Bactérias benéficas para o nosso corpo



  

As bactérias estão por toda parte e é melhor você aprender a conviver com elas, porque você não pode evitá-las. Elas estão até mesmo dentro de seu próprio corpo. Suas entranhas são o lar de bactérias amigáveis, que realmente funcionam para o seu benefício. Elas afastam microorganismos maléficos que pretendem invadir o seu trato gastrointestinal.

Produtos lácteos fermentados contendo bactérias "boas" têm sido apontados como adjuntos naturais para uma dieta saudável. Se você estiver interessado em aumentar a população de bactérias benéficas do seu corpo, uma série de produtos estão disponíveis para ajudá-lo.

É notável um crescente apetite do consumidor em relação aos alimentos funcionais, ou seja, aqueles que vão além de fornecer as necessidades básicas alimentares, oferecendo outros benefícios à saúde. As bactérias probióticas, como Lactobacillus e Bifidobacterium, estão presentes em alimentos como iogurte e manteiga. Os alimentos fermentados, como chucrute, também proporcionam benefícios probióticos. Para aqueles que não se importam com qualquer uma dessas escolhas alimentares, os mercados de alimentos saudáveis oferecem probióticos na forma de cápsulas ou extratos.





As bactérias que vivem no intestino são alimentadas por nutrientes não digeríveis contidos nos alimentos que comemos. Estes nutrientes, por vezes referidos como "fibras fermentáveis", ou "prebióticos", fornecem às bactérias amigáveis uma fonte de energia. Diversos alimentos funcionam como prebióticos, incluindo as alcachofras, frutas, laticínios, mel e hortaliças.

As bactérias probióticas têm se mostrado promissoras como um auxílio ao sistema imune, elas podem ser úteis no reforço da resistência a doenças no indivíduo idoso ou imuno-comprometidos. Condições como a vaginose bacteriana, intoxicação alimentar e infecção por rotavírus podem responder favoravelmente à introdução de probióticos na dieta.

É  importante lembrar que quando os medicamentos antibióticos são usados, eles não fazem distinção entre boas e más bactérias no organismo e, portanto, podem dizimar as populações de bactérias saudáveis que habitam o intestino. A diarreia é às vezes o resultado desta redução de flora normal. A suplementação com probióticos durante um ciclo de tratamento antibiótico, pode ajudar a manter o intestino preenchido com bactérias saudáveis e reduzir as ocorrências de diarreia neste período.

Por Rodolfo Fialho



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *