Você com certeza já ouviu falar em Whey Protein. Se nunca ouviu, saiba que este é o produto mais famoso das academias.

A expressão "wheyProtein" quer dizer "soro do leite". Há tempos atrás o soro do leite era apenas um sub-produto da produção do queijo e não tinha valor algum comercial. Com o passar do tempo, após algumas pesquisas, os cientistas resolveram estudar esse soro mais detalhadamente e acabaram percebendo que esse simples soro se tratava de uma excelente fonte de proteínas de alto valor biológico.

Ele possui aminoácidos essenciais (justamente aqueles que o corpo não produz) de maneira abundante. Também observaram ainda que essa proteína era digerida facilmente, além de ser muito bem absorvida e utilizada no organismo.

Foi assim que hoje o whey protein se tornou o produto mais popular no universo dos suplementos alimentares, ganhando muita força no mercado internacional e substituindo a proteína da clara do ovo (ou albumina), que era muito utilizada anteriormente.

De modo geral, as proteínas possuem funções importantes no sistema imunológico, elevando a concentração de antioxidantes e favorecem o combate de várias infecções e doenças, além de serem ainda a principal matéria-prima para a construção muscular. Portanto, é de suma importância comer alimentos ricos em proteínas após a prática de atividades físicas, principalmente àquelas relacionadas com exercício de musculação

O Whey Protein é o suplemento que fornece todos os aminoácidos necessários para reparar e promover o crescimento muscular.

Por Thaís Cortez


A vida de um adolescente pode ser preenchida com uma superabundância de situações indutoras de stress – trabalho escolar, desporto, círculos de amigos, aprender a dirigir e criar um apelo sexual. Essas situações podem ser assistidas através de suplementos de proteína que são perfeitamente seguros para os adolescentes de ambos os sexos e de todas as idades. Os suplementos à base de proteína podem ser encontrados em qualquer lojas de alimentação.Se você pretende usá-los é necessário fazê-los trabalhar a seu favor.

Existem dois principais tipos de suplementos protéicos no mercado – a caseína e a proteína do soro. Cada uma destas proteínas deriva de leite e vem em forma de pó fino. Enquanto a contagem de calorias de cada opção pode variar, ambas as proteínas são perfeitamente seguras para que os adolescentes tomem regularmente, até porque elas são dois tipos de proteínas que compõem o leite materno.

Recomenda-se uma quantidade específica de proteína por dia para cada pessoa com base em seu peso corporal e nível de atividade. A quantidade recomendada para pessoas que vivem um estilo de vida sedentário é 0,5 g de proteína por quilo de peso corporal, 0,8 g de proteína por quilo corporal para pessoas que se exercitam com freqüência e 1,0 g de proteína por quilo corporal para quem deseja ganhar massa muscular magra. Esta recomendação, no entanto, podem saltar consideravelmente, podendo chegar ao dobro dos valores mencionados, para os adolescentes e crianças em crescimento.

A Whey protein (proteína de soro) é de rápida absorção. Isto significa que você pode ter várias porções de proteína de soro de leite por dia, com efeitos colaterais zero. A Whey pode também reduzir as chances das meninas adolescentes desenvolverem câncer de mama. De acordo com pesquisas, mulheres que comeram a proteína de soro regularmente tinham uma chance 56 por cento menor de desenvolver câncer de mama do que aquelas que comiam outras formas de proteína.

A caseína é uma proteína de digestão lenta, levando por vezes até sete horas para deixar o estômago, portanto ela funciona de forma mais eficiente se for tomada antes de ir dormir à noite. A caseína libera um fluxo constante de aminoácidos essenciais para a construção muscular, ao contrário da proteína do soro de leite, que libera uma grande quantidade de aminoácidos em um período muito curto de tempo.

Os suplementos proteicos podem ser extremamente eficazes no desenvolvimento de músculo esquelético para adolescentes, no entanto, estes suplementos contêm certas quantidades de calorias que devem permanecer dentro de uma diretriz segura, mesmo para os adolescentes. A quantidade que adolescentes podem comer é largamente dependente do seu nível de atividade. adolescentes sedentários precisam de comer entre 1.600 e 2.400 calorias, adolescentes moderadamente ativos necessitam entre 1.600 e 2.800 calorias e adolescentes muito ativos necessitam entre 1.800 e 3.200 calorias por dia. Para determinar a sua recomendação específica calórica, use as tabelas de calorias ou consulte seu médico.

Por Rodolfo Fialho


De todos os componentes de uma dieta de perda de peso bem-sucedida, poucos se podem comparar em importância ao consumo de proteína ideal. Enquanto alimentos integrais podem ser uma grande fonte de proteínas, muitos se voltaram para a proteína de soro do leite (ou whey protein) e outros suplementos para satisfazer as suas necessidades diárias deste nutriente. Antes de decidir tomar suplementos de soro de leite, no entanto, é importante entender os riscos e benefícios que essa proteína pode proporcionar.

Um dos mitos mais comuns associados com o consumo de suplementos protéicos é que eles podem aumentar o risco de osteoporose. Esta teoria foi baseada em indícios de que o aumento do consumo de proteínas pode elevar os níveis de excreção de cálcio na urina, os pesquisadores levantaram a hipótese de que esse desprendimento de cálcio seria causado pela suplementação proteica. Estudos posteriores mostraram, contudo, que o motivo foi realmente causado pelos suplementos de proteína, tais como a whey protein, que são muito ricos em cálcio, e essa excreção foi um resultado da ingestão de cálcio aumentada. Na verdade, descobriu-se que quando a ingestão de cálcio é adequada, o consumo extra de proteína diminuiu o riscos da osteoporose.

Uma das razões para a whey protein ser particularmente benéfica para perda de peso é que ela consiste de proteínas de qualidade muito superior em relação a maioria das fontes de proteína. A alta concentração de todos os aminoácidos essenciais, aqueles que não produzimos, aliada a uma excelente digestibilidade, fazem dela um tipo de proteína de alto valor biológico. Na verdade, o soro possui elevados índices de leucina, isoleucina e valina, os principais aminoácidos que são responsáveis pela síntese de proteínas.

Outra razão pela qual a whey protein pode ajudar na perda de gordura é a sua capacidade de aumentar o seu déficit calórico diário. A proteína é significativamente mais saciante que os carboidratos ou gordura. Além disso, proteínas são muito mais difíceis para o seu copo digerir do que os demais macronutrientes, levando a níveis muito maiores de termogênese pós-prandial, ou seja, a proteína causa a queima de maior quantidade de calorias em repouso durante o dia.

Outro motivo pelo qual a proteína de soro de leite pode ser benéfica ao tentar perder peso é devido à sua capacidade de ajudar a preservar a massa magra. Durante períodos de déficit calórico, o organismo prefere quebrar o músculo para obter energia, pois células musculares são mais metabolicamente ativas do que as de gordura. Perder massa magra do corpo quando se esta de dieta pode ter conseqüências negativas sobre sua saúde e sobre os resultados de sua dieta, uma vez que uma menor quantidade de massa magra implicará em uma taxa metabólica basal menor.

Por Rodolfo Fialho





CONTINUE NAVEGANDO: