Destilado Engorda? Qual Bebida Engorda Menos?





Confira aqui mais informações sobre as calorias das bebidas e descubra qual é a que menos engorda.

O fim do ano chegou, as festividades estão naturalmente se intensificando e as bebidas de todos os tipos correm soltas por aí. Certamente sempre há abuso no consumo de bebidas alcóolicas nesse período, o que não é bom. Entretanto, esse artigo não vai tratar da embriaguez, mas das calorias.

Para ser mais claro, o que vai determinar a quantidade de calorias existentes em um copo de drinque, por exemplo, será teor alcoólico que existe na garrafa de bebida. Se a mesma ainda estiver acrescida de carboidratos, tais como o açúcar, as proteínas e as gorduras na sua receita, essa solução se torna ainda mais calórica.




Para ilustrar melhor, seguem uma explicação básica:

Por exemplo: uma grama de carboidrato, ou mesmo de proteína, contém cerca de quatro kcal; uma grama de álcool contém cerca de sete kcal, além do mesmo teor de gordura, no caso, nove kcal.


Deste modo, em sua pureza, o gim, o uísque e a vodca não estão preenchidos de carboidratos (esse fato pode contribuir para a crença de que bebida alcóolica não engorda), entretanto, é justamente o grau de álcool presente neles que faz superar o de bebidas mais populares como o vinho e a cerveja. Por conseguinte, quanto mais alcoólica uma bebida mais calórica ela será, pelo acúmulo.

Não há necessidade, aqui, de descrever os desatrosos efeitos que o abuso de álcool faz ao nosso organismo, independentemente do teor calórico, se engorda ou não. O excesso de álcool é perigoso. O excesso de qualquer coisa pode ser perigoso, mas o álcool está entre as substâncias que mais prejudicam nossa saúde, pelo abuso, assim como o açúcar e a gordura.

O acúmulo de caloria e carboidratos em nosso organismo nos torna sedentários, excessivamente pesados, obstrui artérias, entre outros problemas que podem abreviar nossas vidas.

É claro que, de vez em quando não faz mal, porém, é sempre bom estar ciente dos elementos que compõem as bebidas que ingerimos.

É nesse ponto que salta aos olhos uma pequena vantagem nessa situação: esses tipos de bebidas, em geral, são consumidas em menor quantidade, em doses mínimas, considerando o seu paladar forte e ardido. Um jovem adolescente pode até apreciar uma latinha de cerveja ou mais, mas um copinho de conhaque não desce redondo e nem com a mesma facilidade que a cerveja.

Outro exemplo ilustra bem isso: a latinha de cerveja contém, sempre, 350 ml de líquido, que está preenchido de 140 de kcal, ao passo que, uma pequena dose de gim, que pode conter 30 ml, em geral possui o teor de 88 kcal.

Portanto, fazendo uma estatística básica: na virada do réveillon uma pessoa que beba até cinco latinhas de cerveja estará ingerindo em torno de 700 calorias.

Se a mesma pessoa decidir ingerir cinco doses puras de gim (sendo essa uma dosagem um tanto problemática para certas pessoas, em termos de embriagez), serão ingeridas de 440 kcal. Se essa bebida for ingerida em três doses, sendo de 30 ml cada, com vodca misturada, chegando a 100 ml de valor energético, o que totaliza mais 400 kcal.

Para ter uma ideia mais clara sobre as calorias contidas nas bebidas, veja a relação abaixo:

Bebidas na escala de 100 ml:

  • A cerveja possui 40 de kcal;
  • O Vinho tinto seco possui 87 de kcal;
  • O Vinho branco seco possui 87 de kcal;
  • O Espumante possui 98 de kcal;
  • A Vodca possui 295 de kcal;
  • O Gim possui 295 de kcal;
  • O Uísque possui 295 de kcal.

Fonte de pesquisa: a TBCA, ou Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos, fornecida por meio da USP.

Paulo Henrique dos Santos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *