Cortar Açúcar pode Melhorar a Saúde



  

Nova pesquisa afirma que redução do açúcar em nove dias pode melhorar a saúde.

Um dos alimentos comumente consumido e que gera danos irreparáveis no corpo humano é o açúcar. De acordo com informações de pesquisadores, após um novo estudo, cortar o consumo de áçucar durante nove dias pode proporcionar uma vida mais saudavél para as pessoas. Os resultados do estudo vieram por meio de um monitoramento de crianças obesas. Essas que após ser tirado o açúcar de suas alimentações, tiveram uma redução da pressão arterial e ainda dos índices de colesterol. Com isso, os cientistas reponsáveis pela pesquisa notaram que o produto se tornou prejudicial, não apenas por causa de suas calorias, mas também por causar alterações únicas no organismo de quem o consome.

A pesquisa foi feita no hospital infantil da Universidade da Califórnia, em São Francisco, nos Estados Unidos. Ao todo, foram monitoradas 43 crianças e jovens com idades entre 9 e 18 anos. Essas pessoas foram buscar ajuda no hospital para tratar o peso e, também, por motivos de problemas de saúde gerado por causa da obesidade. Durante o estudo, esses jovens e crianças foram submetidos a ficarem na clínica, no período de 9 dias, recebendo alimentos preparados pelo local e sendo pesados diariamente. A adição de açúcar nas dietas dos monitorados foi reduzida de 28% para 10% e a frutose, considerado um açúcar problemático, sofreu uma redução de 12% para 4% de calorias. Na fase de monitoramento, os cientistas substituíram todos os alimentos açucarados por alimentos ricos em amido, exemplo: cachorros quentes, batatas fritas e pizzas.

No fim do monitoramento, segundo os pequisadores, a saúde dos envolvidos melhorou bastante. Os pacientes mostraram uma pressão arterial mais adequada, o "mau" colesterol e os triglicérides reduziram e ainda os níveis de insulina foram diminuídos em um terço. E mais, os resultados dos testes de funcionamento do fígado tiveram ótimos resultados.





A pesquisa foi conduzida pelo endocrinologista pediátrico americano Robert Lustig. O médico também é autor do livro "Fat Chance: a verdade escondida sobre o açúcar".

Stephanie Rodrigues do Nascimento



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *