Consumo de Chá pode Combater o Envelhecimento do Cérebro





Pesquisa revela que consumo de chá pode ajudar no combate ao envelhecimento do cérebro.

Uma das substâncias mais consumidas pela humanidade, desde tempos imemoriais, oriunda de diversos tipos de vegetais, portadora de fatores que agem beneficamente no organismo. O consumo de chá, segundo recente pesquisa, combate o envelhecimento no cérebro.

De acordo com o mesmo estudo, todo chá está repleto de funções terapêuticas. O consumo dessas substâncias aumentou e ao longo do tempo o chá tornou-se o grande aliado do bem-estar e da saúde física das pessoas. Uma pesquisa recentemente perpetrada por um grupo de estudiosos profissionais na Universidade Nacional de Singapura, fez divulgar que o consumo deste tipo de bebida pode render muitos benefícios para nossos cérebros.




O alvo dessa pesquisa foram grupos de adultos em idade de 60 anos para cima. Foram ministrados alguns testes cognitivos e demais ressonâncias magnéticas no sentido de analisar todas as capacidades motoras e o estado de saúde dos órgãos, em cada indivíduo.

O esquema da pesquisa, na medida em que os testes foram sendo realizados, consiste no seguinte:


Cada participante estava diante de uma série de questionários, versando sobre o tema dos diversos tipos de chás: o chá verde; o chá preto; o chá de oolong, que consiste em uma espécie de erva oriental, a qual é rigorosamente processada via oxidação, e, também, o café, que é uma espécie de chá.

De acordo com esse estudo:

Foram apresentados resultados que indicam, entre outros, um grande benefício do efeito do chá sobre o organismo de pessoas que consomem essa bebida, ao menos quatro vezes por semana, dentro de um período de até 25 anos.

A principal observação está no registro de maior número de conexões cerebrais, como efeito positivo. A combinação da fluidez da água com as substâncias das ervas.

Portanto, os efeitos que foram medidos e registrados abrem a primeira e importante evidência sobre a concreta e positiva contribuição do consumo de chás na estrutura do cérebro humano.

Beber chá, de modo regular, proporciona efeito positivo e protetor, que combate o declínio natural, que está relacionado à idade, infelizmente, na organização do funcionamento de nosso cérebro. Essa declaração foi emitida por meio da liderança dessa pesquisa, que foi realizado dentro de um rigoroso projeto, muito bem financiado e regido pelos melhores profissionais do ramo. O site oficial do The Guardian também revelou os resultados positivos dessa pesquisa.

Não é todo dia que uma notícia traz tantas boas novas. Os mesmos responsáveis pela pesquisa explicam, por meio de uma boa metáfora, que esses efeitos do chá no cérebro podem ser melhor compreendidos por meio do seguinte esquema:

Ao observamos um tráfego rodoviário, poderemos considerar cada região de nosso cérebro como os destinos que se vão bifurcando, em ruas, estradas, rodovias, em um fluxo contínuo.

Neste caso, as conexões existentes entre as regiões de nosso cérebro são as estradas. Na medida em que o sistema de uma rodovia está melhor estruturado e organizado, o fluxo dos veículos de diversos tipos, e de passageiros, se torna muito mais eficiente e rápido, sem necessidade de se incluírem mais recursos. Ou seja, todas as ramificações de vias, ruas, estradas são como os vasos sanguíneos em nosso cérebro que fazem fluir as substâncias de forma eficiente, sem obstruções. As substâncias de um bom chá ajudam a fazer fluir a circulação no organismo.

Deste modo, o efeito benéfico do chá, a longo prazo, é concreto e eficiente no organismo humano, sobretudo no cérebro. É muito recomendável que todas as pessoas adquiram esse hábito, muito saudável, do consumo de todo tipo de bom chá.

Paulo Henrique dos Santos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *