Órgão tem função de extrema importância em nosso corpo, prevenindo diversas doenças.

Não faz muito tempo que, até mesmo nos meios científicos, não se enxergava no apêndice uma função de suma importância para o funcionamento do organismo. Muitos pesquisadores, após sérios estudos, chegaram à conclusão de que ele era apenas “um algo que ficou em nosso corpo”, como símbolo dos rastros evolutivos por qual o homem passou. Mas como uma das tônicas da ciência é sempre seguir estudando e fazendo novas descobertas, com o objetivo de prolongar a vida e melhorar a qualidade dela para as pessoas, se descobriu que o apêndice tem um papel importante para livrar o homem de doenças de alta gravidade.

Os australianos, junto com os franceses, desenvolveram um estudo que, por meio de uma séria pesquisa envolvendo observação, descobriram que o apêndice tem a capacidade de fazer com que bactérias habitem o sistema digestivo, para elas elevem a capacidade imunológica desse sistema, permitindo a prevenção de enfermidades. Traduzindo para uma linguagem popular mais distanciada dos meios acadêmicos, é como se o apêndice criasse uma espécie de condomínios de bactérias dentro do sistema gástrico, que funcionam como verdadeiros seguranças que impedem agentes criadores de doença alcançarem o órgão. Com isso, teve de ser revista a conceituação de que o apêndice para nada mais servia, a não ser para o que o seu próprio nome arremetia – funcionar como um anexo sem muita utilidade para o bem-estar do corpo humano.

O apêndice é rico em linfócitos inatos, agentes super competentes que barram micro-organismos oportunos que caso atinjam o estômago ou qualquer outra parte gástrica, pode causar doenças fatais. No entanto, é preciso ir ao médico, se cuidar e evitar que esses linfócitos pifem, pois se isso ocorrer o apêndice vai sofrer inflamação e começará a doer.

É por causa do apêndice e dos seus habitantes, também conhecidos como “bactérias do bem”, que o sistema digestivo não é atingido frequentemente por intoxicação alimentar.

Para arrematar a importância do apêndice, é importante acrescentar que se ele estiver em perfeito funcionamento, irão prevenir um dos processos cirúrgicos mais estranhos, porém necessários, como exemplo do transplante de fezes. Sim. Vocês sabia que há esse tipo de transplante? E que ele é feito em extremo caso para proporcionar a recuperação da flora intestinal de uma pessoa? No entanto, se o apêndice estiver atuando no corpo humano com sua plena função vital, não será preciso se recorrer a esse transplante, já que o próprio apêndice irá prevenir que o corpo chegue a esse ponto.

Por meio dos estudos dos microbiologistas franceses e australianos, caiu por terra a velha e agora mais que ultrapassada teoria de que o apêndice só servia de enfeite para o organismo, passando ser visto como item essencial na prevenção de doenças infecciosas.

Por Michelle de Oliveira


Dependendo o perfil da pessoa há várias atividades que podem ser realizadas. O importante é praticar alguma e cuidar da saúde.

Toda atividade é desgastante, porém é necessária não só para deixar o físico em forma, mas principalmente para garantir nossa boa saúde. Outra vantagem das atividades é que elas nos ajudam a reduzir o nível de estresse e isso nos dias atuais é importantíssimo.

O que muitos esquecem na hora de escolher uma atividade é que devem optar por aquela que mais lhes agradam e não a atividade que está na moda ou que os amigos fazem.

Se você escolher uma atividade que realmente gosta, a chance de você não desistir logo no início será muito maior, porque você terá prazer em fazer esta atividade, vai se sentir bem e assim estará motivado a continuar. Mas como saber que tipo de atividade escolher?

Para saber qual atividade combina mais com você, primeiramente, você vai precisar se conhecer um pouco mais, então faça uma análise, observe como é o seu comportamento no dia a dia, como você é no trabalho, na escola, em casa, com os amigos e após observar o seu jeito de ser, veja quais são as atividades mais indicadas para o seu perfil:

Pessoa que é mais intelectual e principalmente que seja criativa pode optar pela natação, spinning, mas também é interessante praticar ioga.

Pessoa que é mais radical, gosta de aventuras e até de se arriscar, que tem muita energia para gastar pode escolher o boxe, o jiu-jítsu, o kung-fu e também o surfe, mas as atividades ligadas à natureza, como escalar, entre outras, também são muito bem-vindas.

Pessoas sensíveis e mais reservadas, que não gostam de adrenalina, evitam se arriscar e gostam de mais calmaria, podem optar por uma caminhada na esteira dentro de casa mesmo, enquanto assiste à TV ou ouve uma música. Também poderá optar por pedalar em uma bicicleta ergométrica, mas a hidroginástica e a meditação também são indicadas.

Pessoas mais estressadas devem optar por atividades que exigem um pouco mais do corpo, como a musculação, a ginástica localizada, natação ou andar de bicicleta. Uma ótima atividade para este perfil é optar por correr em um local bonito, como na orla da praia, em um parque arborizado ou qualquer outro local que ofereça uma vista bonita e que seja mais tranquilo.

Por Russel

Natação

Foto: Divulgação


Comer alimentos saudáveis, como saladas, em restaurantes ou levar marmita de casa são algumas opções para manter a saúde no dia a dia do trabalho.

Uma alimentação saudável é necessária não só por questões de estética, mas principalmente de saúde. A vida moderna muitas vezes nos impõe modelos de alimentação completamente desregrados e fora dos padrões necessários para um bom funcionamento do organismo.

Junto com o fator estresse, uma má alimentação pode acarretar problemas graves, como diabetes, colesterol alto e doenças do coração. Para evitar isso é necessária uma revisão no nosso cardápio diário, em busca de falhas ou excessos.

Mas como fazer isso quando temos que trabalhar? Muitas vezes a opção que temos no trabalho pode não ser a mais adequada.

Duas dicas podem fazer a diferença em sua vida: se for comer em um restaurante, prefira as saladas. Geralmente a parte de frios e saladas é oferecida primeiro nos buffets a quilo, e deixam seu prato bem mais barato também! Procure lugares com boa variedade e fuja das tentações! Um cardápio farto de gorduras pode parecer mais atraente a princípio, mas  pode trazer consequências se consumido diariamente. Escapadas são permitidas, mas procure não fazer da exceção uma regra.

A segunda dica é bastante simples: a boa e velha marmita! Há alguns anos atrás, a marmita era vista como um item ultrapassado, mal vista por alguns colegas de trabalho, mas atualmente essa situação já está bem diferente. Além de diversos modelos de marmitas, dos mais diversos tipos,  quase todas as empresas possuem um micro-ondas à disposição de seus funcionários.  Cenário perfeito para quem deseja se alimentar corretamente. Além de poder levar sua comida do seu jeitinho, a marmita é, sem dúvida, a opção mais econômica de se alimentar no trabalho.

O mesmo vale para os lanchinhos: atualmente existem diversas bolsas térmicas, com compartimentos dos mais variados, para que você possa levar seus lanchinhos dos intervalos. É importante pensar nessas pequenas refeições, para que o nervosismo do cotidiano no trabalho não venha a lhe forçar a comer algumas besteiras, destruindo todo o seu esforço nas refeições principais.

Por Patrícia Generoso

Salada

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: