Hábitos alimentares que prejudicam o desempenho



  

Um estudo realizado pelo site americano EverUp aponta alguns hábitos alimentares que prejudicam o nosso desempenho.

Muitas pessoas se queixam da baixa produtividade durante o dia de trabalho e não a que se deve à falta de rendimento e cansaço. A maioria dessas pessoas não imagina, mas esse problema pode estar relacionado com os hábitos alimentares diários. Um estudo realizado pelo site americano EverUp aponta alguns hábitos alimentares que prejudicam o nosso desempenho.

– Sair de casa sem fazer o desjejum: Acordar, se arrumar e sair para o trabalho sem ingerir nada, não é bom para o nosso organismo, pois depois de dormir por muitas horas, o nível de açúcar no sangue tende a cair e assim o nível de energia também cai e sem energia o cérebro não desempenha as suas funções de forma adequada. Dessa forma, recomenda-se as proteínas, leite, iogurte, ovos e etc.

– Excesso de carboidratos no almoço: macarrão, arroz branco, pão, doces, sucos concentrados e refrigerantes, são alimentos que possuem muito carboidrato simples e depois de ingeridos de forma rápida, levam a uma instabilidade de energia no organismo. O ideal é escolher carboidratos como vegetais e grãos (ervilha, lentilha e feijão) e cereais integrais, que são digeridos de forma mais lenta e levam a estabilização do nível de energia.

– Não almoçar: às vezes na correria não sobra tempo para o almoço, mas ficar sem essa alimentação é um retrocesso, pois o organismo precisa se reabastecer, caso contrário entra em lentidão, pela falta de energia e o ânimo acaba. Os especialistas recomendam que a cada 3 horas se realize a alimentação, que dá a energia que garante a concentração e a disposição.





– Muito café: um cafezinho vez ou outra, até é bom para dar aquela alertada. Mas quem tem o hábito de tomar vários cafezinhos (mais de 4 xícaras) pode sentir o efeito contrário da cafeína, que gera irritabilidade, inquietação e dores no estômago, que influenciam negativamente o rendimento.

– Pouca ingestão de água: para funcionar bem o cérebro precisa da hidratação, caso contrário a memória e o humor são prejudicados, juntamente com a concentração. O recomendado é a ingestão de dois litros por dia.

– Excesso de doces: Se ao sentir fome, ingere-se doces, o nível de energia sobe muito rápido, mas tende a cair muito e de forma muito rápida, gerando aquele efeito de sono. O ideal é trocar o chocolate da tarde por uma fruta.

Faça o teste e veja o resultado, eduque a sua alimentação e aumente a sua produtividade.

Por Sirlene Montes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *