Dicas de Alimentos para Melhorar o Humor



  

Você com certeza já deve ter escutado a frase: "A felicidade pode estar no prato". Ela até parece ser clichê, entretanto, há inúmeros trabalhos científicos que comprovam sua eficácia, pois a falta de nutrientes podem sim implicar em irritações.

Vencer o mau humor, por exemplo, pode ser essencial no ambiente de trabalho, pois quem é que consegue realizar uma porção de tarefas todos os dias com uma "cara amarrada"?

Alguns especialistas explicam que algumas sensações de bem-estar podem ter uma estreita ligação com um grupo de substâncias em nosso organismo, chamadas de neurotransmissores. Essas substâncias são a noradrenalina, a serotonina e a dopamina.

Estas representantes, que trabalham em conjunto, formam uma "turminha da alegria" e precisam estar em níveis adequados no nosso cérebro para nos sentirmos bem.

Uma boa dica para garantir boas doses deste trio é apostar em carboidratos e ômega-3 no prato.

Para quem não sabe onde encontrar o trio combinados em pratos deliciosos, pode começar frequentando um restaurante japonês, por exemplo.





A proposta pode parecer inusitada, mas uma mistura de arroz e peixes que está no cardápio dos sushis contém ambos os nutrientes em grande quantidade. A gordura do peixe tem ainda uma poderosa ação anti-inflamatória, a qual é necessária para evitar momentos de estresse, protegendo as artérias. Mas mesmo assim, evite estragar tudo, abusando do famoso molho de soja Shoyu, que costuma ter muito sódio. Tome cuidado!

Outro nutriente que pode e deve bater ponto nas suas refeições são as vitaminas do complexo B. Esta família vitaminada merece um destaque maior, pois tem o ácido fólico, que na alimentação aparece em vegetais como a rúcula, o brócolis e o tomate.

Algumas pesquisas mostraram que o nutriente é capaz de combater a tristeza. No mesmo time também está a vitamina B6, que está surpreendendo cada vez mais os estudiosos, pois atua diretamente no cérebro, participando da condução de impulsos nervosos, melhorando o raciocínio e as tensões nervosas. A banana e o milho também são consideradas ótimas fontes.

Por Daniela Almeida da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *