Os alimentos antioxidantes ganham cada vez mais espaço devido a sua ação em nosso organismo e os benefícios que promovem.

Cada vez mais as pessoas compreendem que alimentação é um fator decisivo para a manutenção da saúde e bem estar. Os alimentos não servem apenas para nutrir o corpo, mas também o protege de várias doenças.

É nesse contexto que os antioxidantes ganham cada vez mais espaço devido a sua ação em nosso organismo e os benefícios que promovem. Nesse artigo, você vai conhecer mais sobre os antioxidantes e quais alimentos consumir para usufruir de seus benefícios, confira.

O que são antioxidantes e como eles funcionam

Os antioxidantes são substâncias presentes em uma variedade de alimentos e tem por função proteger o organismo dos radicais livres.

Os radicais livres prejudicam as células ao oxidá-las, comprometendo sua função ou até mesmo eliminando células saudáveis. Esses compostos surgem em nosso organismo de forma natural, pela própria ação metabólica do corpo, ou por um reflexo da nossa vida com mais consumo de açúcares, bebidas, cigarros, cosméticos sintéticos, gorduras, poluição, estresse.

Benefícios dos antioxidantes

· Combate o envelhecimento precoce;

· Protege as células contra os radicais livres;

· Auxilia na prevenção de infartos, aterosclerose e AVC (Acidente vascular cerebral);

· Ajudam a prevenir doenças neurodegenerativas como Parkinson, Esclerose e Alzheimer;

· Auxiliam no tratamento e prevenção de doenças reumáticas;

· Atuam na prevenção de vários tipos de cânceres.

O consumo de antioxidantes

Conhecendo a importância dessa substância em nosso corpo e como ela ajuda as nossas células se manterem saudáveis, é hora de implantar em nossa rotina, alimentos ricos em antioxidantes. Segue a lista:

Aveia

Sendo um cereal integral é rica em vitamina B e Vitamina E, também possui magnésio, fósforo e silício que fortalecem o sistema imunológico.

Azeite de Oliva

Além de ser delicioso, o azeite extravirgem de boa qualidade, não aqueles que são misturados ao óleo de soja, e que de preferência são mantidos em garrafas de vidro escuras, é excelente no combate ao envelhecimento e ajudam também no combate a doenças arteriais.

Linhaça

Com grande teor de fibra, a linhaça é conhecida por limpar o organismo. Também é rica em zinco, vitamina E, manganês, ômega 3 e 6 sendo assim, um anti-inflamatório natural. Ela é ótima no controle do nível de açúcar no sangue e protege contra osteoporose e câncer de mama.

Alho

Usado em nossa culinária como um ótimo tempero, o alho tem excelentes ações antibacterianas, antifúngicas e anti-inflamatórias.

Uva

Por conter muitos polifenóis, o suco de uva integral ou uma taça de vinho é um ótimo antioxidante.

Batata-doce

Querida no mundo fitness, a batata doce possui potássio, manganês e vitamina C. Sendo um alimento versátil, ela pode ser usada em pratos doces ou salgados.

Cacau

Há milhares de anos, os povos antigos já usavam a semente do cacaueiro em sua culinária. Ele é rico em antioxidantes, como flavonoides e polifenois. Mas é bom ressaltar que os benefícios são obtidos pelo cacau natural, não em barras de chocolates. É preciso escolher o cacau em pó alcalino 100%.

Açafrão

Essa especiaria tem ação anti-inflamatória comprovada e é antioxidante. É possível consumir em arroz, caldos ou feijão.

Laranja

A laranja é bastante consumida no Brasil. Com grande quantidade de vitamina C, ácido fólico, vitamina A, magnésio, cobre, potássio, flavonóides e fibras, a laranja impede que os radicais livres estraguem os tecidos do corpo.

Salmão, sardinha e arenque

Ricos em ômega 3 consumi-los ao menos uma vez por semana, garante uma boa quantidade de carotenoides e Vitamina C ao organismo.

Chá verde

Bem conhecido pelas pessoas em dieta para emagrecimento, o chá verde é um potente antioxidante, por possuir catequinas, epicatequina e flavonoides. Combate com eficiência os radicais livres e ainda eliminando toxinas.

Agora que já conhece os principais alimentos ricos em antioxidantes, basta incluí-los na rotina para aumentar a imunidade, evitar o envelhecimento precoce e obter uma melhor qualidade de vida.

Por Fabíola de Moraes

Alimentos antioxidantes


Mesmo você estando cansado de ouvir a frase “você é o que você come”, nunca parou para pensar como pode aproveitar essa deixa para melhorar seu rendimento no trabalho? Muitas vezes a correria do dia a dia não nos permite se alimentar corretamente. No entanto, o momento de uma refeição tem que ser sempre priorizada e respeitada.

Ao longo do dia a nossa alimentação deve ser bem fracionada, com uma refeição a cada três horas, no máximo, pois isso evita a queda de glicose e a falta de energia no nosso organismo. Se não for possível essa regra corretamente, então jamais deixe de fazer muito bem as três maiores refeições do dia: tomar um café da manhã reforçado e mais nutritivo, um almoço com uma alimentação balanceada e leve com muitos nutrientes e um café da tarde ou um lanche reforçado, simplesmente para repor as energias após o expediente do trabalho.

Alimentos ricos em gorduras e açúcares devem ser totalmente evitados, pois são difícil de serem digeridos, e podem causar desconfortos no intestinos e comprometer nossa energia. Mesmo assim, prefira o açúcar natural, como a frutose, e tenha sempre uma fruta perto de você. As frutas contêm açúcares naturais que nosso organismo necessita para a porção diária de açúcar no sangue, por exemplo. Outra dica funcional também é ingerir bastante líquidos durante o dia, pode ser água ou um suco natural, no mínimo dois litros por dia, pois ajuda na hidratação do corpo e na reposição de energias. 

Se a sua intenção é melhorar o desempenho e a concentração no trabalho, prefira alimentos como vegetais, sementes, nozes e grãos, pois eles possuem diversas propriedades que contribuem para renovação das células nervosas do corpo.

Quem está querendo ter mais disposição durante o dia, o bom é substituir a xícara de café por uma xícara de chá verde, pode ser na manhã ou durante o dia, pois ele contém menos cafeína do que o próprio café, e acelera o metabolismo, estimulando o cérebro e as funções do organismo a agirem mais rápido. Cereais integrais como o trigo, o arroz, a aveia e a quinua em flocos, bem como a amêndoas e também frutas como maçã e banana, dão muita energia para o corpo e ajudam a manter o pique durante o dia.

Por Daniela Almeida da Silva


Quer ficar mais jovem? Então coma comida crua. É o que nos ensina Susan Reynolds, do alto de sua experiência, aos somente 29 anos de idade. A moça segue uma dieta no mínimo inusitada para a maioria das culturas do mundo: sua alimentação se restringe à nozes, frutas, sementes e vegetais.

O mais importante dessa dieta é que ela tem funcionado tão bem que Susan passa tranquilamente a aparência de ter somente 16 anos, o que a faz acreditar piamente que o segredo da sua juventude é a sua filosofia de nutrição, segundo o Daily Mail.

Ela afirma não cozinhar alimentos há sete anos seguidos, tudo o que entra na sua boca é absolutamente cru. São porções de frutas, vegetais diárias, além de sopas gelada de espinafre, alface e ervas.

Antes dessa revolução alimentar, Susan levava uma vida “normal” na universidade, comia os convencionais fasts foods, consumia álcool em excesso. A grande virada da sua vida tem uma origem clara: a terapia com ioga, que passou a adotar desde os 21 anos, quando conheceu a Índia.

De lá para cá, o vegetarianismo passou a fazer parte de sua vida, até mesmo a profissional, uma vez que também ensina receitas de sua dieta e instrui outras pessoas a adotarem sua prática.

Mas as benesses dessa alimentação não se transfiguram apenas em efeitos físicos evidentes. Susan conta que também sente benefícios mentais importantes, como a melhoria da capacidade de fazer escolhas, a clareza do pensamento, o equilíbrio emocional e, portanto, se considera uma pessoa muito feliz.

Que mais Susan poderia pedir à vida?

Por Michelle de Oliveira


Alguns alimentos são fundamentais para ter uma vida mais saudável. Dificilmente conseguimos consumir tudo o que falam que é importante, mas algumas pequenas mudanças já fazem uma grande diferença na saúde.

Alimentos que devem entrar na dieta:
Brócolis: por ter muito antioxidante, o brócolis auxilia na prevenção do câncer. Se possível, preparar no vapor para manter as propriedades.
Linhaça Dourada: por ser rica em fibra e ômega 3, a linhaça dourada ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e na redução do colesterol.
Feijão: Contém ferro, proteína e fibra, ajuda na prevenção de anemias.
Azeite: Diminui o colesterol ruim e aumenta o colesterol bom por ter muita gordura monoinsaturada.
Chá Verde: Rico em antioxidante, ajuda na prevenção do câncer.

Por Fernanda T. Sodré





CONTINUE NAVEGANDO: