Dieta Antissódio ajuda a Combater Hipertensão e Retenção de Líquido



  

Confira aqui algumas dicas de alimentos que ajudam no combate a Hipertensão e Retenção de Líquido.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o brasileiro consome diariamente 12g de sal, mais que o triplo do que deveria. O Instituto Nacional de Cardiologia aponta que o recomendado é ingerir 3g do produto, mas como podemos notar, não é bem isso que acontece na mesa dos canarinhos.

Com o consumo desenfreado do produto, que é a principal fonte de sódio, é claro que problemas graves podem aparecer. Na lista de doenças encontramos cálculo renal, Hipertensão, inchaço e retenção de líquidos. Evitar essas enfermidades é possível, basta o brasileiro aderir a mudanças na alimentação.

Além de cortar os alimentos ricos em sódio e o nível de sal nas refeições, acrescentar alguns nutrientes passa a ser mais do que importante. Saiba quais são eles!

1. Potássio

Damasco, batata, abóbora, peixes e principalmente a banana são alimentos ricos no nutriente, que induz a eliminação do sódio pelos rins, diminuindo assim a concentração do produto em nosso corpo. Dessa maneira, o organismo é blindado e não corre riscos de aderir as famosas doenças cardiovasculares.

2. Água





Ela é muito importante para a saúde. Esse detalhe não é segredo informar. Outra situação que não é mais segredo contar é que o brasileiro deve consumir de 2 a 3 litros do nutriente por dia. O consumo de água mantém o controle de sódio no organismo, evitando complicações bem conhecidas como a retenção de líquidos e o aumento da pressão arterial.

3. Água de coco

O alimento é muito importante para a diminuição do sódio, pois a água de coco é uma fonte natural de potássio e tem ação diurética. Ou seja, o produto auxilia duplamente na diminuição dos níveis de sódio em nosso organismo. Apesar disso, vale ressaltar que a água de coco não substitui a água natural. Sendo assim, seu consumo diário deve ser de até três copos de 300ml.

4. Chás diuréticos

Além de favorecer na eliminação do sódio, os chás diuréticos ajudam no bom funcionamento dos rins. Apesar dos bons resultados, o consumo não deve ser exagerado. É recomendado consumir quatro xícaras da bebida, que deve ser dividida durante o dia. Folha de abacate, alfafa, dente-de-leão, hibisco, cavalinha, cabelo de milho e rosa-mosqueta são exemplos de plantas que rendem chás com alto potencial diurético.

Fábio Santos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *