da fruta inibindo o desenvolvimento dos tumores suprimindo uma proteína chamada Beta-catenina, registrando-se neste estudo um alto nível de proteção no intestino dos ratos que consumiram a Framboesa preta.

Por Mauro Câmara


Extremamente badalada a dieta mediterrânea, que já tem confirmado entre seus benefícios a perda de peso em pessoas que apresentam sobrepeso e obesidade e a proteção contra diabetes e doenças cardiovasculares, parece ter outra vantagem sugerida por um recente estudo da Universidade de Navarra, na Espanha, conforme matéria do site Delas IG. A dieta mediterrânea pode evitar o acúmulo de quilos extras que vem com o envelhecimento, principalmente em função da desaceleração do metabolismo.

Querendo descobrir qual era o efeito da dieta mediterrânea entre jovens, não obesos e pessoas saudáveis, os pesquisadores recrutaram 10.000 espanhóis com estudo superior completo de até 38 anos. O grupo preencheu questionários de frequência de 136 itens alimentares e tiveram sua alimentação acompanhada durante cerca de seis anos.

Os pesquisadores descobriram durante o período do estudo que os voluntários que relataram baixa adesão a dieta mediterrânea ganharam mais peso, enquanto aqueles que aderiram a ela foram menos propensos a acumular mais gordura. Em termos percentuais aqueles que seguiram à risca a dieta foram 10% menos propensos a se tornarem obesos ou ficarem acima do peso até o final da pesquisa.

Mesmo levando-se em conta certas limitações do estudo, entre elas o fato de alguns dos pesquisados já levarem uma vida saudável em outros aspectos e também do universo dos pesquisados ter sido feito com universitários graduados, o que talvez não torne os resultados aplicáveis a população em geral, de acordo com cientistas que não participaram do estudo, a pesquisa demonstra que a dieta mediterrânea baseada no consumo de peixes, frutas, verduras, legumes e cereais, pode ser uma boa opção para se evitar o acúmulo de peso decorrente da idade.

Por Mauro Câmara


Vegetal rico em benefícios para o organismo e sempre presente em dietas que visem o bem estar e equilíbrio do corpo, a Beterraba parece ter ainda mais uma vantagem muito importante para ajudar a manter uma boa saúde. De acordo com pesquisa da Universidade Wake Forest, nos Estados Unidos, conforme matéria do site Saúde Terra, além de todas as outras vantagens do vegetal como diminuir o risco de doenças cardíacas e acidente vascular cerebral o suco de Beterraba ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo para o cérebro o que é especialmente importante para ajudar a prevenir quadros de demência e doenças cognitivas.

A pesquisa publicada na versão eletrônica do Daily Mail e também no Jornal Nitric Oxide Society teve como base 14 adultos com mais de setenta anos de idade. Os voluntários foram divididos em dois grupos, um com uma dieta rica em nitrato, que aparece em altas concentrações na Beterraba, e outro com uma dieta baixa em nitrato, nos dois primeiros dias. Após o almoço os voluntários passaram por ressonâncias magnéticas para monitorar o fluxo de sangue no cérebro. Entre o terceiro e quarto dias as dietas foram substituídas e repetidas às ressonâncias. Os exames mostraram que após ingerir uma dieta rica em nitrato os voluntários tiveram aumento do fluxo de sangue para a substância branca dos lobos frontais, áreas do cérebro associadas à degeneração que leva a demência.

Embora este seja o primeiro estudo que pesquisa especificamente o efeito dos nitratos encontrados na Beterraba para o aumento do fluxo de sangue no cérebro, a pesquisa vem confirmar, que de qualquer forma, consumir o vegetal só faz bem para a saúde.

Por Mauro Câmara


Alguns alimentos são fundamentais para ter uma vida mais saudável. Dificilmente conseguimos consumir tudo o que falam que é importante, mas algumas pequenas mudanças já fazem uma grande diferença na saúde.

Alimentos que devem entrar na dieta:
Brócolis: por ter muito antioxidante, o brócolis auxilia na prevenção do câncer. Se possível, preparar no vapor para manter as propriedades.
Linhaça Dourada: por ser rica em fibra e ômega 3, a linhaça dourada ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e na redução do colesterol.
Feijão: Contém ferro, proteína e fibra, ajuda na prevenção de anemias.
Azeite: Diminui o colesterol ruim e aumenta o colesterol bom por ter muita gordura monoinsaturada.
Chá Verde: Rico em antioxidante, ajuda na prevenção do câncer.

Por Fernanda T. Sodré


As vitaminas têm importantes funções para manter uma aparência saudável. Queda de cabelo, pele sem viço e unhas quebradiças podem ser sinal de ausência de alguma delas. As insuficiências vitamínicas podem levar tempo para serem detectadas no organismo, já que sua perda é lenta e progressiva, por isso é importante estar sempre atento ao que se come e fazer exames de rotina para que qualquer reposição possa ser feita imediatamente.

As vitaminas A e E, por exemplo, agem diretamente na saúde da pele, dos cabelos e das unhas. A vitamina A pode ser encontrada tanto em alimentos de origem animal quanto vegetal e entre as fontes estão o fígado, a cenoura, vegetais verde escuro, ovos e leite.

A vitamina E retarda o envelhecimento celular e está presente no gérmen de trigo, em nozes, couve, espinafre, trigo integral, ovos e óleos vegetais. Vale lembrar que o excesso é tão prejudicial quanto a falta de vitaminas, portanto nunca se deve exagerar nas quantidades.

Por Rosane Tesch


Antes de seguir qualquer dieta é importante manter bons hábitos alimentares no dia-a-dia. Quando se ingere um alimento nem sempre o organismo absorve os nutrientes necessários e essenciais para a saúde. O corpo precisa de alguns elementos específicos para seu perfeito funcionamento, como água, vitaminas, proteínas, minerais, gorduras e carboidratos.

A ausência de qualquer um deles pode trazer sérias conseqüências, mas não basta consumir sem critérios. A alimentação precisa ser balanceada e algumas dicas podem ajudar a ter um melhor aproveitamento dos nutrientes. São elas:

  • Coma de tudo em pequenas porções;
  • Coma devagar e mastigue bem os alimentos (ou até que se tornem líquidos na boca);
  • Substitua o sal por ervas ou especiarias;
  • Reduza o açúcar e evite bebidas alcoólicas;
  • Nunca deixe de fazer uma refeição ou belisque nos intervalos entre elas
  • Beba de 2 a 3 litros de água por dia, dependendo das atividades praticadas.

Cada pessoa tem um ritmo próprio que precisa ser respeitado e o equilíbrio é a base de uma vida saudável.

Por Rosane Tesch





CONTINUE NAVEGANDO: