Confira aqui algumas dicas de alimentos que podem ajudar você a ter uma melhor noite de sono.

Você não tem conseguido dormir direito? Deita cansado e acorda ainda pior? Além de consultar-se com um médico e melhorar a sua qualidade de vida por meio da prática de exercícios físicos, você também pode tratar esse problema a partir do consumo de alimentos compostos por nutrientes que favorecem o sono.

Tudo o que você come durante o dia e o horário em que faz isso impacta o seu organismo, podendo fazer com que você tenha mais ou menos facilidade para dormir durante a noite.

Quer saber mais? Conheça, a seguir, quais são os alimentos que não podem faltar na sua dieta!

1. Grãos integrais

Você sente aquela agitação antes de se deitar? Para combater essa sensação, procure comer uma torrada ou pedaço de pão integral. Isso porque, os grãos integrais estimulam a produção de insulina, fator que auxilia as vias neurais a desenvolver triptofano — um tipo de aminoácido que age como sedativo no cérebro humano.

2. Mel

Que tal colocar um pouquinho de mel no seu chá ou leite de duas a três horas antes de deitar para dormir? Com apenas um fio de mel, pode-se diminuir os níveis de orexina — um neurotransmissor que eleva o nível de alerta do seu organismo.

3. Banana

Essa fruta tem uma grande quantidade de potássio, que é um mineral de suma importância para uma boa noite de sono. Sem falar que a banana também tem magnésio e triptofano, que fazem com que ela atue como um sedativo natural.

4. Nozes

Consumir um punhado de nozes vai te ajudar a pegar no sono profundamente. Afinal, elas são ótimas para ampliar a quantidade de serotonina no cérebro e também possuem triptofano e magnésio. Outras opções com o mesmo poder são sementes de girassol, de abóbora e linhaça.

5. Feijão

Cada vez mais as vitaminas pertencentes ao complexo B são utilizadas para reduzir a ansiedade, estresse e tratar a insônia. Uma alternativa natural rica nesses componentes é o feijão, que tem vitaminas como niacina, B6 e ácido fólico.

6. Iogurte

O iogurte é rico em cálcio — item que é fundamental para que os hormônios indutores do sono sejam processados — a melatonina e triptofano. Portanto, para adormecer rápido, você pode apostar em uma tigela de iogurte com outros ingredientes, como pedaços de frutas ou granola.

7. Uva

A uva tem uma enorme concentração de melatonina. Além de ser encontrado na fruta, o hormônio também está presente no vinho. Contudo, é preciso ter cuidado com o consumo dessa bebida, pois a ingestão em excesso pode impedir que você tenha um sono de longa duração.

8. Grão de bico

Colocar esse alimento na sua dieta é recomendado devido ao fator de oferecer uma boa quantidade de vitamina B6, que auxilia na produção de serotonina — considerado o hormônio da felicidade, que é capaz de melhorar a sua saúde mental e trazer a sensação de tranquilidade.

9. Leite

Tomar um copo de leite quente antes de dormir pode proporcionar uma noite de sono mais calma. Certamente, você já ouviu essa recomendação da sua mãe, mas mais do que uma tradição antiga, esse recurso tem resultados comprovados cientificamente. Tente tomar um copo, pelo menos, 30 minutos antes de ir para a cama.

10. Chá de camomila

Ao contrário dos chás tradicionais, essa bebida não tem cafeína e fornece um efeito calmante para o nosso organismo. Outra razão para investir no chá de camomila, é porque um líquido quente na hora de dormir eleva o calor do corpo, deixando-o mais sonolento.

Com esses alimentos, além de adotar uma dieta mais saudável, você também garante uma noite bem dormida, que revigora a suas energias, fazendo com que haja mais disposição para cumprir as suas tarefas diárias.

Texto por Simone Leal


Confira aqui uma lista com 9 plantas que podem melhorar o seu sono.

A falta de sono ou a qualidade de sono ruim é bem comum na vida da maioria das pessoas. Afinal, a vida moderna é cheia de agitações, como o uso exagerado de celulares, tablets e computadores, ainda tem o problema do trânsito, que nas grandes cidades é muito estressante. Enfim, na hora de dormir as pessoas simplesmente têm sono leve, agitado ou até mesmo insônia.

Um estudo revelou que algumas plantas possuem algumas propriedades que auxiliam nessa questão do sono e é possível tê-las em casa. Veja abaixo 9 plantas que podem te ajudar a pegar no sono e dormir mais.

Lavanda:

Seu óleo já é bastante usado como aromatizador de ambientes ou em inalação, pois ajuda a baixar a frequência cardíaca, combatendo a ansiedade e o estresse, causando relaxamento e melhorando o sono. Já a planta pode ser colocada dentro de casa, em locais mais ensolarados.

Babosa:

Também conhecida como aloe-vera, possui propriedades que purificam o ar, liberando mais oxigênio. A planta deve estar sempre em locais ensolarados e não necessita de grandes cuidados.

Jasmim:

Seu aroma auxilia na redução da ansiedade levando ao relaxamento. Além disso, decora o ambiente pois é uma flor. Deixe seu vaso na janela, por exemplo, onde pode pegar bastante luz solar.

Espada-de-São-Jorge:

A noite libera mais oxigênio e purifica o ar. Recomendada para residências com pessoas portadoras de problemas respiratórios, cefaleias e irritação dos olhos. Fácil de cuidar, pode ficar em qualquer lugar da casa.

Lírio-da-Paz:

Aumenta a umidade do ar em até 5%, considerado assim um purificador natural. Ótima para a eliminação de agentes alergênicos do ar. Precisa de pouca luz e água apenas uma vez na semana.

Gardênia:

Seu aroma tem um efeito sedativo que reduz a ansiedade, provocando o aumento de sono. É uma linda flor, contudo, exige mais cuidados, pois não pode ser exposta diretamente ao sol, mas precisam de lugares iluminados.

Hera:

Absorve toxinas nocivas que ficam no ar, inclusive os agentes do mofo, o que reduz alergias e também irritações pulmonares. Deve ser colocada no alto, pois além de crescerem para baixo, são tóxicas, principalmente para crianças.

Clorofilo:

É ótima na absorção de fumaça e odores, aumentando os níveis de oxigênio, o que melhora o sono. A planta só precisa de um ambiente iluminado e água uma vez por semana.

Gerbéra:

Elimina substâncias tóxicas do ambiente e libera oxigênio. São flores muito lindas que enfeitam qualquer ambiente. Precisam de muita luz solar.

Sirlene Montes


Saiba aqui a importância de se dormir bem e os seus reflexos na perda de peso.

Quem precisa perder peso logo imagina uma dura rotina para eliminar a gordura acumulada. Dieta e muita atividade física deverão fazer parte da nova rotina da pessoa, entretanto, tem uma outra atitude que precisa ser lembrada, que é o simples ato de dormir.

Vários estudos científicos já foram realizados nesse sentido e mostram que a quantidade de sono influencia na quantidade de calorias eliminadas. Claro que nem todas as pessoas irão perder a mesma quantidade de calorias após dormirem 7 horas, afinal, cada organismo tem suas próprias características, mas é certo que dormir ajuda a perder peso.

Quem dorme menos de 7 horas por noite, tem uma forte tendência a comer mais no decorrer do dia, ou seja, uma péssima notícia para quem precisa reduzir a ingestão de alimentos.

Mas não basta apenas investir na quantidade de horas dormidas, é preciso se preocupar com a qualidade. A pessoa que dormir 7 horas, mas acordar várias vezes durante o sono, vai sentir muito mais fome durante o dia, do que uma pessoa que teve uma boa noite de sono.

Após vários estudos, cientistas descobriram que se a pessoa tem o sono interrompido ela acaba afetando dois hormônios que estão ligados à sensação de fome. Outro problema de não ter um sono de qualidade é que o organismo inibe a leptina, responsável por dizer ao nosso cérebro que o corpo tem energia de reserva e não precisamos comer mais.

Outro problema que surge quando não dormirmos o suficiente é que nosso organismo começa a ter uma preferência maior por alimentos com alto teor de gordura e também de açúcar. Isso significa que, durante o dia, vamos sentir uma vontade enorme de comer doces, salgados gordurosos e todo tipo de alimento que nos faz ganhar peso.

A dica para quem precisa perder peso ou manter as medidas é investir em boas noites de sono, dormindo ao menos 7 horas e com qualidade, assim ficará muito mais fácil controlar o apetite no decorrer do dia.

E finalmente, não podemos nos esquecer que, dormindo bem, no dia seguinte nós teremos muito mais disposição para praticar atividades físicas e assim iremos perder peso de forma mais rápida.

Por Russel


A restrição do sono pode intensificar o consumo de comida na busca pelo prazer e pela satisfação.

Você tem dormido mal e ainda é viciado em bala, biscoito ou salgado? Adora atacar a geladeira durante à noite, procurando um salgadinho? De acordo com um estudo, a falta de sono pode aumentar a fissura por sal, açúcar ou gordura.

Um estudo feito pela Universidade de Chicago mostrou que a falta de sono provoca no organismo a liberação de endocanabinoides, que é o princípio ativo da maconha. Os participantes da pesquisa foram submetidos à privação de sono, que provocou o aumento por alimentos que são nocivos à saúde como, por exemplo, o excesso de sal, açúcar ou gordura.

Com os endocanabinoides atuando no organismo, a fome foi estimulada, porque a substância age impedindo a saciedade. A privação do sono funciona de maneira similar à causa chamada “larica”, que é a fome repentina que os usuários de maconha costumam ter.

Participaram do estudo da Universidade 14 voluntários e o sangue foi monitorado para os níveis de 2-AG, que é uma molécula endocanabinoide, que atua na regulação da fome no organismo. Os candidatos foram divididos em dois grupos, sendo que um tinha 8 horas e meia de sono e o outro apenas 4 horas e meia. O experimento teve a duração de 4 dias e eles comiam porções iguais de café da manhã, almoço e jantar.

No grupo que teve 04 horas e meia de sono o nível da molécula foi de 33% maior. Este resultado indicou um consumo maior de alimentos que são considerados nocivos à saúde. Além disso, no último dia da pesquisa, os cientistas ofereceram aos participantes petiscos variados. As pessoas que estavam no grupo de privação do sono comeram uma quantidade muito maior de itens que são menos saudáveis como, por exemplo, biscoito, batata chips e balas. Um dos líderes da condução da pesquisa revelou que a restrição do sono pode intensificar o consumo de comida na busca pelo prazer e pela satisfação.  

Por isso, procure estabelecer hábitos saudáveis na sua rotina como uma alimentação equilibrada (frutas, verduras e legumes), atividade física e uma boa noite de sono. É necessário ter equilíbrio e tentar manter uma boa qualidade de vida, apesar da agitação que faz parte da vida moderna. 

Por Babi

Falta de sono

Foto: Divulgação


Dormir bem é sempre um bom remédio para todos os males. Seja quando estamos tristes com dor de cabeça, mal-humorados, etc. É só ter uma boa noite de sono que os problemas parecem desaparecer naquele momento. Porém, por melhor que sejam nossas noites de sono, infelizmente nem todos têm essa mesma sorte de aproveitar os benefícios que ele oferece.

Se você está entre uma dessas pessoas, então atente-se às dicas a seguir e comece a ter uma boa noite de sono logo:

– Coma alimentos saudáveis e leves à noite:

Ao invés de jantar durante a noite, prefira ingerir alimentos saudáveis e de fácil digestão, como frutas, cereais, sopas, leite quente, etc. Quanto mais leve for a digestão, mais tranquilo e proveitoso será o seu sono.

– Evite certas atividades no período noturno:

Muitas pessoas têm o hábito de assistir televisão, ler, dormir ouvindo música e ficar na internet com o computador ou outros aparelhos eletrônicos ligados até de madrugada. Isso de fato é crucial para a saúde do seu sono e te coloca à beira de um ataque de insônia, que pode perdurar por muito tempo, resultando em problemas irreversíveis mais tarde.

– Procure a posição adequada:

Há pessoas que já estão acostumadas a dormir de uma certa forma, e outras que variam muito durante a noite. Especialistas afirmam que dormir de lado pode ser melhor para a saúde da coluna vertebral. Porém, mesmo assim, se você não achar que é uma posição confortável, então deve procurar aquela em que você se adapte mais.

– Procure um médico:

Caso seu problema de insônia persistir, procure imediatamente um médico especialista na área para te orientar a viver da melhor forma, e assim melhorar o desempenho do seu sono. Dependendo do caso, se você seguir as dicas direitinho, poderá amenizar grande parte do seu problema. Mesmo assim, é indispensável que você tenha autocontrole e determinação em suas tarefas.

Por Daniela Almeida da Silva


Para quem acha que dormir após o almoço é sinônimo de preguiça, deve rever seus conceitos. Recentes estudos sobre esse hábito mostram os grandes benefícios que esse simples gesto nos proporciona.

Além de nos deixar mais dispostos para enfrentar o restante do dia de trabalho, os pesquisadores da Universidade de Lubeck comprovaram que o sono ajuda melhorar a memória, assunto que foi reportado pela revista “Nature Neuroscience”.

Outros benefícios adquiridos é o melhoramento do sistema cardiovascular e a diminuição em 37% da mortalidade por infarto.

O ideal seria descansar por trinta minutos antes de começar as atividades vespertinas, assim você se sentirá revigorado e mais disposto a resolver qualquer situação. Não esquecendo de que é apenas para revigorar, não para compensar uma noite mal dormida.

Não é aconselhável esta prática a pessoas que sofram de insônia.

Por Priscila Marques


Nada melhor depois um dia intenso de trabalho que uma boa noite de sono. Porém, nem sempre isso é possível. Muitas pessoas sofrem até conseguirem relaxar completamente, e pior, acordam no dia seguinte exaustas. Aqui vão algumas dicas de como ajudar a ter um melhor descanso:

  • Tomar um copo de leite antes de se deitar não é mito. Realmente ajuda, pois o liquido contém aminoácido triptofano, o qual ajuda no relaxamento dos seus músculos.
  • Deixe o seu quarto com um bom ambiente e climatização, os quais sejam agradáveis para o sono.
  • Praticar exercícios moderados antes de dormir, também condiciona ao um melhor descanso.
  • Deixe os seus problemas do dia seguinte para depois que acordar, ficar pensando neles somente atrapalha a noite.
  • Não é uma boa ideia beber café ou álcool, ou ainda fumar, antes do sono, evite tais hábitos até seis horas antes de cair na cama.
  • Por fim, tome um bom banho em água morna, assim deixando o corpo mais leve para o sono.

Por Oscar Ariel





CONTINUE NAVEGANDO: