Confira aqui algumas dicas para perder peso sem fazer exercícios físicos.

Hoje em dia, muita gente luta para perder uns quilinhos extras, só que nem todo mundo tem tempo para ir à academia ou para praticar alguma atividade física e também, muitas vezes, a própria correria do dia a dia não nos deixa nem ter uma alimentação saudável.

Então, vamos ensinar aqui como você pode conseguir perder peso sem que haja a necessidade de se fazer alguma dieta ou então, sem que haja a necessidade de se fazer alguma atividade física.

A ciência comprovou que seguindo algumas dicas importantes, você conseguirá perder peso, controlando também todo o nervosismo (que acaba levando a compulsão alimentar) e controlando automaticamente, a fome.

Abaixo segue a lista que foi divulgada pela Medical Daily:

1- Beber bastante água: Ingerir muita água é fundamental para a saúde como um todo e essencial para colaborar na perda dos quilinhos extras. Muitas pessoas acabam por confundir a sede com a fome, então, se mantenha sempre muito hidratado. Aprenda a reduzir as calorias ingeridas nas refeições, ingerindo meio litro de água, meia hora antes das refeições.

2- Mastigar devagar: É comprovado que mastigar os alimentos bem devagar, influencia na perda de peso, pois isso faz com que acabe oferecendo mais saciedade e propõe ao seu cérebro que processe a ingestão do alimento e que envie sinais de que já está satisfeito e que não deseja mais alimentos, fazendo com que você acabe comendo menos do que comeria normalmente.

3- Não tenha doces, chocolates e outras besteiras por perto: Se você não tiver por perto esses alimentos que não colaboram na perda de peso, com certeza você não irá consumi-los. Passe longe de alimentos que não favoreçam a dieta, os doces, as gorduras, os enlatados, os ultra processados, os industrializados e outros. Tenha sempre à mão, alimentos saudáveis, como frutas frescas ou secas, oleaginosas, dentre outras coisas.

4- Tenha atenção quando estiver comendo: Dê atenção integral ao seu alimento quando estiver comendo, preste atenção a todas as refeições, sem interrupções. Não utilize celular, telefones, não assista televisão, priorize esse momento com o alimento. É comprovado que o consumo de calorias é aumentado em até 20% quando a refeição recebe distrações, podendo aumentar em até 100 calorias na refeição.

5- Coma em pratos de tamanho menor: Se alimentar utilizando um prato de tamanho menor, pode acabar por confundir o seu cérebro, trazendo benefícios e também, pode diminuir a quantidade que você está acostumado a comer. Vale ressaltar que para comer saladas, grãos e qualquer tipo de comida saudável, você pode e deve utilizar os pratos maiores.

6- Tenha um bom sono: Dormir bem é essencial em diversos pontos da nossa saúde e do nosso organismo. Uma noite de sono mal dormida, afeta os hormônios, pode causar estresse e automaticamente já eleva a vontade de mastigar alguma coisa. E normalmente, nessas situações, a vontade é de comer besteiras. Uma noite de 8 horas de sono faz qualquer pessoa mais saudável e ainda contribui com a dieta.

7- Se alimente em um prato de cor vermelha: O vermelho está diretamente ligado ao sinal de atenção, de “pare”, e um estudo comprovou que se alimentar em um prato dessa cor, quando não estiver comendo alimentos saudáveis, pode acabar auxiliando na perda de peso e na ingestão de calorias em excesso.

Todas essas dicas você pode incluir na sua rotina e elas irão te auxiliar aumentando a saciedade e diminuindo a vontade de comer, porém, vale sempre lembrar que o Ministério da Saúde recomenda a prática de atividade física diariamente e também, uma alimentação saudável, baseada em frutas, grãos e verduras, evitando os industrializados, ultra processados e qualquer outro tipo de alimento que não seja saudável.

Caroline Barreto Chagas Wurlitzer


A revista Health Magazine, é composta por editores especialistas na área de nutrição e em uma das suas edições fez a seguinte constatação: a ingestão de carboidratos, pode ser a melhor maneira para perder peso e permanecer magro.

A descoberta foi revelada no livro Carb Lovers Diet, que mostra como determinados alimentos ricos em carboidratos, especialmente aqueles compostos pelo surpreendente ingrediente natural chamado amido resistente, que agem como poderosos aceleradores de metabolismo e inibidores de apetite.

 Ao invés de aumentar a gordura e causar inchaço, como há décadas os gurus das proteínas alegaram, os carboidratos podem torná-lo magro. 

Eles encolhem as células de gordura, especialmente da barriga; aumentam a queima de gordura, aumentam da massa muscular; provocam mais sensação de saciedade do que outros alimentos e ainda promovem o controle de açúcares no colesterol e triglicérides no sangue.

Só não vale, depois de ler, pedir uma pizza de quatro queijos com bacon!

Por Gy Camargo


O número de pessoas que seguem dietas milagrosas na intenção de perder os quilinhos a mais aumenta a cada dia. O problema é que nem sempre estas dietas ajudam a resolver o problema, pelo contrário, muitas prejudicam, e muito, a nossa saúde. Portanto, quando se trata de saúde, todo o cuidado é pouco.

Entre as dietas mais comuns, temos a Dieta da USP, os alimentos presentes no cardápio permite que a pessoa perca a gordura indesejada, logo o emagrecimento ocorre de forma mais rápida do que em outras práticas.

Como já sabemos, toda dieta alimentar deve ser seguida corretamente para que os resultados desejados sejam atingidos.

Através do site www.dietadausp.net você encontra dicas, informações sobre a dieta e o cardápio a ser seguido.

Lembrando que antes de iniciar qualquer dieta é recomendável procurar um médico ou um nutricionista, nem sempre o que é bom para uma pessoa é bom para outra. Avalie o seu caso e faça a dieta corretamente.

Por Milena Evelyn


A indústria da moda e da mídia impõe que todos devem ser magros e esbeltos. No entanto, a indústria alimentícia vende comidas cada vez mais calóricas e artificiais. Por isso, é difícil manter-se sem gorduras atualmente. Isso faz com que as pessoas, principalmente as mulheres e jovens, passem a seguir dietas absurdas e até perigosas e o pior, sem efeitos.

Há a dieta do “Só”, na qual se pode ingerir apenas um tipo de alimento por dia. Há as dietas usadas por estrelas hollywoodianas, como a do cookie – comendo de 4 a 7 cookies por dia -, a do vinagre – bebem vinagre antes do almoço e do jantar – e a do ar –  injetam oxigênio nos alimentos.

Por outro lado, adolescentes apelam para dietas perigosas para a saúde, como o chá de pilha, que é altamente tóxico, ou comem algodão, podendo levar a morte.

Procure sempre um nutricionista para elaborar dietas saudáveis e orientá-lo sobre a forma mais correta de se alimentar, conforme o seu tipo físico. A sua saúde agradece!

Por Flávia Yoshitani


Para quem está fazendo dieta combinada com a prática de exercícios, o macarrão pode ser uma boa opção para ter muita energia para a malhação sem correr o risco de engordar. É só evitar o acompanhamento de molhos muito gordurosos.

Especialistas verificaram após muitos testes científicos que é o excesso de calorias que provoca a obesidade, e não os carboidratos. Eles consideram as dietas mais eficazes aquelas que emagrecem com alimentação adequada, combinando em porções adequadas proteínas, gorduras e carboidratos.

A ingestão equilibrada desses três macronutrientes é muito importante para uma dieta individualizada e que pode ser seguida durante toda a vida. Procure a orientação de um profissional para que ele faça uma avaliação e indique um programa alimentar específico para o seu caso.

Por Selma Isis

Fonte: Dra. Vanderli Marchiori, Médica especialista em Nutrição


Um livro que expõe uma nova forma de emagrecer é um sucesso de vendas no mundo todo. A “Dieta TNT”, dos autores Adam Campbell e Jeff Volek, propõe um método revolucionário de emagrecimento, com uma maior ingestão de proteínas.

Lançado no Brasil pela editora Universo dos Livros, a obra por aqui também é um sucesso de vendas. Em alguns sites, como a Americanas.com, já não há mais exemplares disponíveis para a venda.

O motivo do sucesso do livro é o plano de emagrecimento e nutrição elaborado por Jeff Volek, que é professor e colaborador da revista “Men's Health”, e o seu editor Adam Campbell.

A sigla TNT, tem o significado, em inglês, de um programa de Táticas de Nutrição Direcionadas. Ele possui um programa desenvolvido cientificamente, e que pode ser adaptado para qualquer tipo de corpo. A dieta visa um resultado a longo prazo, com mudanças de estilo de vida e alimentar visando fortalecer a saúde da pessoa.

Mesmo para pessoas com a agenda lotada, com o plano de três sessões semanais compostas por 30 minutos de exercícios físicos, durante 12 semanas, é possível diminuir de 7 a 14 kg de gordura, tonificar o corpo e reduzir significativamente os riscos de doenças cardíacas e diabetes.

O livro “Dieta TNT” possui 304 páginas e está à venda em diversos sites como o da própria editora Universo do Livros, o preço é de R$ 24,40:  

Por Selma Isis





CONTINUE NAVEGANDO: