Reduzir o sal da alimentação diminui riscos de doenças cardíacas



  

Pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, situada em São Francisco, apontou que os adolescentes que reduzem o consumo de sal nas suas refeições diárias, correm menos riscos, entre 30 até 40%, de contrair doenças do coração e derrame na fase adulta. Porém, segundo os pesquisadores, não são somente essas as vantagens.

Quando chegam à faixa dos 50 anos, os adolescentes que tiveram costume de reduzir o sal nos seus alimentos podem ter os seguintes benefícios: diminuição de até 12% de doenças coronarianas, até 15% nos riscos de sofrer ataques cardíacos e até 8% nas chances de derrames.





De acordo com informações da Associação Americana do Coração, o recomendável é que o consumo diário não ultrapasse a 1,5 gramas de sal. Quem é acostumado a comer uma pizza constantemente, tem que tomar cuidado. O Centro Nacional de Estatísticas da Saúde afirma que o alimento é um dos mais prejudiciais, quando se trata de quantidade de sal.

Fonte: Terra

Por Oscar Ariel



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *