Benefícios do Limão – Verdades e Mitos sobre a Fruta



  

Confira aqui as principais verdades e mitos sobre o Limão.

A fruta cítrica limão é muito consumida pelos brasileiros e muitas pessoas utilizam a fruta com fins de emagrecimento. A fruta também possui poucas calorias e outra vantagem é que pode ser encontrada em todas as regiões do Brasil e durante todas as estações do ano. Mas o limão realmente emagrece? Veja alguns mitos e verdades no que se refere ao consumo desta fruta. É por exemplo, um mito o fato do limão eliminar gordura corporal. Sabemos que o limão é rico em potássio e auxilia na eliminação de urina pelo organismo, diminuindo assim a retenção de líquidos e o inchaço abdominal, mas não elimina a gordura diretamente.

É verdade que a fruta também limpa o paladar e diminui a vontade de comer doces, além de promover a saciedade devido a presença da fibra alimentar pectina. A fibra também ajuda a reduzir a constipação intestinal. Assim, a pessoa tende a comer menos, provocando o emagrecimento.

O limão é conhecido por desintoxicar o organismo. Outro mito. O limão possui antioxidantes, que retardam o envelhecimento celular, mas não desintoxica o corpo sozinho. É verdade que a fruta também ajuda a acelerar o metabolismo e a regular a pressão arterial. Outro mito comum é que o limão causa gastrites devido a sua acidez. Porém, na verdade, a fruta é alcalinizante e ao entrar em contato com o estômago o deixa menos ácido, equilibrando o seu PH.





Outra sugestão que vem sendo adotada em dietas é o consumo de água morna com limão em jejum para emagrecer. Outro mito. O único benefício de consumir água morna com limão é que esta mistura terá uma absorção mais veloz. Por fim, a casca do limão é fonte de monoterpenos, moléculas que reduzem a absorção de açúcar pelo organismo e é verdade que ele ajuda a regular a taxa de açúcar no sangue.

Dessa forma, embora tenha benefícios à saúde, o consumo da fruta por si só não é suficiente para promover o emagrecimento. O uso de limão deve ser aliado a uma alimentação saudável e à prática de exercícios físicos, para que possa haver a queima de calorias.

Anneliese Gobbes Faria



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *