Sabe aquela sensação ruim, de inchaço, muito característica após um final de semana recheado de comidas deliciosas e pesadas? O jeito para fazer este mal estar passar é maneirar no dia seguinte, fazer as alimentações leves, ricas em certos ingredientes capazes de reduzir esta sensação.

E não há refeição melhor para cumprir esta missão do que uma saborosa salada. Mas não estamos falando daquela mistura de alface com tomate, que a palavra “salada” logo remete. Na verdade, este prato pode ser muito mais saboroso do que muita gente imagina, e o melhor, trazer inúmeros benefícios, entre eles, dar a sensação de leveza. O segredo? Apostar em ingredientes inusitados, para conferir sabor e os nutrientes dos quais necessitamos.

Quer um exemplo? Misture cor à sua salada: cenoura, pimentão, beterraba, mandioquinha, entre outros. Lembre-se sempre que a dica para saber se você está se alimentando direito é fazer refeições coloridas, o que indica a riqueza de nutrientes.  

Outra boa opção para transformar sua salada é acrescentar ingredientes saborosos, porém leves, como uma posta pequena de salmão, por exemplo. Queijos magros também são nutritivos e saborosos, e combinam muito bem com os vegetais. E ainda, poderão ser utilizados ingredientes crocantes, para “acordar” o paladar, como nozes, amêndoas e castanhas.

Gostou das dicas? Aposto que bateu aquela vontade de comer uma saladinha, não é mesmo? Pois agora que já sabe preparar um prato delicioso e leve, não há mais desculpas para fugir do cardápio saudável depois dos exageros cometidos.

Por Leni do Vale


O verão é uma época perfeita para aproveitar e pegar leve com a alimentação.

O tempo quente pede por uma alimentação mais leve e refrescante que ao mesmo tempo hidrate o corpo. É o caso de apostar em folhas, verduras e frutas. Não estou falando de comer isto separadamente, a dica é misturar tudo.

Um bom exemplo é combinar as folhas da rúcula com pepino ralado e pedaços de abacaxi. Um molho de alecrim dá um toque fino e refrescante ao prato. Isto é um de muitos exemplos. Use sua criatividade, aposte em combinações exóticas, sem nenhum perigo de passar mal com um prato pesado e gorduroso, que não combina nada com esta estação do ano.

Por Teresa Almeida


Se você costuma encarar uma alimentação pesada, carregada de gorduras e açúcar, e está querendo mudar o cardápio, uma boa opção, de acordo com especialistas, é comer mais saladas. E quanto mais colorida, melhor.

Optando pela salada, bem balanceada com legumes e verduras, você vai consumir um pouco de tudo que o organismo necessita para uma vida mais saudável, que são fibras, vitaminas e minerais. Ao final da refeição, vai se sentir satisfeito e sem culpa. E tem mais. Dependendo da combinação que você fizer, a salada pode valer o mesmo que uma refeição tradicional.

Para temperar, o melhor é evitar sal. Use azeite (duas colheres de sopa no máximo) e limão. O limão, além de ajudar na absorção de ferro, pode ajudar a perder uns quilinhos.

A dica está aí. Monte a sua salada e bom apetite!

Por André Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: