Ácido Hialurônico – O Que é, Benefícios





Confira aqui mais informações sobre o Ácido Hialurônico.

Lembra-se da pele lisa e elástica que tinha quando era mais jovem e que foi perdendo essas características com o passar dos anos?

Uma das substâncias responsáveis por manter a nossa pele dessa forma quando jovem é o ácido hialurônico, que é encontrado em grandes quantidades no nosso organismo nessa fase. No entanto, diminui com o passar dos anos.




Para ter uma pele saudável, lisa e firme por mais tempo, é importante repor as fontes dessa substância na pele.

No artigo de hoje, você vai conhecer um pouco mais sobre o ácido hialurônico: benefícios, como e onde e usar, efeitos colaterais e contraindicações.


O que é ácido hialurônico?

O ácido hialurônico é composto pelo ácido glucurônico: agente importante no sistema de desintoxicação das células, e a N-acetilglicosamina: inibidor da enzima elastase, substância responsável por causar o desgaste da elastina.

Ele está presente em todos os órgãos do nosso corpo, em medidas diferentes, sendo sua maior concentração na pele. É o responsável pelo volume que temos na pele, além disso, é o ácido hialurônico que lubrifica as nossas articulações.

Quando ele está em falta no organismo, começam a surgir os seguintes sintomas na pele:

  • Desidratação;
  • Rugas;
  • Sulcos;
  • Ressecamento;
  • Marcas de expressões atenuadas.

Para combater esse e outros sintomas é necessário repor a substância. Existem duas formas sintéticas de extrair essa substância: por meio de animais, como a crista do galo, ou pela fermentação de bactérias.

O ácido hialurônico sintético obtido a partir da fermentação de bactérias é o método mais utilizado, devido à possibilidade de produção em grande escala e a baixa incidência de reações alérgicas.

Veja abaixo como o ácido hialurônico é usado!

Como usar o ácido hialurônico e quais são as indicações?

O ácido hialurônico pode ser aplicado diretamente na pele para preencher sulcos, rugas ou dar volumes, esse procedimento pode ser realizado nos lábios, bigode chinês, olheiras e nas rugas glabelares.

Outra forma de tratar a pele com essa substância é fazendo uso de produtos que já possua o ácido hialurônico.

Ele é indicado para pessoas que já passaram dos vinte e cinco anos e começaram a sentir os impactos da carência do ácido hialurônico no organismo, principalmente os que são sentidos na pele do rosto.

Quais são os benefícios de usar o ácido hialurônico?

Já sabemos que o ácido hialurônico é um grande agente hidratante da pele, no entanto, seus benefícios não param por aí, além disso, ele:

  • Combate o envelhecimento precoce da pele;
  • Suaviza rugas e marcas de expressões;
  • Auxilia na melhora do contorno e volume de regiões do rosto;
  • Aumenta o colágeno da pele.

Quais são as contraindicações e efeitos colaterais?

O ácido hialurônico não pode ser injetado em pessoas com problemas de coagulação, hipersensibilidade a substância, problemas de pele, inflamações e feridas que ainda não foram tratadas ou em áreas onde tenha implantes fixos.

No caso das gestantes, não existe contraindicação para o uso de cosméticos, já para o tratamento realizado com aplicações, é recomendável apenas a partir do terceiro mês de gravidez.

É importante consultar o médico obstetra antes de realizar o procedimento de qualquer forma.

O produto é muito seguro e não apresenta riscos a saúde, pode ocorrer alguns efeitos colaterais, mas, com raridade: vermelhidão, edema, eritema, necrose, presença de nódulos, reações alérgicas, infecção causada por contaminação.

Todavia, as maiorias dos sintomas estão associados à inadimplência profissional, por conta disso, é importante buscar o auxílio de um profissional experiente e de confiança para fazer o tratamento com ácido hialurônico.

Não faça o uso da substância por conta própria em casos mais graves, busque sempre auxílio de um especialista, para que obtenha os resultados desejados.

Por Nara Sampaio



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *